Night

Membro Expert
  • Total de itens

    1.059
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Night

  • Rank
    Quem Diabos eu Sou?

Informações de Perfil

  • Gênero
    Masculino

Últimos Visitantes

6.317 visualizações

Profile Song

Histórico de Nome de Usuário

  1. Iwagakure no Sato

    爆遁 BAKUTON Elemento Explosão 塵遁 JINTON - POEIRA Elemento Poeira 上水流一族 KAMIZURU ICHIZOKU Kamizuru Mon 鋼遁 KŌTON Elemento Aço 熔遁 YŌTON - LAVA Elemento Lava
  2. The Seven Seals

    Dream World : Sala de Comando @Sesshoumaru Ren se depara com Byleth atrás dele, e lança uma pergunta para o revolucionário. O ornitorrinco responde, mantendo sempre seu tom calmo e elegante de fala: - Não vim com a intenção de gladiar. Tenho uma proposta de paz. Que há de ser nossa única esperança de sair com vida desta prisão. Para todos vós. Uma porta se abriu a partir do chão, e o revolucionário caiu por ele. O viajante então notou que, por alguma razão, todos os den den mushis haviam parado de funcionar. Dream World : Escritório de Byleth @Dona Kinne @Kadso Naruto conversa um pouco com Kyrie e nada importante acontece feijoada. Exceto pela pergunta de Naruto ao boca grande, respondida de imediato e com bastante ódio: - Você, é um tremendo de um filha da p***. Vocês matam metade de nós e ainda fazem uma pergunta de deboche. Você realmente quer que eu... A marinheira Azafa aparece e dá uma coronhada no boca grande, nocauteando-o. Parece que uma fonte de informações havia secado. A busca de Naruto por itens havia sido falha, ao menos naquele momento, a não ser que ele estivesse precisando de roupas íntimas masculinas ou beber alguma coisa. Dream World : Salão principal Ayami @Sesshoumaru @Demmon O primeiro movimento foi tomado por Yumi, que alertou a presença de Byleth na sala de comando. Quando a porta foi aberta por marinheiros, porém, Ren se encontrava sozinho nela. -Estamos num lugar completamente afetado pelo poder da akuma no mi dele. Fiquem atentos.- Alertou Nine, que se pôs em posição de guarda. O local então começou a tremer. Portas começaram a surgir do chão, fazendo desavisados marinheiros caírem para dentro delas. Elas não pareciam alvejar os revolucionários e os prisioneiros, porém. Do grupo de marinheiros, apenas Azafa conseguiu escapar através de sua agilidade. O revolucionário então surge de uma porta no ar, aparecendo atrás da marinheira, prendendo seu pescoço com sua bengala. Diversas lâminas de aço surgem do ar, todas apontadas para o revolucionário. - Acalme os ânimos, ás de espadas-sama. Não queremos derramamento de sangue desnecessário, não é mesmo. Apesar do tom conciliativo, Nine manteve as Lâminas apontadas para ele. Ela então deu um ultimato: -Diga. O que você quer. Byleth respondeu, com alguma determinação: -Uma aliança. Entre revolucionários e caçadores de recompensas. A marinha irá exterminar os spades. -Continue.-Disse a ás de espadas, aparentemente um pouco menos ameaçadora. Ela parecia estar analisando a situação. - A guarda de Impel Down os convocou aqui para reforço com a intenção de exterminá-los. Os spades serão substituídos por um sistema conhecido como shichibukai. Sete piratas poderosos responsáveis por manter o equilíbrio do mundo, ao lado de younkous e almirantes. - A marinha se aliar com ... piratas? Isso parece completamente irreal.- Nine não parecia muito confiante nas palavras do revolucionário. Byleth então pegou um den den mushi do bolso, e o arremessou no chão. Ele começou a projetar imagens. Impel Down Nível 5.5 @Pusheen @Jinkei @Nie No frio congelante do nível 5, o trio de revolucionários remanescentes havia se encontrado. Gio iniciou passando algumas informações. Enquanto isso, a dupla restante foi capaz de notar que o aparente problema de noção de profundidade havia passado. Freya tentou pilhar o corpo da Tanya, mas não encontrou nada de útil. Ela tentou alertar os prisioneiros, que, presos,sem comida e sanidade mental, pensaram que se tratava de um fantasma, talvez o mesmo fantasma que sumisse com os corpos dos revolucionários no nível. Assustados, preferiram ficar nas celas, mesmo libertos. Seu golpe para destruir o Den Den Mushi, porém, foi realizado com sucesso. Então Freya sente uma rajada de dor. A causadora? Sua companheira, Athena. Após curar Gioconda, o trio seguiu em direção ao nível 5.5. Sem precisarem digitar a senha, a porta se abriu. Estavam sendo convidadas pessoalmente pelo dono do lugar para assistir o show. FlashBack - Escritório do diretor O vídeo começa com o diretor Jonh, sentado em sua mesa. Ele estava vestido com um pijama, e com um ursinho de pelúcia em sua mesa, aparentemente um pouco sonolento. Em suas mãos, um den den mushi, que aparentava ter alguém da marinha no outro lado. Mia, a vice-diretora, estava de pé, aparentemente atenta ao rumo da conversa. É impossível saber o quão antigo era o vídeo. - Detesto os rumos de conversa, Yuuna-sama. Isso irá dar muito trabalho.-O vice diretor lança um bocejo.- Seguirei o plano, mas saiba que jamais compactuarei com isso. Piratas no fim sempre serão piratas. Jonh desliga o Den Den mushi. Mia lhe dirige a palavra: - O que Yuuna queria? Jonh coloca ambos os braços a mesa, com uma expressão de preocupação. - A aliança entre a marinha e os spades será rompida e substituída pelo sistema shichibukai. Sete piratas que terão suas recompensas revogadas em troca de servir a marinha. Ordens vindas de cima. Mia coloca a mão sobre o queixo: - Aquele incidente. - Imperdoável.-Completa o diretor. - Os spades tem apenas dois Áses agora. Acabar com eles agora é a oportunidade perfeita. Mas se aliar com piratas. Isso é... Mia cerra o punho, e cria em seu rosto uma expressão de ódio. Jonh a olha com uma triste expressão. A transmissão começa então a ficar subitamente ruim. - ... Ni ... Ba ... Ta ... C... Ela finalmente cessa. Dream World : Salão principal @Everyone Byleth continuava prendendo Azafa com sua bengala, como uma refém. - Mugen. Impel Down. Estão vindo até nós. Consigo levá-los até o lado de fora da prisão, e podemos tomar um navio da marinha. Todavia preciso de sua beneficência, ás de espadas-sama. .Nine começa a analisar a situação, lançando uma pergunta ao seu pessoal,ainda mantendo as espadas apontadas para Byleth: - Sugestões? Elas viriam não apenas para aquela situação, como também para o destino de Azafa, nas mãos do revolucionário. Freya, Athena e Gioconda notaram que algumas lâminas de Nine estavam apontadas para elas , assim como Byleth. Situação dos players: Nível 5.5: - O sangue dos ferimentos causados na luta anterior foi estancado pelas ataduras. Porém são ferimentos abertos, e nada impede que se abram no futuro. - Kyrie está junto com Naruto tentando descobrir a senha, dentro da sala de Byleth. - Ren na sala de comando. - Os demais, incluindo o trio revolucionário solto, também estão no andar. - Os marines, sumiram, excetuando Azafa, usada como refém por Byleth. - Dúvidas MP ou Discord.
  3. The Seven Seals

    Impel Down : Nível 4 @Pusheen @Nie Prelúdio. Diante da fala do pirata, as revolucionárias tomaram a decisão de ir embora daquele lugar. A primeira a agir foi Freya. Ela lançou suas correntes em direção ao buraco aberto. Novamente, o golpe não atinge a precisão desejada, mas ela ainda assim foi capaz de chegar a uma distância próxima. Prosseguiu alvejando o den den mushi com sua foice, mas seu golpe errou a distância porém, deixando o telefone ileso. Ela tentou descobrir a causa do erro dos golpes, e conseguiu notar que sua noção de profundidade estava afetada por algum fator externo, apesar de não saber exatamente a causa. Pensando um pouco, raciocinaria que esse problema não havia começado assim que a dupla revolucionária havia chegado ao andar, e que havia sido ocasionado pela chegada de algo. Mas o quê seria? Já Athena focou suas forças nos golpes enviados contra ela pelas forças de Impel Down. Primeiro lançou o pólen vermelho em direção ao tornado de Mia, anulando-o. Então lançou um relâmpago contra o den den mushi andarilho. Esse golpe, todavia, errou seu alvo. Finalizou com um jato de lava contra o tornado, com o intuito de gerar uma explosão. E de fato conseguiu, mas os próprios ventos do tornado a absorveram. Enquanto isso, o diretor Jonh tinha a ferida Mia em seus braços. Ele encarava a com um olhar sério. Jenna aproveitou a ocasião para se aproximar de ambos. O carcereiro-chefe, Loen, largou sua forma de pedra e também se aproximou. Até mesmo o den den mushi foi até lá. A chefe da guarda, Jenna, criou então um escudo de pólen ao redor da vice-diretora: - Pólen Garden. Não morra, Mia-Sama. Quem irá trazer atrações para meus programas? - Mia. Eu prometo que vo pará de sê burro. Só fica co nois. - Pessoal, me desculpe. Eu falhei. MAS EU NÃO VOU MORRER SEUS IMBECIS, DEIXEM DE SER ESTÚPIDOS!!! O chefe então abre um sorriso, e dá uma larga risada: - Essa é realmente a mesma Mia que disse que iria me superar e se tornar a diretora de Impel Down? Que patética. O trio encara o chefe sem entender o porque de palavras naquele tom naquele momento. Não vinham de sua personalidade. - Jenna, termine de curá-la.-O chefe se levanta e ajeita sua gravata.- Você me lembrou de algo muito importante, Mia. Vocês são minha família. - O chefe passa a emitir uma enorme presença a partir daquele momento. Algo havia mudado. Prestes a sair, as revolucionárias notaram então a almirante Mugen em pé, diante da saída. Ela emitia uma enorme presença intimidadora. Fez uma pequena provocação as revolucionárias: - Hora de voltar para a primeira casa. Ela lança um chute contra ambas. Porém, com extrema velocidade, Agostinho surge, bloqueando o golpe com outro chute: - Sua luta é comigo. - Disse o pirata, com um sorriso no rosto. Ele parecia animado por algum motivo. - Agostinho D. Silva... - Disse Mugen. Era parecia de alguma forma conhecê-lo, e também reconhecer sua força apesar da recompensa. Ela mudou sua expressão para uma mistura de sadismo raivoso: - Irei tornar esse lugar seu cemitério. O pequeno confronto deu as revolucionárias a chance de sair daquele lugar. Então o glorioso pirata Agostinho trocou suas últimas palavras com Athena, antes da dupla partir dali: - Aquele cara, finalmente renasceu. As coisas ficarão interessantes aqui. As revolucionárias então descem dali em direção ao nível 5. A parede é fechada logo atrás delas, não por metal, mas pelo carcereiro-chefe Loen. Impel Down : Nível 5 @Pusheen @Jinkei @Nie Juntando cacos Gioconda, num pequeno gesto de determinação, utilizou suas forças para fugir dos spades. Ainda sem conseguir se livrar das correntes, foi em direção a escadaria para o nível 4. Os spades, talvez por não acreditarem que ela iria muito longe, não se importaram muito com a fuga. Os spades, seguiram todos em direção ao nível 5.5. Kyrie, sem reação, foi levado por eles como prisioneiro.Eva, a caçadora, morreu em decorrência do frio e ferimentos. Na saída do andar, Gioconda encontrou Athena e Freya. A médica iniciou a realizar os primeiros socorros. O frio do andar não era muito agradável para os ferimentos, contudo. O trio restante dos revolucionários deveria usar essa oportunidade para juntar os cacos e se planejar. Impel Down : Nível 5.5 qz hzho @Kadso @Ayami @Sesshoumaru @Demmon Grandes revelações. O grupo, encabeçado pela Ás de espadas, seguiu por um estreito corredor em direção ao nível 5.5. De lá, encontraram uma misteriosa e rústica porta ao fim do buraco. Nine digitou a senha dita pelo revolucionário boca grande anteriormente, de modo que a porta se abriu. O grupo seguiu por ela, encontrando um lugar iluminado e silencioso. Além do bar, mesas e pistas de dança, dois lugares de destacavam. Um deles, similar a um pequeno escritório, pertencia a Byleth. O outro tinha um aspecto de uma sala de comando. Nine prosseguiu, com um simples comentário. -Que lugar interessante. Mas algo é bem estranho. Como um lugar desses foi construído, e funciona sem ser detectado pela equipe de Impel Down? O revolucionário random boca grande interviu, respondendo a caçadora: - Não é como se esse lugar estivesse em Impel Down. Ele é uma dimensão criada pela akuma no mi de Byleth, podemos acessá-la a partir daquela porta no buraco. Ele nomeou essa zona de Dream World. Nine arqueia as sobrancelhas, e indaga seu prisioneiro: -Porque Byleth simplesmente não os tira daí para longe da prisão? - Impel Down é uma ilha isolada de qualquer outra. Byleth consegue circular livremente por ela, mas não consegue chegar até outras ilhas. Era exatamente por isso que precisávamos da localização do submarino de Tanya. O random mudou para uma expressão de tristeza e rancor para com a ás. Não só ele, mas todos os revolucionários sentiam tristeza pela morte de sua general. - Byleth se esforça para trazer os revolucionários presos para cá com discrição. E também as armas e animais. Ele é como um herói para cada um de nós. Dito isso, o grupo notou que alguns pets habitavam o local. Dentre uns mais comuns, como cachorros e gatos, e outros mais exóticos, como uma coruja com um visor. Uma gata então saltou sobre o ombro de Kyrie. Dona Leopolda, havia retornado até ele. O resto dos revolucionários então partiu para suas missões. Se dividiram entre sala de comando(Ren) e a sala de Byleth(Naruto). Yumi decidiu ficar no local se recuperando, acompanhada por Lúcifer. Impel Down : Sala de Comando @Sesshoumaru Ren adentrou a sala de comando. Ela era composta por uma cadeira,mesa, e diversos den den mushis de projeção que transmitiam aos revolucionários tudo o que acontecia dentro da prisão. Alguns dos den den mushis, no momento, aparentavam estar bastante monótonos. Dentre eles, se destacam os dos nível 3, com o andar completamente destruído, e dos níveis 2 e 5, com diversos cadáveres de criaturas bestiais mortas ao chão. Outros dois, os dos níveis 1 e 4, porém, pareciam bastante interessantes. Den Den Mushi: Nível 1 O primeiro olhar de Ren para o Den Den Mushi revelou 3 humanos com seus corpos estirados no chão. Um deles parecia morto, e a dupla restante, um homem e uma mulher, estavam acorrentados por todo o corpo e gravemente feridos. A dupla viva era vigiada por um mink pantera negra. O homem ferido, com um misto de ódio e tristeza, fez uma pergunta para o pantera negra: -Fuji. Por que nos traiu? Por que matou Iokua? O mink, Fuji, mantinha uma expressão calma e serena. - Bart Baltazar. Eu jamais fiz parte da tripulação. Bart encarou seu ex-companheiro com uma expressão de ódio: -Fuji. Quem é você? O mink se aproxima do imediato, e sopra palavras em seu ouvido. Bart muda sua expressão. Ele faz então uma última pergunta: -Os momentos que convivemos juntos. As risadas. As lágrimas. Eram ... reais? O mink manteve a expressão inquebrantável. Ele respondeu então o imediato: - Cada um de nós, está vivo para cumprir um propósito. Uma missão. Eu cumpri o meu. Tudo que eu fiz, foi apenas para servir ao meu propósito. Porque no final, Bart, a justiça sempre prevalecerá sobre os piratas. Bart mordeu o lábio, de modo que sangue saiu dele. Fuji prosseguiu com um golpe com sua força bruta na cabeça de Bart, nocauteando-o. O nível tornou-se mais calmo, após isso. Den Den Mushi: Nível 4 No nível 4, o poderoso pirata Agostinho, aparentava estar levando uma verdadeira surra. Incapaz de se defender dos golpes a distância disparados por Mia, ilesa, e Loen, se concentrava em golpes a curta distância contra Mugen e Jonh. Jeena estava focada nos suporte. Porém, ele era incapaz de quebrar a poderosa defesa do diretor, e a almirante era capaz de regenerar o dano. Parecia apenas uma questão de tempo. Mugen então lançou uma pequena provocação: - É inútil, porque não desiste logo? Ela executa um soco na cabeça do pirata, esquivado. Uma bala de ar vinda em sequência do diretor acerta o estômago de Agostinho, o fazendo cuspir sangue. - Eu não vou ... morrer virgem.- Disse ele, com uma grande determinação em seu rosto. - Estúpido até o último momento. -Mugen-sama, esta luta está me deixando cansado. Me deixe terminar logo com isso. O chefe ergue sua mão direita a frente. -Rokushiki Ogi: Rukuogan! Com apenas uma mão, uma onda de choque é lançada contra Agostinho. Ele tenta se afastar, mas é agarrado por Mugen. O golpe acerta ambos, danificando-os. Mugen, porém consegue se regenerar após alguns segundos. Agostinho cai de joelhos. - Sétimo selo: Abra. Uma alma escura começa a se manifestar a partir do diretor. Como uma projeção de um buda com mil braços. -Sauzandoāmuzusutairu: Avalokiteshvara. - Isso é diferente, de uma akuma no mi. Isso é, algo como uma ilusão a partir da alma. Esse cara.-Se pergunta Agostinho. Porém, antes que pudesse completar seu raciocínio, milhares de tiros de ar foram lançados contra ele. -Tobu Shigan: Sen Bachi. O pirata, aparentemente com sua percepção de profundidade afetada, não tem escolha a não ser erguer ambos os braços em posição de guarda e se defender da rajada, ainda que não completamente. Aproveitando a janela, o diretor avançou contra o pirata, sendo acompanhado por sua projeção. Os mil braços então convergiram ao centro. -Rokushiki Ogi: Final Rokuogan. Uma gigantesca rajada de ar, é lançada contra o resistente pirata. Incapaz de sair do diâmetro do golpe em uma distância tão curta, ele foi acertado em sua totalidade por ele. Agostinho porém, se mantem de pé, apesar ter o corpo completamente destruído. O diretor então teve sua projeção desabilitada, enquanto suava e bufava de cansaço: -Mugen-Sama. A almirante avançou contra o pirata com o intuito de finalizá-lo. Um soco simples,em rotação, imbuído com haki do armamento e com a mão direita, partiu de Agostinho contra a almirante. Balançando a cabeça, ela se esquivou dele, continuando seu avanço. O soco então se curva algumas vezes, voltando contra a Yonkou. A rotação dele, porém, o fez voltar em chamas contra ela. Surpreendida, Mugen é acertada na cabeça. Porém, o golpe incapaz de pará-la, e a almirante finalizou seu movimento com um golpe reto imbuído com haki do armamento contra o peito do pirata, perfurando-o. De lá, Mugen tirou seu braço de dentro de peito de Agostinho. Em suas mãos, o coração de seu adversário: - Acabou. Agostinho responde com um sorriso, em face da morte. Mugen finaliza com um chute, empurrando o pirata para o caldeirão de lava. Ela então pôs a mão sobre o hematoma em sua cabeça. Por algum motivo, não conseguia regenerar aquele último golpe. - Meu haki de observação não consegue mais senti-lo. Acabou? - Perguntou Mia. - Agostinho ... Esse cara podia vir a se tornar problemático mais pra frente. Fizemos bem em terminar com ele aqui. - Ainda temos problemas a resolver, Mugen-Sama.- Comenta o diretor. Mugen o encara:- Vamos nos reorganizar. A transmissão daquele Den Den Mushi passa a ficar inexplicavelmente ruim, a partir daquele momento. - Instigante, não? - Ren ouviu uma voz atrás dele. Se olhasse para trás, notaria um ornitorrinco de terno, entre ele e a saída. @Kadso Impel Down : Escritório de Byleth Naruto começa sua missão no escritório de Byleth. Revirando suas gavetas, após encontrar uma coleção de peças íntimas masculinas de vários tamanho, conseguiu achar alguns arquivos. Eles continham nome e fotos dos membros da elite de Impel Down, e eram como mini-fichas de cada um deles. Jeena Loen Mia Sharon Jonh Paul Fora das fichas, um dos documentos trazia algumas informações sobre Impel Down. De interessante, Naruto podia destacar um trecho que falava sobre "Um misterioso evento em impel down, onde as pessoas parecem perder sua noção de profundidade. É conhecida como maldição de Impel Down." Naruto, com um pouco mais de procura, conseguiu notar um misterioso, pesado e aparentemente muito resistente cofre. Em sua frente, havia algo como 6 roletas, cada uma contendo as 26 letras do alfabeto, e elas podiam ser rotacionadas para formar uma combinação. Na frente do cofre, havia um pequeno poema, que aparentava ser uma dica para abri-lo. Abaixo do Nível 5.5, a senha desse cofre estará Porém, o lugar pode mudar E a resposta no mesmo lugar não ficará Mas o que a mensagem irá significar? A resposta, a máquina do enigma resolverá E então, a verdade irá se revelar. O cofre parecia ter algum mecanismo para o caso de erros, então restava a Naruto decidir sua resposta. Situação dos players: Nível 5: - Gioconda, Freya e Athena estão juntas no início da escadaria pro nível - Gio continua com o sangramento pelo nariz, mais ameno, e com o punho arrebentado Nível 5.5: - O sangue dos ferimentos causados na luta anterior foi estancado pelas ataduras. Porém são ferimentos abertos, e nada impede que se abram no futuro. - Kyrie está preso. Se voltar, pode controlar a gata agora. A propósito, a coruja de Athena também está nesse andar. - Nine está se recuperando, mas ainda aparenta grandes danos. - Os marines, apesar de não citados no post, também estão nesse andar. - O enigma do Naruto terá um bom peso no destino de vocês, mas ele não precisa ser necessariamente resolvido pro andamento do plot. - Dúvidas MP ou Discord.
  4. Clãs, Heranças Genéticas e Patrimônios

    爆遁BAKUTONElemento Explosão 塵遁 JINTON - POEIRAElemento Poeira 上水流一族KAMIZURU ICHIZOKUKamizuru Mon 鋼遁KŌTONElemento Aço 熔遁YŌTON - LAVAElemento Lava
  5. Armageddon

    - O mundo é maior do que a bolha que vivia.- Pensa o jovem K. Ele era repleto de pessoas fortes. Teria sua vingança contra o mago negro algum dia. Sua estratégia não era ruim, infelizmente apenas não tinha dado certo. Até lá, era hora de recuperar-se.
  6. Armageddon

    K, após um momento de sono, foi atingido na cabeça por uma pedra. Ele, que já não era uma pessoa normal, não ficaria em um estado mental são após ser atingido por aquilo, de modo que sua loucura voltou ao ápice. Ele então encarou a pedra, ordenando a ela: - SUMA DAQUI! Eu não sou um dinossauro, mude seu alvo. Após ordenar a pedra, ele sentiu alguém mexendo em seus corpos. Sentiu então vontade de urinar. Unindo o útil ao agradável, urinou na pessoas que estava mexendo nos corpos, após abrir o zíper da calça. Não perdia nada com isso afinal. Ou será que perdia? @Zaza Wallenstein
  7. The Seven Seals

    Impel Down : Nível 4 @Pusheen @Nie O terror de Impel Down. No nível 4 a dupla revolucionária enfrentava a poderosa guarda revolucionária. Freya fez o primeiro movimento. Tentando distrair Mia, lançou um golpe duplo em direção a espadachim, rebatido por uma defesa simples da mulher utilizando sua espada. A revolucionária então mirou seu alvo em Jeena, se lançando em direção a ela. - Você está realmente virando as costas para sua inimiga? - Disse Mia, com o que podia ser interpretado como um sorriso no rosto. Paralelamente, Athena fazia seu movimento. Conjurando vento, lançou o pólen na direção da vice-diretora. Emendou com um grande jato de lava, com o intuito de gerar uma grande explosão. Mas sua adversária respondeu a altura. Gerando um forte vento em espiral, formou dois tornados, impedindo que a explosão tomasse grandes proporções devido aos fortes ventos que ocorriam no local. Em conjunto, os tornados tocaram o sangue fervente, absorvendo-o. Eles haviam se tornados bastante perigosos. Freya enfrentava Jenna, e iniciou seu movimento se lançando em direção a ela. Enquanto isso, notou seu ferimento da parte da frente ser curado. Por algum motivo, porém, a revolucionária pareceu ter calculado mal a distância e não se colocou tão perto quanto poderia. Algo estava errado. A revolucionária então executou um corte com a intenção de acertar a chefe da guarda. E errou. Novamente. O golpe havia parado perto demais. A noção de profundidade de Freya parecia afetada. Mais golpes vieram, com sua foice, mas eles por algum motivo não eram muito efetivos. Por vezes longe demais, por vezes perto de mais. O último golpe, lateral, aparentou ter acertado de alguma forma. Ele, porém, acertou um aparente escudo de pólen da idol, e as correntes sem a lâmina não foram capazes de quebrá-lo. O chute também acertou, parando novamente no escudo de sua adversária. Jenna prosseguiu rindo de modo macabro: - Kyahahahahaha. Nem mesmo Johan pode vencer a elite de Impel Down, quando ela está junta, Freya-Chan S2. Um último golpe, porém, feito a curta distância, acertou o escudo de Jenna novamente. Ele, por algum motivo, não aparentava se dar muito bem com o veneno, de modo que ele aparentou enfraquecer com o golpe. A chefe da guarda fez uma pequena expressão de preocupação. - Tsk. A mulher soprou um pólen de cor vermelha em direção a Freya. Sua invisibilidade aparentava ser ignorada, com o uso do haki de observação. Enquanto isso, Athena comandou relâmpagos em direção aos seus inimigos. Por algum erro de cálculo, ou outra coisa, quem sabe, os relâmpagos aparentaram errar a distância, de modo similar aos golpes de Freya. Por que? As revolucionárias não teriam muito tempo para pensar nisso, porém. O poder do imperador Agostinho, paralelamente a dupla revolucionária, também aparentava estar tendo alguns problemas. Ele lançou uma sequência de socos esticados a longa distância contra o diretor, mas nenhum deles aparentava acertar. O pirata estava ficando impaciente. Jonh então lançou diversos tiros de ar com a ponta dos dedos contra seu adversário. Agostinho, que havia desviado anteriormente com facilidade, dessa vez errou o tempo do desvio e foi acertado por cada um deles. O diretor então lançou dois cortes com ambos os pés: -Rankyaku Tatsumaki. Os golpes se transformaram em um círculo de lâminas, que se expandiram verticalmente enquanto avançavam contra o Pirata. Ambos o acertaram, causando vários arranhões ao longo do corpo da vítima. Agostinho, porém, não havia saído 1 centímetro de seu lugar inicial. Com um sorriso no rosto, enquanto gotas de sangue escorriam por seus ferimentos, ele disse, em uma frase de efeito: - Isso tá pior do que quando a água volta do vaso. - Ele deu uma pequena pausa, encarando o diretor.- Mas eu já disse. Golpes com um espírito quebrado não vão me vencer. Agostinho transforma seus tornozelos em molas, e avança contra seu adversário, quase como um teleporte, parando na frente dele. Agostinho começa a mover seu corpo, de um lado para o outro, com o auxílio de molas nas articulações, e emenda uma sequência de golpes com o punho direito e esquerdo numa distância corpo a corpo, que dessa vez, conectam contra o rosto do diretor, o colocando de joelhos. Agostinho então estica o braço direito para trás, que começa a girar em chamas. O lança contra um indefeso diretor. - Jonh, não ! Mia se lança na frente do golpe, sendo perfurada pelo pirata. O chefe encara a situação incrédulo, como se estivesse tendo um grande flashback no momento. Simultaneamente, a dupla revolucionária consegue notar mais uma presença chegando no local. A almirante da marinha, Mugen, havia entrado pela sala do diretor. Agostinho responde quebrando a parede de pedra onde a passagem havia sido bloqueada anteriormente: - Vão. - Ele disse. Seu rosto aparentava, pela primeira vez, ter uma dose de desespero, como se estivesse prevendo um futuro bem a frente de onde as revolucionárias estavam. - Não percam a vida em um combate que não é de vocês. Estalactites avançaram contra Agostinho, pelo teto, de modo que as revolucionárias o perderam de vista. Enquanto isso, elas notaram o den den mushi sair do bolso do diretor e sair andando pela sala. Havia algo estranho. Estaria ele se movendo sozinho? Impel Down : Nível 5 @Kadso @Jinkei @Ayami @Dona Kinne @Sesshoumaru @Demmon A calmaria pré-tempestade. A fala de Nine havia criado um grande impacto no local. O primeiro a se mover foi Lord Kyrie. Ele sugeriu a ás de espadas uma aliança. O pirata consegue notar que o corpo da caçadora tremia. Não de medo, mas os ferimentos eram graves, apesar dela tentar manter a pose de autômata. A ás então respondeu o pirata com uma dose de ironia: - Eu não tenho motivos para me aliar com piratas. Ao menos não AINDA. - Disse ela, em um tom baixo, ressaltando a última palavra, com uma piscadela. Uma algema de metal surgiu ao redor de ambos os braços do pirata, prendendo-o, sem muito tempo para reação. O mesmo foi feito com sua cão de guarda, Gioconda. Sim, ela era uma revolucionária. Mas Nine a tratava como pirata, too. E bem, os prisioneiros não tiveram como responder Lord, ou simplesmente o ignoraram, pois os outros presentes resolveram tratar deles de mais de perto. Aos algemas, não eram de kairoseki, então restava a dupla confiar, ou não, na proposta oculta de Nine. Ela tramava algo, certamente. O mesmo foi feito com os demais revolucionários. Abatidos, foram incapazes de enfrentar a Ás de espadas, acabando que sendo presos sem resistências. Do outro lado, Ren se adiantou para ameaçar os prisioneiros, falando-os para ficarem em seus lugares. Mas eles o ignoram, e continuaram saindo antes de atacá-lo. Ele utilizou o One punch man em um deles, se afastando logo em seguida. No outro núcleo, Nine concordou em parte com a resposta de Naruto. Deixou-o levar o corpo e arma de Ksum. As raposas de Yumi deram conta de alguns prisioneiros que tentavam ataques contra o grupo. De alguma forma, eles pareciam enfraquecidos, muito pela intimidação de Nine. Lúcifer também se aproximou e Yumi parecia em apuros. Sua cabeça estava inchando, devido aos ossos quebrados, como uma picada de vespa em alguém alérgico. Alguns médicos no grupo dos marinheiros começaram a se movimentar, enfaixando os ferimentos de Yumi, Naruto e Nine,e aplicando algumas injeções. A ás de espadas então indagou um prisioneiro revolucionário Random em busca de informações. Ele respondeu a ela, ainda com algum medo pela situação que havia acabado de acontecer: - Alguns de nós fomos presos propositalmente para nos infiltrar nessa prisão. Com a ajuda de um usuário de akuma no mi, criamos um buraco abaixo do nível 5. O nível 5.5, ou Dream World. -5.5. Então a equipe de Impel Down deixou algo do tipo ocorrer debaixo do nariz. Que patéticos. Azafa encarou Nine com a sobrancelha arqueada após a fala. O prisioneiro continuou: - Instalamos Den Den Mushis de vídeo que nos permitem ver o que acontece em toda a prisão. Graças a isso, conseguimos juntar algumas informações sobre a elite de Impel Down. Nine observava com calma. Ela perguntou ao homem. -Onde fica o nível 5.5? - Existe um buraco entre as celas laterais. Entre por ele. No fim do túnel, existirá uma porta com uma senha. A senha é CHANNING TATUM. Entre e você terá acesso a base secreta. Nine então resolve tomar uma atitude: -Vamos ao nível 5.5, spades. Azafa então comanda os seus subordinados de modo similar: - Sigam Nine. A ás de espadas seguiu em direção ao buraco, na dianteira. Os spades tinham a opção de segui-la ou continuar no frio congelante do nível 4. Aquilo era um problema, especialmente para os que tinham sangramentos. Lord Kyrie e Gio podiam tentar fugir, se lhes fosse do desejo. Quando chegassem no nível 5.5, os que escolhessem se aventurar teriam mais informações a respeito do local. Porém, por motivos de plot atrasado , eles podiam escolher antecipadamente, entre olhar os arquivos com informações da elite da prisão ou espionar os den den mushis. Mini-Resumo dos posts: Nível 4: - Agostinho vs Elite de impel down. - 2 tornados avançam em direção a Athena. Pó vermelho na da Freya. Mugen chegou no andar. E RUN BERG RUN. Nível 5: - Naruto tá com um corte de ambos os lados da cintura. O sangramento foi amenizado com as ataduras e injeções, mas ainda incomoda. Gio continua com o sangramento pelo nariz, que diminuiu um pouco, e está com o punho arrebentado. Os marines foram maus e não ajudaram a pobre revolucionária. Lord Kyrie e Ren estão ilesos. Yumi está com uma fratura no crânio e com um rombo mediano no estômago. As ataduras e injeções amenizam a dor da caçadora, mas ainda são bem grandes. Lucifer tá ileso. - Kyrie e Gio estão presos. Podem tentar fugir nesse turno. - Nine tá bem arrebentada e sem um braço. As ataduras e injeções amenizam, mas ela se move tremendo. - Próximo turno terá grandes informações do plot. - Dúvidas MP ou Discord.
  8. Iwagakure no Sato

    Iwagakure no Sato Iwagakure (岩隠れの里, Iwagakure no Sato; Literalmente significa "Vila Oculta da Pedra") é a vila oculta do País da Terra. Como um dos Cinco Grandes Países Shinobi, Iwagakure tem um kage como seu líder, conhecido como Tsuchikage. O país é localizado numa região montanhosa, tendo sua estrutura construída a partir de rochas. Parte da vila está localizada no subterrâneo das montanhas, verdadeiros formigueiros humanos.
  9. The Seven Seals

    Impel Down : Portão da justiça As duas almirantes seguiam seu caminho de escolta, carregando um até então desmaiado rei dos piratas. O silêncio do local contrastava a até então barulheira que se espalhava pelos andares. Algo muito estranho rondava o local, contudo. Cadáveres e cadáveres de guardas se espalhavam pelo chão. Um zunido interrompeu o silêncio que pairava sobre o andar. Alvejando a cabeça de Yuuna, um simples disparo. A almirante manejou seu corpo, fazendo o disparo atravessá-la. Ela então expressou uma fala, como se estivesse prevendo o que aconteceria. - Parece que você finalmente chegou, Bart Baltazar. Pelo flanco, mais membros da tripulação do rei dos piratas se aproximaram. Fuji, Kuko, Ailuros. A elite do rei dos piratas havia vindo em resgate de seu capitão. Diante da situação, o rei finalmente acordou. Ele encarou a situação demonstrando uma certa preocupação com sua tripulação, como se estivesse prevendo o futuro que iria acontecer. - Bart, não faça isso. Vocês não precisam ter esse destino. O imediato respondeu com um sorriso no rosto, apontando seu revólver contra as almirantes. O resto dos presentes também tomou posição de combate. - Você nunca nos abandonou, Artie. Apenas retribuiremos o favor. Impel Down : Nível 4 @Pusheen @Nie ??? No nível 4, uma tensão pairava sobre o calor ardente do andar. Ajeitando o cabelo, Jenna aguardava a resposta de Athena. Antes disso, porém, a dupla revolucionária decide trocar algumas palavras com o pirata. A akumada fez o primeiro movimento. Com um misto de provocação e tranquilização. Porém isso parece ter tocado no fundo da alma de Agostinho. - Minha mãe ... espero revê-la novamente. Quanto aos hambúrgueres, eles não importam agora. É hora da paulada. Ele parecia já não ter mais as revolucionárias como foco primário. Então agiu Freya. Tentando seduzi-lo. Agostinho começou a suar. Seu corpo já não parecia mais obedecer sua mente. Graças ao gatilho da revolucionária, a fraqueza do pirata voltou a culminar. -IC.-Soltou ele um tímido grito, levando ambas as mãos a frente da calça, provavelmente para disfarçar algo. Ele dá uma tossida, e se coloca numa posição ereta, ainda com as duas mãos sobre a calça, dizendo com um tom excessivamente sério. - Não aconteceu nada aqui. Circulando. O trio de Impel Down estava atônito diante da situação. Jenna estava com o queixo caído. Mia com um facepalm. O pirata tentava manter a pose, mas estava visivelmente desconfortável. - Eu te entendo, amigo.-Disse o carcereiro chefe de Impel Down, se compadecendo da situação. Após a situação, Freya rompeu a situação cômica, provocando Jenna, que mudou para uma expressão de ódio: - Você não sairá viva deste lugar, Freya-Chan. Seu sangue fará parte da fornalha desse andar. Finalmente o combate se iniciou. Athena agiu primeiro, despejando lava sobre Jeena. Lançou um jato de lava contra a chefe da guarda, que respondeu lançando uma espécie de pó verde na direção da lava. Quando ambas as substâncias entraram em contato, uma explosão ocorreu, arremessando a revolucionária de cima de seu grimório para a ponte. De dentro da fumaça Jenna surge, com uma espécie de escudo de cor verde ao seu redor. - Pollen Garden.- Disse Jenna, com um sorriso no rosto. De dentro do escudo, sua ferida causada anteriormente por Rose aparentava ter sumido permanentemente. -Nada é mais delicioso que o gosto de sangue de uma traidora, Athena-chan S2. Athena começou a ser circundada por um pó de cor amarela. Jeena tramava algo. Já Freya escolheu como alvo Mia. Efetuando disparos de calor, foram dissipados pelas asas da vice-diretora. Ela fez uma pequena provocação a revolucionária: - Se tá loca das ideias, né? Nuvens escuras então começam a surgir pelo local. Os golpes de Freya começam a atingir a espadachim, que defendia utilizando as escamas de seu braço em conjunto com haki do armamento. A vice-diretora não parecia estar muito incomodada com os golpes. Freya então realizou uma tentativa de corte na jugular de sua adversária utilizando sua foice. Mia responde defendendo com sua cauda, imbuída com haki do armamento. Mia então fez uma pequena provocação em tom de deboche. - Isso é tudo o que você tem? A revolucionária avançou para enrolar Mia com sua corrente ácida, mas um golpe frontal da espadachim forçou Freya a se defender com seu Ni. Uma multidão de golpes se tornaram um, partindo da vice-diretora. - Focus Cut. Freya utilizou a foice, a imbuindo com haki do armamento para defender o golpe, pois não havia tempo hábil para se esquivar do golpe. O golpe atingiu a foice em cheio, evaporando-a completamente, terminando por abrir um extenso porém não muito fundo buraco, que se estendia do peito ao ventre da revolucionária. O golpe da vice-diretora não era um corte comum. De algum modo, ele desintegrava o que tocava. Freya tinha noção que outro golpe daquele seria mortal. Agostinho então finalmente resolveu tomar a frente. Ainda com a mão direita sobre a calça, lançou uma esquerda em espiral contra a cabeça do carcereiro chefe. Ela foi arrancada, porém o resto do corpo se desfez em pedras. Um pequeno tremor surgiu no local. Olhos e uma boca nasceram das paredes da prisão, e um teto começou a se formar, reconstituindo novamente o topo do nível 4. - Caboclo. Nós somos a elite dessa jeringonça. Não importa o quão forte ocê seja lá fora, não vamu perde aqui dentro. Agostinho responde com um sorriso. Sua mão direita, porém, continuava a frente da calça, gerando uma situação um pouco contraditória. Espinhos avançaram das paredes contra Agostinho, que girando sobre seu próprio eixo, quebrava cada um deles com socos espirais utilizando a mão esquerda. O pirata então abaixou sua mão esquerda. Lançado seu braço como um chicote contra a parede, a destruiu completamente. Os olhos então reapareceram no topo do andar. A parede quebrada se reconstituiu. As portas duplas da sala do diretor então se abrem. De lá de dentro, um homem sai. O diretor da prisão, Jonh. Agostinho o encarou. O pirata parecia animado. - Você vai me pagar por me ter feito trabalhar.- Disse o diretor, com um bocejo no rosto. Desaparecendo da vista de todos na sala, o homem aparece na frente de Agostinho. Um forte soco imbuído com haki do armamento estala no rosto do pirata, arrancando as primeiras gotas de sangue derramadas por Agostinho. O pirata então abre um largo sorriso no rosto. - Golpes com um espírito quebrado não irão me derrubar. O diretor respondeu com um sorriso.Emendou uma sequência de golpes contra seu adversário, que esquivou cada um deles comprimindo partes específicas de seu corpo. Agostinho então inclinou o corpo para trás, acertando um golpe no queixo do diretor. O diretor cerrou os dentes, aguentando o golpe. Agostinho então gira seu corpo no ar na direção oposta. Inclinando seu braço, acertou um golpe no rosto do diretor, afastando-o dele. Tudo isso, enquanto mantinha a mão direita para disfarçar algo sobre a calça. Ele então dirigiu a palavra as revolucionárias: - Vocês duas. Sobrevivam. Um den den mushi aparentava tocar no peito do diretor. Quem seria? Impel Down : Nível 5 @Kadso @Jinkei @Ayami @Dona Kinne @Sesshoumaru @Demmon Cruz de Sangue No nível 5, uma sangrenta batalha entre revolucionários e caçadores de recompensas acontecia. Após Ren se afastar em direção a Ksum, o restante do grupo realizava um pequeno enfrentamento no centro do campo de batalha. O primeiro movimento partiu de Lord Kyrie. Comandou seus tentáculos em direção aos caçadores de recompensas que avançavam para salvar Yumi. Enquanto isso, a própria Yumi se virava para tentar parar os tentáculos. Desviando o olhar para escapar do Cthulhu, ela criou um casaco de lã com espinhos. Eles não conseguiram se livrar do tentáculo instantaneamente, de modo que a caçadora sentiu um crac vindo de sua cabeça. Com o tempo, porém, as propriedades da lã em união com os espinhos conseguiram libertá-la dos tentáculos. Foi quando deu de cara com Gioconda. Sem ter tempo de reagir ou de ajuda chegar, a caçadora foi acertada por um forte soco imbuído de haki do armamento. O golpe perfurou o casaco, causando dano moderado no estômago de Yumi, porém foi incapaz de perfurá-la por completado. A lã amorteceu bem os golpes. Por outro lado, socar um casaco espinhoso também trás seus males. Gioconda notou que seu punho havia sido perfurado no processo, como se lhe tivessem enfiado um prego. O ferimento no estômago incomodava bastante Yumi, e ela sentia uma grande dor de cabeça. No prosseguimento da ação, a revolucionária desvia de um ataque de uma raposa de Yumi indo para trás. Um exército de raposas surgiu, aparentemente visando a proteção de sua mestra. Enquanto isso, o tritão lidava com alguns tentáculos que avançavam em sua direção. Desviando de um, dois tentáculos do Cthulhu. Projéteis eram arremessados contra Lord Kyrie. Desviou de alguns, mas a cabeça do polvo era um curto espaço, de modo que um deles acertou seu ombro, e outros dois acertarão de raspão, como balas. Um terceiro tentáculo conseguiu capturar Naruto, porém. O tentáculo que deveria alvejar Ren, que havia ido embora, foi na direção do tritão. Mesmo com seu haki de observação e boa velocidade, a falta de destreza , tanto do próprio tritão e com o machado, e posição não muito favoráveis devido aos desvios anteriores permitiram que fosse capturado. Naruto consegue sair do tentáculo com algum esforço, porém.O tentáculo havia sido enfraquecido por alguma coisa. Lã, talvez. Porém o tritão foi incapaz de fazer muito mais que isso. Lúcifer correu na direção de Yumi, disparando lava contra o tentáculo do polvo a uma certa distância. A garota conseguiu se libertar sozinha, porém. A lava atingiu o tentáculo, causando algum dano no tentáculo do Cthulhu. Então o caçador sentiu alguns golpes acertá-lo pelas costas, quebrando seu equilíbrio e lançando-o alguns metros para frente. Os prisioneiros libertados anteriormente pelo mink e ignorados por Lulu, haviam o seguido e realizados os golpes. Ren então consegue chegar ao local. Mas o que havia acontecido anteriormente? @Sesshoumaru @Macar R.I.P. Ksum usa suas últimas forças para tentar libertar os prisioneiros do andar. Ele faz um bonito e emocionante discurso. Dá então uma marretada na parede da cela. Seu corpo não funcionava adequadamente, mas ele conseguiu abrir um pequeno buraco, suficiente para que uma pessoa passasse se arrastando. Ele então leva uma banda de um homem que havia voltado para finalizar o serviço. Ren emenda mais uma sequência de socos contra um indefeso revolucionário. Incapaz de se defender, Ksum sentiu sua vida se esvair, até sobrar uma pequena faísca, incapaz de sobreviver, mas suficiente para fazer uma postagem de despedida para desenvolver seu personagem. O caçador de recompensas resolveu então retornar a luta principal. Do canto de olho, conseguiu ver que alguns prisioneiros se arrastavam pelo buraco aberto pelo futuramente falecido no próximo turno revolucionário. A queda da valquíria As memórias de quando os pais de Tanya haviam sido assassinados haviam voltado a sua mente. A garota deu uma pequena chacoalhada na cabeça. - Enfrentá-los de frente foi um erro. Mas não irei perder aqui. Ela executou disparos do ar contra a Ás de paus, que bloqueava cada um dos disparos com suas esferas. Uma delas então se transformou em uma plataforma, e Nine começou a voar na direção de Tanya. A revolucionária então trocou sua munição, fazendo dois disparos contra sua adversária. Antes de serem bloqueados porém, os disparos sumiram. Reapareceram um pouco a frente, perfurando o peito da ás de Espadas, que cuspiu sangue. Nine então criou diversas lâminas no ar, e foi saltando de uma em uma, com o objetivo de tirar distância para a revolucionária. Tanya respondeu trocando a munição de sua arma. A ás de espadas era mais veloz, e ia reduzindo a distância com seus saltos. A revolucionária realizou mais um disparo contra Nine, que desviou com um giro no ar. Mais um dispara avançou contra a caçadora. Incapaz de desviar desse, ela criou uma barreira. O disparo, porém, novamente sumiu antes de acertar o escudo. "Mas que sensação ruim é essa."- Pensou a ás de espadas. Ela antecipou o movimento criando outra barreira rente ao peito. Porém sua velocidade não parecia a mesma. Uma melodia, talvez. Um golpe explosivo de Tanya atingiu a caçadora, gerando uma grande explosão. Da fumaça, sai Nine. Seu corpo estava bem machucado, e seu braço aparentava ter sido arrancado pela explosão. Tanya olhou então ao seu redor. As esferas criadas por Nine estavam flutuando ao redor da revolucionária. - Mas quando?!- Se espantou a cardeal. - Eu as fiz surgir de sua munição. Acabou, cardeal. A caçadora fez um estalo com o dedo. As esferas explodiram, deixando uma semi-morta Tanya cair em direção ao chão. Nine avançou contra ela, a pegando pelo pescoço. Tanya a provocou. - Você não é nada mais do que um peão, Nine. Um peão que anseia ser usado pelos outros. Nine então começou a apertar o pescoço de Tanya, com toda a força que lhe restava. A revolucionária então deu seu último suspiro. -Rerum novarum cupidi. Verum oculis habeas. Et veritas liberabit vos. A ás de espadas, vitoriosa, solta o cadáver de Tanya no chão. - GENERAL TANYA.- Byleth gritou ao ver o corpo de sua general caída ao chão. - Não desvie o olhar, querido filho.- Azafa aproveitou a abertura para realizar um corte diagonal em Byleth, que caiu para no chão gravemente ferido. O revolucionário então criou um portal, entrando nele e sumindo dali. - Ele não deve ter ido muito longe. - Comentou Azafa para si mesma. Outros combates ocorriam, e os revolucionários estavam com apenas metade do número dos caçadores a essa altura. Enquanto isso, a ás de espadas, com seu corpo em pedaços, começou a realizar um pequeno discurso. Sua postura, mesmo diante do estado de seu corpo, lhe dava uma proporção assustadora: - Sobreviventes, rendam-se. Não há mais necessidade de sangue derramado. Aos que ainda quiserem lutar, venham e me enfrentem. Terão o mesmo destino de sua cardeal. Mini-Resumo dos posts: Nível 4: - Agostinho vs Director Jonh - O carcereiro chefe usou sua akuma no mi para se unir a prisão. Vocês estão lutando dentro dele. O foco maior dele está no Agostinho, contudo. - Athena está enfrentando Jenna na ponte. Foi derrubada de seu grimório. Sem muitos danos, porém. - Freya está lutando com Mia. Freya está próximo a caldeira, já Mia está voando sobre a caldeira de sangue fervente. - Pedra ganha de tesoura, tesoura ganha de papel, papel ganha de pedra. Nível 5: - Naruto tá com um corte de ambos os lados da cintura. O sangramento está incômodo a essa altura. Gio continua com o sangramento pelo nariz e está com o punho arrebentado. Lord Kyrie e Ren estão ilesos. Yumi está com uma fratura no crânio e com um rombo mediano no estômago. Lucifer tá ileso, com dor nas costas. - Ksum já não tem mais volta. Pode se despedir, porém. - Byleth foi comprar cigarro. - Nine tá bem arrebentada e sem um braço. - Se você fosse um prisioneiro random preso em Impel Down há mais de 10 anos, se renderia? -Dúvidas MP ou Discord.
  10. Armageddon

    "Meu corpo não responde adequadamente. Desse jeito..." - K havia subestimado os danos de seu próprio corpo. Ele tinha suas armas, mas pareciam ser inúteis naquele momento. Por mais que tivesse previsto com precisão os movimentos de seu adversário, simplesmente não podia acompanhar. "Sou como um pequeno pássaro tentando machucar um elefante."- Metaforizou. De pé com dificuldades, se mantendo de frente, na direção a qual havia sido atingido pelo último golpe. Com um shift, pretendia colocar sua desacordada parceira de volta em seu navio, de preferência em segurança. Esticaria seu braço direito, apontando para a frente. - Venha com tudo o que tiver. Não irei fugir. Uma cicatriz nas costas é uma desonra maior do que a própria morte.
  11. Armageddon

    K conseguiu bloquear todos os projéteis contra seu navio utilizando seu próprio corpo. Ficou gravemente ferido, como esperado. Ou até mesmo como planejado, dependendo do ponto de vista. Levantou ligeiramente sua máscara, cuspindo sobre o convés do navio, colocando-a no lugar logo eu seguida. Ensaiou um pequeno monólogo, enquanto tancava os golpes. - Os seres humanos eram os predadores mais poderosos da pré-história. Mas eles não podiam correr como os guepardos nem eram fortes como os leões. Então, como realizavam a caça? Através das armadilhas e da determinação de nunca parar de correr. Com sua mão esquerda, deu 2 tapinhas em seu pulso. Um sinal, talvez. Desabilitou sua room, para então a abrir novamente com sua mão esquerda, a tendo como centro. Colocou o braço esquerdo nas costas, e prosseguiu com o restante de seu plano. Sabia que era arriscado. Mas loucos não se importam com os riscos: - Alto risco, Alta recompensa. Estarei diante da derrota ou da vitória? Bwahahaha. @Zaza Wallenstein
  12. The Seven Seals

    Impel Down : Elevador Privativo O último monstro. Puru Puru Puru. Puru Puru Puru. Um den den mushi tocava no elevador privativo, no qual estavam 4 das pessoas mais poderosas do mundo. Em um minúsculo e abafado espaço. O chefe puxou um caracol do bolso, levando-o até o ouvido. O elevador havia permanecido em silêncio por toda a viagem. Uma voz começou a falar pelo den den mushi, com um tom desesperado: - O cumpadi, nós tamo com um bandido louco aqui no nível 4. Pode vi dá uma mão? O diretor guarda o o caracol de volta ao bolso da camisa. Ambas as almirantes haviam ouvido a conversa. Yuuna rompeu o silêncio: - Você tinha potencial para se tornar alguém grande na marinha, Jonh. É uma pena que agora tenha que servir esse lugar. Um pequeno silêncio voltou a se instalar na sala. O diretor estica seu braço, teclando o botão do nível 4. Como se soubesse o tempo perfeito, o elevador parou instantaneamente. - Isso é algo que você jamais irá entender. Yuuna-sama. Saindo do elevador para sua própria sala, o diretor caminhou lentamente em direção ao nível 4. Sua expressão exibia uma calma e frieza de um samurai. Enquanto isso, as duas almirantes continuavam seu percurso em direção ao portão da justiça. Dessa vez, porém, foi o den den mushi de Yuuna que tocou: - Yuuna-sama. Ele finalmente chegou. A almirante respondeu, com algo que poderia ser interpretado como um sorriso. - Iremos adiante. Siga o plano. Mugen demonstrava irritação, pra variar: - Aqueles ratos. Eles realmente irão adiante com aquela merda. Yuuna guarda o telefone. Algo muito grande aparentava estar prestes a acontecer. Em breve. - Coopere, Mugen. Logo terá como extravasar sua raiva. Mugen encarou a almirante com um olhar de desprezo. Mas fez um sinal positivo com a cabeça. Ela tinha que descontar sua cabeça quente em alguém. E teria em breve sua oportunidade. @Pusheen Impel Down : Nível 4 Fúria das molas. Caindo em direção ao nível 4, estavam Rose, Freya e Athena. Desistindo de sua vida, a pirata jogou seus equipamentos em direção a Freya. A revolucionária teve então que lidar com uma barata que ia em sua direção. Errando alguns tiros devido a falta de perícia com a arma, acertou outros dois na asa da criatura. Sem poder desviar, foi alvo fácil para a corrente de Freya e os relâmpagos de Athena. Nocauteada, cairia em direção ao caldeirão de lava após algum tempo. Enquanto isso, um poderoso pirata parecia ter uma pequena discussão com as revolucionárias: - Me desculpem, mas o mesmo truque não vai funcionar duas vezes. Pegando os hambúrgueres arremessados por Athena, os imbuiu com haki do armamento e arremessou contra as bestas, abrindo ocos e matando-as com apenas um golpe. Em paralelo, Mia recuperou a consciência, se transformando em sua forma híbrida. Com uma aparência de uma figura humanoide com traços de serpente e asas, avançou contra Rose, cortando-a ao meio com sua espada. Enquanto isso, Agostinho continuava sua discussão. - Eu não confio em quem tem akuma no mi roubada. - Ele disse para a revolucionária Freya. Sua indagações aparentavam estar irritando ainda mais o pirata.- Não ligo se vocês são Gm-minions ou Revolutistas. Revolucionários estragaram minhas férias em Maggiore. Aqueles malditos explodiram minha água de coco e mataram meus caranguejos . Estava planejando por meses. E a marinha causou o incidente de 30 anos atrás.- Talvez Agostinho conhecesse de alguma forma os liberatores, e suas experiências não pareciam ser nada agradáveis. Ou era simplesmente azarado. Ou burro. Afinal, quem tira férias em Maggiore? - Espere, são revolucionárias infiltradas?! - Comentou Mia, com algum espanto. Aparentemente todos haviam entendido a situação agora, muito por conta de Freya. O pirata, agora aparentava estar ainda mais pistola contra a dupla diante da revelação. Mas ainda assim, talvez fosse possível agradá-lo. Seriam necessárias mais do que palavras, contudo. O pirata então alvejou as revolucionárias. Antes que o pudesse fazer, porém, um enorme golem de pedra surgiu da parede e saltou em direção a Agostinho. - Se segura que u pai chegô. O corpo do pirata, porém, se deforma, de modo que o golem, mesmo enorme, passa por dentro dele. Do outro lado, Mia voou até Jeena, pegando - a no ar. A dupla de impel down consegue pousar em segurança próximo a sala do diretor. Agostinho e o golem pousam um próximo ao outro. Athena lança então raios contra os inimigos do andar. Mia protegeu Jeena com sua espada, mas os demais pareciam não afetados pelos raios. A dupla revolucionária seguiu então em direção a saída do nível 4 em direção ao nível 5. Porém, uma enorme parede de pedra surgiu no caminho, bloqueando a saída: - Onde ocês pensam que vão? - Disse o golem de pedra, com um sotaque carregado. O golem então é alvejado por Agostinho, que arranca sua cabeça com um simples soco. Aparecendo ao lado das revolucionárias, o golem, agora com aparência humana comentou com uma expressão de medo. - Esse caboclo ... ele arrancou minha cabeça do mesmo modo que a muié papel. - Vamos acabar com ele.-A vice-diretora, ainda em sua forma híbrida, saca sua espada. Ela tinha fogo em seus olhos. Algo pra provar a si própria. - Espere, Mia-sama.- A demonstração de força do Yonkou parecia ter tirado Jeena do transe. - Freya, Athena, vamos fazer um acordo. Vocês nos ajudam a acabar com esse cara, e esquecemos tudo o que aconteceu hoje. Certo? S2. Ela tinha um largo sorriso no rosto. A dupla tinha algumas escolhas para fazer no momento. Restava saber qual seriam as decisões e atitudes delas. Impel Down : Nível 5 Para tudo existe limite @Sesshoumaru @Macar Ksum e Ren seguiam trocando golpes. O inventor executou o primeiro golpe com sua chave, desviado por Ren. Em velocidade, o viajante acerta um chute no joelho de Ksum, quebrando seu equilíbrio e fazendo um crac. O revolucionário devolve com um soco não muito preciso, acertando o rosto do viajante de raspão. Com uma abertura avistada, o viajante emenda mais uma sequência de socos sobre Ksum. Defendendo o tronco com haki do armamento, o revolucionário dessa vez não era capaz de conter o dano acumulado. Derrubado e gravemente ferido, foi alvejado novamente no pescoço pela raposa de Yumi. Ksum, em uma última tacada, tentou queimar a raposa com um isqueiro. Ele criou pequenos focos de fogo, mas iria demorar tempo demais para que ele se espalhasse por ela. Um tempo não tido pelo revolucionário. Ren seguiu seu caminho em direção a Yumi, ileso, deixando um semi-morto revolucionário para trás. Call of Cthulhu. @Kadso @Jinkei @Ayami @Dona Kinne @Sesshoumaru Um duelo musical se instaurava no local. Lord Kyrie enfrentava Yumi. O primeiro movimento partiu da caçadora de recompensas. Cantando uma bela(?) música, visou deixar os inimigo em confusão. Todavia, Lord Kyrie devolveu na mesma moeda. As capacidades de ambos em animação eram equivalentes, de modo que ambas as músicas se anularam. Subindo em seu Cthulu, o animador utilizou sua sapientia para detectar a presença de criaturas. Além do urso e de uma raposa, a sua frente, conseguiu perceber 7 serpentes surgindo ao redor do Cthulhu. Conjurou fogo contra as criaturas de lã. Yumi devolveu, comandando suas criaturas para avançarem e se enrolarem na besta. Kuma se transformou numa enorme massa de lã, aumentando sua área. Isso acelerou seu processo de queima, mas ganhou algum tempo de proteção para as serpentes perto dele. Quando as serpentes estavam próximas do Cthulhu, o fogo de Lord Kyrie as atinge. Em chamas, as serpentes conseguem se aproximar da besta. As outras criaturas, porém, foram exterminadas antes de fazerem o mesmo. As serpentes de lã, apesar de falhar em seu objetivo original, conseguem transferir algumas queimaduras para o Cthulhu. Nada muito comprometedor, contudo. Um tentáculo surge, e enrola Yumi pela cabeça, neutralizando sua música. Um intenso terror começou a afetar a cabeça da vítima do monstro. Outro tentáculo surge, e avançou para pegar Gioconda. Mas algumas coisas haviam acontecido antes disso. Naruto enfrentava Gioconda, numa luta que até aquele momento aparentava estar de igual pra igual. O tritão lançou projéteis de água contra a revolucionária, que em resposta os defendeu com um giro defensivo. Não interceptou todos, alguns outros acertaram seu haki do armamento, machucando-a um pouco mas sendo incapaz de passar pela armadura. A revolucionária avançou contra o tritão, mirando um corte horizontal na altura das pernas. O tritão respondeu se abaixando. Acertando-o novamente, como num flashback de outrora, ultrapassou a barreira de água e acertou sua lateral do corpo novamente. Dessa vez, porém, o outro lado. Gio tentou sair dali com uma jogada de corpo lateral, mas notou algo estranho. Naruto estava segurando o seu machado pelo cabo. Naturalmente mais forte, Naruto tornou incapaz que Gio saísse dali com sua arma. Um tentáculo alcançou a revolucionária, tirando-a dali. Sem seu machado, que havia ficado nas mãos do tritão. Naruto havia se ferido mais, porém a revolucionária havia ficado desarmada. Os dois confrontos individuais agora haviam se transformado numa luta única. Gio estava ao lado do Cthulhu, enquanto os demais estavam em suas posições originais. De longe, o quarteto podia notar mais alguém se aproximando da luta. Ren, o viajante, que aparentava estar indo interceder na situação de Yumi. @Demmon @Fuyu @Slam Lutar até o fim? No outro confronto do local, Lulu-chan fez o primeiro movimento. Erguendo um pilar de chamas a sua frente, lançando-o contra o Bugio. Bartoz reagiu desviando, mas deu de cara com o caçador de recompensas, que havia previsto seu movimento. Lulu-Chan executa um chute, que acerta o joelho do mink, quebrando um pouco seu equilíbrio. Bartroz tenta executar seu disparo fatal, mas seu adversário esquiva do golpe. O caçador finaliza seu movimento cravando suas garras nas costelas do revolucionário. O mink começa a sentir lava entrar dentro de seu corpo. E sua vida se esvaindo. De sua cauda, executa dois disparos no peito de Eva, que nada pode fazer. A caçadora ganha ferimentos graves, mas que não seriam fatais com ajuda médica. Já o mink, tinha sua última chance para morrer como um herói. Lulu-Chan então é acertado por uma cabeçada, que o afasta de Bartroz. Seu pilar de lava havia derretido uma cela próxima. 5 prisioneiros haviam sido "libertos", entre aspas, pois ainda estavam algemados. Todavia, ainda eram piratas com mais de 100 milhões de recompensa. Mad Nine No confronto entre as duas principais forças do local, Nine enfrentava Tanya. A ás de espadas conjurou cinco lâminas, as arremessando contra sua adversária, enquanto tentava encurtar a distância. A cardeal trocou sua munição, atirando contra os projéteis da adversária. As balas da revolucionária ricochetearam por entre as lâminas, avançando contra a ás de espadas. Nine desviou dos projéteis de Tanya com um movimento lateral. Contudo, um dos disparos raspou sua perna, retirando um fio de sangue. A revolucionária se esquivou do golpe com uma cambalhota para trás. A ás de espadas dos Spades prossegue criando seis esferas metálicas, que passaram a orbitar ao seu redor. Ela então profere algo como uma sentença para sua adversária: - Renda-se, Tanya. Prosseguir apenas causará mais danos a ambos os lados. Sua derrota agora é inevitável. Tanya respondeu com uma expressão séria e a determinação de uma cardeal revolucionária, enquanto trocava novamente sua munição. - Não iremos perder o futuro que almejamos nesse lugar, Nine. Nine avançou em velocidade máxima contra a revolucionária. Tanya executa alguns disparos, que são bloqueados pelas esferas da caçadora de recompensas, que alterou suas formas para escudos-tartaruga. A caçadora arremessa suas esferas contra a revolucionária, que executa disparos em resposta para desviar as trajetórias dos projeteis. A revolucionária consegue bloquear quase por completo o ataque da ás, excetuando uma esfera. Essa última esfera muda sua forma para uma lança, perfurando o pé da revolucionária e prendendo-a ao chão. Nine prossegue seu ataque, criando uma enorme espada e executando um corte diagonal descendente. A revolucionária, então, executou um tiro contra a própria perna, separando-a de seu pé. Tentou ganhar distância, mas foi acertada pelo golpe da ás de espadas, tendo seu olho esquerdo cortado por ela. Dois disparos surgem do nada e explodem sobre o peito de Nine. Tanya aproveita o momento para ganhar distância, se movendo pelo ar utilizando de um mecanismo, com a mão sobre o olho esquerdo. Nine sai da fumaça gerada pela explosão, sangrando pela boca. A revolucionária havia levado a pior, certamente, naquela troca de golpes. Em um combate paralelo, Azafa continuava importunando Byleth, impedindo que o ornitorrinco ativesse seus portais, forçando-o a uma luta corpo-a-corpo. Outros combates paralelos estouravam, com vantagens para o grupo do "bem". Mini-Resumo dos posts: Nível 4: - Agostinho matou todas as bestas com hambúrgueres. - Rose faleceu. R.I.P. - Freya e Athena estão no grimório próximas a saída pro nível 5, que tem uma enorme parede de pedra agora bloqueando. - Que decisões tomar? Nível 5: - Naruto tá com um corte de ambos os lados da cintura. O sangramento está incômodo a essa altura. Gio continua com o sangramento pelo nariz. Lord Kyrie e Ren estão ilesos. Yumi está "ilesa", mas sua mente está sendo afetada pelo grande terror do Cthulhu. - Lúcifer está ileso. Bartroz fará sua despedida no próximo turno. - Ksum tá bem arrebentado. Mais pra lá do que pra cá. -Dúvidas MP ou Discord. -Ações ocultas apenas via MP do fórum. Ps: EXCEPCIONALMENTE, DEVIDO AO GRANDE ATRASO NA MESTRAGEM, ESSE TURNO TERÁ O DOBRO DO PRAZO DE POSTAGEM(96 HRS). As demais regras continuam as mesmas.
  13. Chat oficial do RPG #0

    Sim.
  14. One Piece #955 - Discussão do Capítulo

    O Pedro tá vivo? lol. Espero que os mugiwaras e os supernovas, além do Luffy, sejam bem aproveitados. Zoro e Sanji receberam buffs too. E vamos pra pancadaria.