Pusheen

Membro de Honra
  • Total de itens

    735
  • Registro em

  • Última visita

3 Seguidores

Sobre Pusheen

  • Rank
    fluffy n' lethal

Informações de Perfil

  • Gênero
    Não informado

Histórico de Nome de Usuário

  1. Urane XLR-02

    [1] | [2] | [3] | [4] | [5] | [6] | [7] | [8] URANE XLR-02 Informações Básicas Nome: Urane Idade: 20 Gênero: Feminino Alcunha: - Carreira: Revolucionária Grupo: Liberatores Raça: Humana Dinheiro: 549.250.000 Recompensa: 0 Sonho: Destruir Paradis e ouvir o silêncio Passatempos: Ouvir música alta, ler romances policiais, comer petiscos e beber vinho. Talvez tudo ao mesmo tempo. Aparência Personalidade Apesar da primeira impressão geralmente favorecer uma imagem desinteressada e arrogante de sua pessoa, Urane é uma pessoa bastante alto astral e agradável de se estar com, caso ela resolva prestar atenção em você. Isso no entanto, não é regra para nenhuma de suas relações, porque ela gosta de ouvir música no alto e durante a maior parte do tempo. Isso porque ela com alguma frequência ouve sussurros sinistros e possui esse mecanismo de defesa de ignorá-los com o poder do pop, ou seja lá como você quer chamar isso. Mas deixa isso quieto, afinal, é o que Urane geralmente tenta fazer. Seria engraçado se essas vozes que ela ouve fossem decorrentes... sei lá, do trauma emocional que ela se nega a lidar. Né? Mas enfim, ao dedicar sua atenção a você, Urane geralmente tende a desenvolver bem os assuntos superficiais. Bem demais, podendo ser chato até. No entanto, ao desenvolver temas mais profundos e sensíveis, Urane pode apresentar uma falta de vínculo emocional e um racionalismo que podem assustar a maioria. Ela pode também ser definida como brutalmente honesta e possui pouquíssimo acesso a reações extravagantes de tristeza e raiva, exceto quando isso incorre diretamente em lembrar de seu passado como escrava e os traumas associados e o seu ódio pelos tenryuubitos. Ah, Urane não fica bêbada... até perceber que está bêbada, só que daí ela desmaia. Biografia Relacionamentos Atributos Força: Rank S (450 pontos) | Resistência: Rank A (250 pontos) | Agilidade: Rank A (337 pontos) | Destreza: Rank B (100 pontos) Combate XLR Method: Rank B (100 pontos) Descrição: Descrição do estilo de luta, citando qual arma é utilizada, ou arte marcial. Haki Haki da Observação - Caminho do Mantra Rank: S (450)Descrição: Fora de batalha, o usuário consegue sentir a presença de pessoas relativamente distantes (raio de um ou dois quilômetros), mesmo que não esteja concentrado nisso. Fora de batalha, consegue sentir as intenções hostis relativamente distantes (raio de um ou dois quilômetros), mesmo que não esteja concentrado nisso. Em batalha, pode prever ataques de inimigos em seu raio de visão. Consegue manter a concentração mesmo realizando ações complexas. Em batalha, pode prever ataques de inimigos que estão ocultos ou distantes demais para serem vistos. Haki do ArmamentoRank: B (137 pontos)Descrição: Consegue ser mantido ativo em uma pequena parte do corpo ou num objeto por um curto período de tempo (alguns segundos). Defesa e ataque possuem a eficácia de equipamentos Rank B. Akuma no Mi Goro Goro no Mi Rank: S (450 pontos) Descrição: (Os GMs fornecerão uma descrição para você colar aqui. A descrição serve como base para tudo o que você pode fazer com sua Akuma no Mi normalmente, sem precisar criar habilidades. Se por algum motivo você não tiver recebido sua descrição contate um GM, não crie a descrição você mesmo a não ser que esta seja uma Akuma no Mi custom) Técnicas Combate 5 + 1 crit Nome da Técnica: Pew Pew #1Tipo de técnica: (Se é uma técnica de Profissão, de Combate ou de Akuma no Mi)Descrição: (Descreva como a sua técnica é executada. Não precisa dizer que o vento precisa estar correndo a 18km por hora vindo do sul numa tarde ensolarada de sábado para ela funcionar, inclusive quanto mais simples a descrição - mas bem feita -, melhor.) Akuma no mi 7/9 Nome da Técnica: OverchargeTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: Lightning arcTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: Lightning boltTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: Lightning formTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: Magnetic pulse (plus/minus)Tipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: Magnetic linkTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Nome da Técnica: IraTipo de técnica: Akuma no MiDescrição: - Equipamento Nome da Arma: Hyperion BladeRank: S Aparência: (Descreva a aparência de sua arma e/ou coloque uma imagem) Mecanismos: (Descreva mecanismos que sua arma possui, se possuir algum) Nome do Equipamento: 8D Single Ear HeadphoneRank: ? Aparência: (Descreva a aparência do equipamento e/ou coloque uma imagem) Mecanismos: (Descreva mecanismos que seu equipamento possui, se possuir algum) Nome do Item: xRank: Aparência: (Descreva a aparência de sua arma e/ou coloque uma imagem) Efeito: (descreva o efeito do item. se for um item de boost, copie e cole do tutorial o efeito adequado ao rank) NavioNome do Navio: Tamanho: (Individual/Pequeno/Médio/Grande/Colossal) Aparência: (Descreva a aparência do navio e/ou coloque uma imagem, se ele tiver diversos cômodos internos, coloque uma descrição resumida destes) Artilharia: Blindagem: Mecanismos: Inventário (Aqui vão todos os itens que tem utilidade só de RP como por exemplo a fotografia do seu primeiro amor que morreu no massacre da sua vila.)
  2. Este post não pode ser exibido porque ele está em um fórum protegido por senha. Informe a senha
  3. Este post não pode ser exibido porque ele está em um fórum protegido por senha. Informe a senha
  4. [Rank-D] Surpresa não se avisa

    - Silêncio - disse Mitsuki-sensei, com um tom de voz relativamente baixo. No entanto, o timbre ligeiramente grave da sensei tornava aquela curta palavra imponente o suficiente - chegamos. Com mais alguns pulos entre árvores e alguns passos corridos, Mitsuki guiou os genins até o fundo do castelo, onde encontraram um homem que os aguardava. Não era o Daymiou, mas vestia trajes importantes e se apresentava como um secretário importante do Daymiou. Sem que Okami percebesse, a caixa havia saído de suas mãos em algum momento e agora estava nas mãos de Mitsuki, que a entregava. - Esse é Hiroshi-san, secretário do Daymiou. Foi ele quem contratou nosso serviço. - Prazer jovens, é sempre bom contratar os serviços de Mitsuki-san, que os realiza com presteza inigualável e qualidade inquestionável. - É sempre um prazer, Hiroshi-san. O homem então abre a caixa, revelando o seu conteúdo. - Vamos, a missão está encerrada.
  5. Pedidos de Avaliação

    Link para a ficha: aqui Nome da Técnica: Blood Poetry - Grand Spell Tipo de Técnica: Akuma no Mi Descrição: Essa técnica permite que Athena escreva poesias com efeitos mais abrangentes e complexos do que os comandos básicos da bruxa. A bruxa não pode usar mais de um Grand Spell por vez, não pode conjurá-los previamente e depois ativá-los com a habilidade Touchable word e eles perdem o efeito caso sua escrita seja interrompida. O poder aumenta conforme a complexidade e dramaticidade do poema. Quanto maior a dramaticidade do poema e a qualidade das rimas, de melhor qualidade são os efeitos do poema. Athena eventualmente utiliza recursos dramáticos como "invocar deuses", mas isso são apenas recursos líricos e ela não os invoca de verdade, importando apenas o significado do efeito, conforme a descrição da própria fruta. Por exemplo, no trecho "Saturno, deus dos relâmpagos, invoco sua ira sobre os infiéis", é conjurada uma tempestade de raios que é seletiva com inimigos, e não um deus. A não ser que isso seja desejo do mestre. Existem cinco formatos de poemas que a bruxa pode usar: hai kais, que são poemas curtos e simples, que pouco diferenciam-se em seus efeitos; os livres, que variam conforme seu tamanho; os sonetos, que são maiores e possuem estrutura fixa; e, por fim, os épicos. Athena não utiliza os poemas épicos em situações comuns pois eles demandam muito esforço e acabam drenando parte de sua energia vital para a execução do comando. Os poemas épicos exigem que Athena os conjure em voz alta enquanto os escreve e, à medida que são escritos, vão emanando energia e causando pressão intensa ao redor de Athena, sendo bem pouco práticos devido a facilidade com que são interrompidos.
  6. Atualizações de Ficha

    Link para a ficha: aqui Pedido: Adicionar pontinhos e coisas referentes a isso aqui e isso aqui - Mudar fonte de tudo para Georgia - +214 pontos ~> + 117 pontos em resistência (vai para rank-S) ~> + 60 pontos em força (vai para rank-B) ~> + 37 pontos em destreza (não altera rank) ~> +157 pontos em Haki da Observação (vai para rank-s, escolhido Caminho do Mantra) Fora de batalha, o usuário consegue sentir a presença de pessoas relativamente distantes (raio de um ou dois quilômetros), mesmo que não esteja concentrado nisso. Fora de batalha, consegue sentir as intenções hostis relativamente distantes (raio de um ou dois quilômetros), mesmo que não esteja concentrado nisso. Em batalha, pode prever ataques de inimigos em seu raio de visão. Consegue manter a concentração mesmo realizando ações complexas. Em batalha, pode prever ataques de inimigos que estão ocultos ou distantes demais para serem vistos. ~> + 57 pontos em Haki do Armamento (não muda rank) - Dinheiro: +325.000.000 = 560.000.000 - Nova recompensa: 502.800.000 - Remover trecho de personalidade "Gosta muito de comer e detesta ficar sem comer, ficando bastante irritada quando isso acontece." - Adicionar Relacionamentos: Angus e Sophie Os revolucionários que conhecera em Rivendell despertaram a curiosidade de Athena. Apesar de não desenvolver nada afetivo por nenhum dos dois, dificilmente se esquecerá de qualquer um deles, até mesmo pelas suas posições na Revolução Masrath Apesar de subordinada a outro cardeal, Athena vê-se mais inclinada ao ideário de revolução de Masrath, embora não compactue muito com os valores impostos pela virtude da Castidade (não que isso a afete de alguma forma). Observa Masrath com uma mistura estranha de admiração e tédio. Mephistopheles Apesar de não duvidar de seu poder e capacidade estratégica, Athena possui fortíssimos conflitos com os ideais de Mephistopheles, e os métodos. No entanto, vê-se abraçada pela agressividade da aura da cardeal e pela virtude que defende. Pristine Athena teme e anseia conhecer melhor Pristine, mas pelo que já ouviu de corredor, a revolucionária já pôde perceber que teria alguns conflitos de ideário com a cardeal. Mais uma para a conta... - Remover pet Pandora e equipamento DPVCC (morta e destruído na campanha) - Adicionar cartaz de procurada (acho que é na parte de aparência, mas isso é com vcs hihi) @Pusheen Feito. Por algum motivo, mesmo depois de selecionar tudo e colocar a fonte Georgia, não senti muita diferença nas fontes. As vezes quando o code do post já sofreu muitas edições e ele se torna "cheio" isso acontece e pode acabar bugando pelo excesso de código sobre código. Pude constatar que algumas coisas de fato mudaram a fonte, mas não tenho como confirmar tudo. Preferi não mexer mais do que isso para não bagunçar a ficha e acabarmos perdendo informações importantes.
  7. Limpando tripas

    - Eu... eu vou ter que avaliar com eles... - disse Yasuko, que logo ficou um pouco relutante com a prontidão de Inori - guarde o celular que lhe demos e aguarde um contato futuro. Por ora acho que vou sugerir que o senhor siga o seu caminho, Inori-san. Acredito que nos cruzaremos em breve. - U-hum! - assentiu Asuka, claramente mais entusiasmada que Yasuko. O silêncio então imperou de maneira constrangedora. Aquilo era um convite para sair...? end~
  8. [Transcedental Forest] Harvest

    Ao passo em que sua ofensiva era concluída com sucesso, Athena ainda dava-se por insatisfeita. Seus inimigos estavam congelados e, em algum tempo, morreriam, mas dava-se ainda a chance ao erro de que fossem descongelados por boas almas errantes que, eventualmente, conseguiriam um suporte médico adequado que poderia desfazer a quase morte. Não, não daria chance ao erro. Com os dois marcados com um ponto, Athena escreve mais uma palavra em sua página marcada com um ponto, suprindo as condições da habilidade pagemark e, por conseguinte, escrevendo a palavra também nos seus oponentes. Dessa vez, ativaria o efeito automaticamente. Seu objetivo? Finalização. "Esmagar" - Vamos, Kiyo. Mephisto deve estar ansiosa por um relatório de produtividade. Dito isso, ativou o comando "grande", tornando o seu grimório em um grande livro aberto, no qual a bruxa permitiu-se subir como uma espécie de aeromóvel privativo. Havia ainda um pouco de espaço para Kiyo, mas Athena deixava bem claro com seu posicionamento que x companheirx teria que se adequar. Sobrevoando a área da festa, Athena ainda ativa o comando "dragão de fogo", o qual voava por baixo de si, mas ainda assim a muitos metros acima de qualquer árvore, para dar um pouco de alegria aos celebrantes da ocasião.
  9. [Transcedental Forest] Harvest

    Ao ver o inimigo fugindo por entre as árvores e a aranha frita que o salvou, Athena parte em direção ao oponente, utilizando de seu Haki da Observação para não perdê-lo de vista. Utilizaria toda a agilidade que seus 450 pontos muito bem investidos permitiriam para alcançar o inimigo enquanto ativava novamente o comando "espada congelante" para invocar uma nova lâmina mágica que perseguiria remotamente o inimigo, buscando alvejá-lo, enquanto ela o perseguiria buscando, mais uma vez atingi-lo com sua Writer e marcá-lo com um ponto e então congelá-lo, como fizera com seu companheiro. *insira um meme de perseguição aleatório aqui*
  10. Pedidos de Avaliação

    Link da Ficha: bô Avaliação anterior: aqui Tipo de Pedido: individualidade/ sou especialCorpo: The Void (Bô-i-do, em boês) Os mundos? Soul Society, Hueco Mundo, Mundo Humano, alguém poderá dizer. Um ou outro dirão existir um Inferno, do qual muitos ouviram falar e poucos podem atestar sua existência. Mas existe também um outro mundo, se é que pode ser chamado assim: The Void ou O Vazio é uma dimensão paralela imersa na mais profunda escuridão e, bem, no vazio. Ele permeia todas as outras dimensões e só pode ser acessado através de singularidades, que funcionam como portais, e uma delas é o Bô. Ninguém conhece o Void porque, bem, ninguém volta de lá. Exceto Bô, Mas Bô não fala muito sobre o Void porque, bem, ele não fala nada com nada. O Void é uma dimensão quase que completamente vazia e, ao entrar na dimensão, qualquer ser ou coisa começa a entrar em processo de decomposição de modo a se tornar um com o Void, tornando-se pura energia (que parece purpurina) espalhada pelo vazio. Para fins de simplificação, podemos dizer que a "energia do Void" possui a propriedade de decompor quaisquer objetos e formas vivas, tornando-os em energia purpurinada, de maneira similar a um processo de "digestão". Formas não vivas sofrem com o processo quase que instantaneamente, sendo praticamente desintegradas. Para formas vivas, no entanto, a velocidade de decomposição é mais lenta, é diretamente proporcional à Potência de Bô e inversamente proporcional à Resistência da forma viva em questão. No caso de poderes vindo de outros seres, quanto maior a potência do poder em questão, mais lenta a sua degradação. A velocidade de abertura de portais para o Void é diretamente proporcional à maestria de Bô e inversamente proporcional ao tamanho do portal. A singularidade de Bô permite-o: 1- transportar a si e a outrem para e pelo Void, através da singularidade em seu estômago (como isso é feito depende de habilidades que Bô venha a desenvolver); 2 - acessar e utilizar a energia que eventualmente se encontre na dimensão. A singularidade de Bô também garante-o imunidade aos efeitos do Void, impedindo-o de sofrer danos enquanto permanece na dimensão ou quando sob efeito de suas propriedades (basicamente Bô é imune às suas próprias habilidades). O Void não pode ser acessado através de gargantas ou qualquer outro dispositivo de transporte entre mundos tradicional. É possível sair do Void quando Bô abre a singularidade, mas é necessário estar perto. NOTA: fiz apenas uma alteração que é basicamente cagar para o fato de a singularidade ser no estômago do Bô. A singularidade é o Bô poder fazer portais com essa nova descrição (isso é tudo que mudou). Tipo de Pedido: habilidadeCorpo: Poof Através dessa habilidade, Bô consegue adentrar e sair do Void, levando consigo, eventualmente, quem esteja tocando-o. Por algum motivo, quem permanecer tocando em Bô dentro do Void é imune aos efeitos da dimensão e pode ser transportado através dela sem danos. Essa habilidade permite a Bô não só coisas complexas como locomover entre os mundos facilmente como coisas mais simples (não necessariamente fáceis), como transpor uma barreira a priori intransponível. A presença de Bô é indetectável nas dimensões comuns enquanto Bô está no Void pois, para qualquer fim, ele não está no lugar mesmo. Bô ou seja lá quem esteja no Void pode ser percebido como "uma sensação estranha" caso "toque" em alguém quando no lugar correspondente no Void. Esta habilidade NÃO é um teleporte automático, apesar de parecer. Para sair de um ponto e ir até o outro, Bô tem que andar pelo Void, e isso faz com que essa habilidade tenha um delay entre o momento que Bô desaparece e reaparece. (habilidade acima já aprovada, só alterei a parte que relaciona com estômago) Tipo de Pedido: habilidadeCorpo: Boom Bô emite um pulso de energia darkosa genérica de destruição do mal, causando dano e empurrando para longe os inimigos e coisas próximas. Os danos causados são proporcionais à Potência de Bô e inversamente proporcionais à distância em relação à Bô. O dano é máximo quando se está encostado em Bô. Tipo de Pedido: habilidadeCorpo: Plim (portal) Bô manipula a sua singularidade para criar um portal para o Void, que faz um barulho de plim quando aparece. Inimigos que leram Nietzsche podem sentir o abismo olhando para eles e ficarem paralisados numa vibe filosófica, assim como pode não acontecer nada também, que é o que geralmente acontece. O tamanho e a distância do Portal em relação a Bô dependem de sua Maestria, assim como a sua velocidade de criação. Bô pode arremessar objetos de dentro do Void através do portal. Bô só pode manter um portal ativo por vez. Sub-habilidade: Voidbite Essa habilidade é simplesmente para especificar a capacidade de Bô de fazer um Portal na sua boca, fazendo com que sua mordida tenha a capacidade de transportar o que foi "mordido" para o Void. Tipo de Pedido: aprimoramento (na verdade só uma alteração de descrição para poder ficar darkoso e temático)Corpo: Blblbl - boost 70% em potência É um vômito de raio laser darkoso de destruição do mal. Seu dano é proporcional à potência de Bô.
  11. [Transcedental Forest] Harvest

    Havia conseguido derrotar o sniper com sucesso e com poucos efeitos colaterais. Um tiro de raspão no braço era algo facilmente ignorável. Obviamente, não pararia por aí. Com seus 450 pontos em agilidade, Athena parte em direção ao domador enquanto seus animais estavam ocupados enfrentando Kiyo. Executaria a mesma sequência de comandos contra o oponente: lançaria sobre ele primeiramente um relâmpago durante sua investida e, aproximando-se, marcaria-o com um ponto para então ativar o comando congelar. (são os mesmos links do post anterior)
  12. [Rank-D] Surpresa não se avisa

    No fim, cada um a seu jeito conseguia chegar ao lado contrário da escarpa. Kadso, no entanto, executava um plano altamente complexo e apesar do resultado satisfatório, pareceu um pouco complicado demais para a tarefa que deveria não ser tão complexa. Mitsuki encarou os genins por algo como dois segundos quando os três se posicionaram ao lado certo da escarpa. Arqueou uma das sobrancelhas, sem saber exatamente o que pensar em relação ao modus operandi de seus genins. Virou-se e seguiu, sem cerimônia. Após uma corrida rápida numa descida repleta de árvores, viram um castelo ao horizonte. Estamos próximos - disse Mitsuki.
  13. Limpando tripas

    Asuka arregalara os olhos quando ouviu a explicação de Inori, como se os pontos tivessem se ligado. Ficava olhando para o chá, porém, claramente evitando contato visual. - Entendi... - disse Asuka - ... mas você não está pronto ainda, Inori-san. Não para ela. Mas acho que papai pode ajudar você a ficar mais forte, né, papai? - Ah, sim, nós temos alguns amigos com habilidades parecidas... nós não estamos exatamente bem organizados, mas temos uma rede de apoio mais ou menos sólida. Isso é bem possível, sim. - Eu... eu acredito que eu ainda vá conseguir orientar um pouco as surpresas de Pandora. Quando isso acontecer, acho que vou conseguir que você encontre ela. Mas isso ainda vai levar tempo, e você ainda não está pronto. É, não, não... Yasuko olhava ao longe. Não parecia compreender plenamente o que acontecia. @Jinkei
  14. [Transcedental Forest] Harvest

    - Você não é muito proficiente em construir frases impactantes, Kiyo-san. Deveria treinar mais - disse Athena após a quebra de sua barreira. Nisso, o planejamento inicial de caça-caçador havia se desvirtuado por completo. Ou não. Athena utiliza um de seus comandos do arsenal de Attack page: "relâmpagos em cadeia". Com isso, conjura uma descarga elétrica com o intuito de passar por todos os oponentes. No entanto, seu foco principal era o sniper e o grifo. Kiyo que lutasse. Enquanto isso, avançaria contra o sniper em uma investida veloz, com o intuito de atingi-lo com sua Writer e marcá-lo com um ponto e, em seguida, conjurar o comando congelar diretamente nele através de sua habilidade Pagemark.
  15. [Transcedental Forest] Harvest

    Ao que o ímpeto violento do atirador tornou-se em ação, Athena invoca seu último comando registrado, "barreira em domo", produzindo uma barreira simples ao redor dela e de Kiyo, com o único intuito de bloquear aqueles ataques. Previa que pelo aspecto dos projéteis, eles explodiriam. E, explodindo, Athena sorriria. Explodindo os projéteis, a bruxa utilizaria a cortina de fumaça para ganhar alguns segundos de vantagem. Desfazia a barreira ao mesmo tempo que ativava o comando "espada congelante" com a mão esquerda (a que não vestia a Writer), invocando uma espada com propriedade congelante e avançava em duas frentes contra o atirador. Enquanto a espada ia em linha reta em direção ao seu abdome, visando cravá-lo, Athena avançava pela lateral com sua Writer, objetivando atingir sua pele e penetrá-la em um desenho puntiforme. Athena usava seu hipodesenvolvido haki do armamento para reforçar sua Writer e penetrar mais facilmente a pele do oponente. - Kiyo, eu não sabia que animais indo para o abate falavam. Curioso, não? Fufufu - disse Athena em voz alta, naquele esquema de anime em que os personagens conseguem falar um discurso no meio de uma corrida dita absurdamente rápida. Após, falou mentalmente com x aliadx - eu não quero criar um cataclismo aqui, mas sabe, Kiyo-san? Eu não me importo tanto. Usemos a telepatia como vantagem, sim? A estratégia de Athena, naquele momento, era bem simples. Perseguiria seu oponente até o inferno, não dando-lhe nenhuma paz para mirar e atirar. Seguiria firme em duas frentes, manipulando a espada de um lado e perseguindo-o em outra frente. Bastava um acerto da Writer e, se conseguisse sangue... melhor.