Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Fantasia''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Union Geral
    • Anúncios da Staff
    • Recados Gerais
  • Mangás
    • Geral
    • Discussões
    • Canto dos Scanlators
  • Comics
  • Animes
    • Geral
    • Discussões
  • One Piece
    • Geral
    • Discussões
  • Entretenimento
    • Diversos
    • Esportes
    • Filmes
    • Games
    • Música
    • Séries
    • Off Topic
  • Fanwork
    • Fanfiction
    • Art&Design
  • Jogos
    • RPG One Piece
    • RPG Bleach
    • RPG Naruto

Calendários

  • Calendário Fórum Union
  • teste

Encontrado 54 registros

  1. [Fall 2020] Shingeki no Kyojin The Final Season

    Episódios: 12 Exibição: Apr 1, 2017 to ? Temporada: Spring 2017 Produtoras: None found, add some Estúdio: Wit Studio Origem: Manga Gêneros: Action, Super Power, Drama, Fantasy, Shounen Duração: Unknown Classificação: R - 17+ (violence & profanity) Trailer: Aqui Sinopse: Segunda temporada de Shingeki no Kyojin. Characters & Voice Actors Staff
  2. [Oficial] Literatura fantástica

    Bem vindos ao tópico sobre literatura fantástica! Infelizmente não seria possível criar tópicos para todos os livros e escritores desse gênero, mas usem esse espaço para falar sobre todos os demais livros e séries que já não tenham tópicos oficiais. Aqui esta uma lista de tópicos oficiais, ao menos que seja a título de referência, indicação ou comparação, podem comentar sobre esses livros em seus próprios espaços: *(clique na imagem para ir ao tópico) Fiquem a vontade para discutir sobre livros, universos, teorias, notícias, autores e não se esqueçam das regras, elas também tem poderes aqui!
  3. [FALL 2020] Noblesse

    Episódios: 13 episódiosExibição: 5 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Glovision Estúdio: Production I.G Origem: Manhwa Gêneros: Ação, Sobrentaural, Fantasia, Escolar Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse: Raizel desperta de seu sono de 820 anos. Ele é um nobre de sangue-puro que carrega o distinto título de Noblesse, protetor da nobreza. Para tentar proteger Raizel, seu servo Frankenstein o matricula no Colégio Ye Ran, onde Raizel se familiariza com a rotina simples e cotidiana do mundo humano e seus colegas. Contudo, a União, uma sociedade secreta que almeja dominar o mundo, começa a enviar humanos modificados para gradualmente interferir na vida de Raizel, forçando-o a lançar mão de seu tremendo poder para proteger as pessoas ao seu redor. Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  4. [FALL 2020] The Day I Become a God

    Episódios: 13 episódiosExibição: 10 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Aniplex Estúdio: P.A. Works Origem: Light Novel Gêneros: Drama, Fantasia, Sobrenatural Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse: Hinata é uma garotinha que um dia acorda como uma deusa. Ela prevê que o fim dos tempos chegará em breve e é assim que ela decide procurar um companheiro solitário para acompanha lá durante o apocalipse. Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  5. [FALL 2020] Burn the Witch

    Episódios: 3 episódiosExibição: 2 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Shueisha Estúdio: Studio Colorido Origem: Manga Gêneros: Ação, Fantasia, Magia Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse: Burn the Witch é um spin-off de Bleach que conta a história de duas bruxas que trabalham na filial ocidental (chamada de “West Branch”) da Soul Society, situada em Londres. Ao contrário dos elementos da cultura japonesa presentes na história de Ichigo, essa trama envolve dragões e magia. Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  6. [FALL 2020] Hanyou no Yashahime

    Episódios: 24 episódiosExibição: 3 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Shogakukan Estúdio: Sunrise Origem: Manga Gêneros: Histórico, Ação, Sobrenatural, Romance, Comedia, Fantasia, Aventura Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse: As filhas de Sesshoumaru e Inuyasha partiram em uma jornada que transcende o tempo! No Japão feudal, os gêmeos meio-demônio Towa e Setsuna são separados um do outro durante um incêndio na floresta. Enquanto procura desesperadamente por sua irmã mais nova, Towa vagueia em um túnel misterioso que a envia para o Japão atual, onde é encontrada e criada pelo irmão de Kagome Higurashi, Souta, e sua família. Dez anos depois, o túnel que liga as duas épocas foi reaberto, permitindo que Towa se reunisse com Setsuna, que agora é um Demon Slayer trabalhando para Kohaku. Mas, para choque de Towa, Setsuna parece ter perdido todas as memórias de sua irmã mais velha. Juntadas por Moroha, filha de Inuyasha e Kagome, as três jovens viajam entre as duas épocas em uma aventura para recuperar seu passado perdido. Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  7. Episódios: 13 episódiosExibição: 3 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Egg Firm Estúdio: J.C.Staff Origem: Light Novel Gêneros: Ação, Romance, Comedia, Fantasia, Aventura Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse: Terceira temporada. A história se passa na cidade de Orario, também conhecida como calabouço, onde os aventureiros ganham a vida. O enredo é sobre Bell, que um dia é atacado por um minotauro. Ele tem sua vida salva por uma aventureira mais velha e experiente conhecida como Eyes Warestein e imediatamente se apaixonada por ela. No entanto, as coisas ficam complicadas para o protagonista quando a deusa Hestia se apaixona por ele. Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  8. [FALL 2020] Dragon Quest: Dai no Daibouken

    Episódios: 26 episódiosExibição: 3 de Outubro de 2020 a ? Temporada: Fall 2020 Produtora: Square Enix Estúdio: Toei Animation Origem: Manga Gêneros: Aventura, Fantasia, Ação, Comedia Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse:Na história, após a derrota do lorde demônio Hadlar, todos os monstros foram libertados de sua vontade maligna e se mudaram para a ilha de Delmurin para viver em paz. Dai é o único ser humano que vive na ilha. Tendo sido criado pelo bondoso monstro Brass, o sonho de Dai é crescer e se tornar um herói. Ele se torna um quando Hadlar ressuscita e o herói anterior, Avan, vem treinar Dai para ajudar na batalha. Mas Hadlar, anunciando que agora trabalha para um lorde demoníaco ainda mais poderoso, vem matar Avan. Para salvar seus alunos, Avan usa um feitiço de auto-sacrifício para atacar, mas é incapaz de derrotar Hadlar. Quando parece que o outro aluno de Dai e Avan, Pop, está condenado, uma marca aparece na testa de Dai e ele de repente ganha super poderes e é capaz de afastar Hadlar. Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  9. [VERÃO 2020] Maou Gakuin no Futekigousha

    Episódios: 13 episódiosExibição: 4 de Julho de 2020 a ? Temporada: Summer 2020 Produtora: Estúdio: Silver Link Origem: Light Novel Gêneros: Ação, Romance, Aventura, Fantasia,School Duração: 24 minutos Classificação: Nenhuma Sinopse: Apesar do seu apetite por destruição, até os reis demónios se cansam às vezes de todo o sangue e caos! Quando Anoth reencarna na esperança de uma vida mais pacífica, ele acaba indo para a escola com os seus descendentes no seu antigo castelo 2.000 anos depois. Mas com a mágica a desaparecer nesta época, ninguém é capaz de avaliar o verdadeiro poder de Anoth! Sendo subestimado e evitado pela maioria das pessoas, ele recrutou uma menina amiga dele, Misha, como subordinada e camarada, e esforça-se para subir ao topo da hierarquia da raça demoníaca para um dia recuperar o seu antigo título e status. Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  10. Episódios: 25 episódios ( Split cour, começa em Julho, volta em Janeiro de 2021)Exibição: 8 de Julho de 2020 a ? Temporada: Summer 2020 Produtora:TV Tokyo Estúdio: White Fox Origem: Light Novel Gêneros: Ação, Romance, Aventura, Fantasia, Drama Duração: 24 minutos Classificação: NenhumaSinopse:A história acompanha Subaru, um garoto que é levado subitamente para um outro mundo onde conhece uma meio-elfa de cabelos prateados. Depois de passar o dia ajudando a garota, Subaru acaba se envolvendo em algo muito mais perigoso que esperava, entretanto, quando imaginava que iria morre, Subaru se vê de volta no início do dia, antes de ter encontrado a meio-elfa. Agora ele precisa encontrar uma forma de salvar a garota e entender esse estranho poder que conseguiu.Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  11. Episódios: 24 episódiosExibição: 12 de Outubro de 2019 a ? Temporada: Fall 2019 Produtora: Aniplex Estúdio: A-1 Pictures Origem: Light Novel Gêneros: Ação, Romance, Aventura, Fantasia Duração: 24 minutos Classificação: Nenhuma Sinopse: O Soul Translator é uma interface full-dive de última geração que interage com o Fluctlight do usuário – o equivalente tecnológico de uma alma humana – e fundamentalmente difere do método ortodoxo de enviar sinais ao cérebro. O instituto privado Rath pretende aperfeiçoar a sua criação, contando com a ajuda do sobrevivente do Sword Art Online, Kazuto Kirigaya. Ele trabalha lá como empregado de meio período para testar as capacidades do sistema no submundo: o reino fantástico gerado pelo Soul Translator. De acordo com o contrato de confidencialidade, todas as memórias criadas pela máquina no mundo virtual são apagadas ao retornar ao mundo real. Kazuto só pode lembrar vagamente de um único nome, Alice, que provoca uma sensação de desconforto quando mencionado na realidade.” Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  12. [Manhwa] The God of High School

    Status: Semanal/Ativo Título Alternativo: 갓 오브 하이스쿨Autor: Park Yong-jeArte: Park Yong-jeGêneros: Artes Marciais, Sci-fi, Comedia, Aventura, FantasiaLançamento: 2011Serialização: Webtoon[Leitura Online]Sinopse: Enquanto uma ilha está quase desaparecendo da face do planeta, uma organização misteriosa envia convites para todos os lutadores habilidosos da Terra para participarem de um torneio. “Se você vencer, você pode ter o que quiser”. Eles estão recrutando apenas os melhores para lutarem entre si e concorrer ao título de ‘The God of High School’.
  13. Shadarea

    A O sol está escondido por muitas nuvens e o vento balança a copa das árvores, arrebatando dos galhos as folhas amarelas. -Mãe! Faça chá! -Esse final de tarde só está precisando de um pouco de chá para ficar perfeito! -Vou preparar, quer de quê? -Pode misturar erva doce com hortelã! -Jezmine me faça um favor! -Vá procurar o seu irmão, ele tem que descansar para amanhã. O jovem Harlequim está em uma planície treinando com seu imenso bumerangue de quarto pontas. Respirando lentamente, está concentrado, aguardando pela corrente de vento ideal. Finalmente sente uma brisa passando por trás de sua cabeça, levantando seus longos cabelos marrons. Rodopiando para lançar o bumerangue, faz jus ao nome da família, spin. O joga com toda a força. O barulho agudo da arma era impressionante. A arma percorre uma reta e ganhando altura vai fazendo um movimento de curva. Ficou muito satisfeito com a potência de sua arma. - Muito bem! - A voz de sua irmã mais velha o assusta. Ele olha ligeiramente para sua irmã, bufando de raiva e gesticula para ela se afastar. Seus olhos estão atentos no menor desvio na trajetória do bumerangue para não errar o tempo de o receber. Jezmine rir ao lembrar da história contada na sobre um guerreiro desastrado que foi degolado por se descuidar. Completa a curva retorna velozmente em sua direção, entretanto, um pouco mais alto do que o previsto. Dando alguns passos para trás e saltando, estende completamente seu braço e coloca precisamente no círculo central, evitando as lâminas trituradoras. Ainda no ar, devido ao peso e a velocidade é brevemente arrastado e quando seus pés tocam o chão, ainda se desloca mais um metro, deixando um rastro na terra. Ele interrompe a rotação e olha para sua irmã, enquanto massageia seu ombro e diz: -Do caramba né? –Harlequim se gaba. -É, dá pro gasto! -Imagina só quando eu o lançar junto coma minha manipulação de vento. -Eu queria poder lançar o meu também, mas ele não serve para isso. – Vamos logo! A mãe está fazendo um jantar especial para você! O jovem sorri de orelha a orelha. No último ano ele havia trabalhado mais duro em seus treinamentos e finalmente chegaria o dia de compensar o esforço. Enquanto caminham pisando em folhas secas, Jezmine pergunta sobre qual partido ele irá escolher dentre as cinco famílias fundadoras de Shaddarea. O jovem já diz que nem tinha o que escolher pois se manteria fiel a família e ao partido Kamakura, a provocando. -Você talvez não lembre direito, pois no tempo tinha uns nove anos, quando eu escolhi me filiar aos Grace! -Lembro sim, a mãinha ficava chorando e o pai só andava com raiva, várias pessoas da nossa família ficavam dizendo que era culpa dele. -Que bom que lembra, foi muito triste mesmo, mas eu não me arrependo! – Sou bem satisfeita e inclusive espero que eles cresçam mais e mais, tomara que o presidente esse ano possa ser dos Grace! -Você é egoísta Jez! Só quer fazer as coisas do seu jeito! – Mas eu sei que você é uma pessoa boa. -Quando você estava no serviço militar, ainda tínhamos esperança de que escolhesse ficar aqui, alguém da família kamakura falou para o pai que você realmente tinha escolhido outros. Algumas pessoas na vila me olhavam com cara feia e eu fiquei com muita raiva de você. Pensava que você odiava a nossa casinha ou que fosse uma rebelde louca. Mas um dia, quando o pai ainda era vivo eu entrei no quarto deles para fazer alguma coisa e vi um envelope que você mandou para nós. Fui logo olhar e me assustei porque você tinha mandado dinheiro. Os anos passavam e você sempre mandando dinheiro. Então percebi que você não era ruim, e então comecei a te admirar e pensar a razão de ter saído. -Eu vou te contar! –Eu não fui mais bem vinda na vila e também tinha vergonha. Mas finalmente comecei a me orgulhar de mim mesma e aprender muitas coisas. Quando o pai morreu ai percebi que só porque a gente pensa diferente não precisávamos nos afastar. Agora todo ano aproveito as férias para passar uns dias com vocês. -Uau, que bom que a gente pode conversar sobre essas coisas! No meu caso meu lugar é aqui! Várias pessoas fizeram como você e acabaram saindo. Eu admito que em outras circunstancias eu poderia escolher por exemplo os Vatiari, sempre quis velejar pelos mares hahaha. -Queria que a vida não fosse tão complicada assim! -Né! -Mas é como eu sempre digo, o meu sonho é fazer o Xogum de kamakura nos reconhecer. -Harly, infelizmente as pessoas são difíceis demais de mudar suas convicções. Você é gentil, mas só vivemos uma vez, sério, não tenho arrependimentos do rumo que tomei para minha vida e espero que você se preocupe também consigo mesmo. - Mudando um pouco de assunto para não chegarmos tensos em casa, Amanhã eu quero receber os empréstimos que te fiz! Jezmine sorri com uma expressão gananciosa. - Porque você continua dizendo que eu posso receber algum dinheiro? -hahaha você vai entender... Pelo meu aniversario você deveria perdoar minhas dividas, aposto que você é rica e vem nas férias se fazendo de humildona. -hahaha e se eu for? Os dois estavam andando lado a lado enquanto o vento ia esfriando e o sol já estava se pondo. A irmã toma a frente apressando os paços e discursa: “O mundo é muito grande e incrivelmente lindo, cheio de experiências novas em todos os lugares e tem tantos lugares novos, estilos de vida completamente diferentes. -Uma vez que você perceba isso, duvido que vai querer voltar e ficar limitado a viver na vila hahaha, não é que eu não ame nossa família ou o clã, todavia, uma vez que você entenda o que significa ter seu destino ligado perpetuamente a periferia irá me entender. -hei, não ligo de ser pobre, e tamb... Ecaaa!!! você tá sem calcinha, que nojo... Eu vou na frente! Os irmãos chegam em casa. No próximo dia Harlequim completará dezoito anos e deverá comparecer a junta militar do exército real para fazer uma entrevista. Quando ele concluir o alistamento será considerado realmente um adulto. Durante a entrevista os candidatos prestaram vários exame para serem avaliados em todas as suas faculdades. Raciocínio logico, desempenho físico e a capacidade de manipulação de elementos naturais, também é registrado se eles possuem uma habilidade oriunda desde o nascimento, denominada de digitais mágica. No jantar, enquanto o vapor da sopa subia e o cheiro já estava empregado em cada centímetro da cabana, ao som de um coral de grilos e corujas, Jezmine quebra o suspense e revela que as vezes quando alguém que está se alistando, encarregados de partido tentam subornar quando são habilidosos. E que outra forma de receber algum pagamento se iniciou recentemente após dois anos que Martin Covin, um Almirante dos Vatiari, folheando fichas de antigas de soldados para fazer atualizações, teve uma ideia de criar um jogo. Onde fez uma pequena cópia dos dados das fichas em pequenas cartas, dispondo dos atributos de cada soldado. Ele disporia uma determinada quantidade e duas pessoas se enfrentariam para derrotar todas as cartas do outro jogador. O jogo se tornou popular entre nobres e generais que disputavam sobre quem era melhor estrategista ou tinha o melhor time. Durante o jogo eram feitas muitas apostas e criaram uma regra para negociarem com o próprio guerreiro o direito a usar a sua imagem e as vezes alguns pagavam na hora. *** Martin Covin Está montado em um jumento indo em direção ao Porto. Atrás dele está um carruagem sendo conduzido por dois cavalos, onde estão três marinheiros, o mais velho guiando os cavalos e na parte de trás, dois jovens marinheiros conversando sobre seus futuros. Enquanto se dirigem lentamente pela cidade, algumas pessoas sorriam para Martin, acenando com a mão, outros o olhando com desprezo devido a boatos de que ele trata as pessoas como brinquedos. Há ainda aqueles que debocham do seu jeito de ser, afinal, a maior patente militar dos Vatiari, um almirante com seus quarenta anos montado em um jumentinho. O jovem marinheiro abre um sorriso e fala: - Cara, estou tão feliz, é impressionante que já passou um ano e estamos com a autorização para ir a ilha, não é? - Realmente... Após um ano só treinando naquela base sem graça poderemos conhecer aquela cidade da ilha e também soube que há três princesas! Sorri enquanto tenta imagina-las. - Ei, vai sonhando que você vai ver tão fácil uma princesa! - Ta! Ta! Não estrague minhas expectativas, espero logo estar velejando pelos mares. -Eu ouvi dizer que na ilha apareciam sereias! –Será? -Só se você tiver fumando na hora -hahahaha Martin gostava do continente, pois haviam muitos para jogar com ele, ele é um entusiasta por jogos. Entretanto em terra não tinha muito tempo livre, diferente de quando está navegando, onde há menos coisas para se ele preocupar, já virou jargão ele dizer que “política é o jogo mais complicado de se entender e jogar”. A rota para a ilha das brumas, Capital dos Vatiari, é conhecida apenas entre os patamares mais altos da marinha. Embora as cinco famílias fundadoras coexistam em harmonia e dependência, cada nobreza vive em um castelo inacessível, e também possuem um pequeno grupo de guerreiros de elite, que são fieis a eles. A equipe chega ao Porto exatamente com o sol em cima de suas cabeças. Meio dia foi o momento marcado para o encontro, o navio que os receberia já podia ser visto no horizonte. Os jovens marinheiros saltam do carro e diligentemente descarregam as cargas, Martin se despede do jumento afagando o queixo dele. Reparando que sua mala seria a próxima a ser retirada, se aproxima rapidamente e ele mesmo a pega. O navio já está mais visível e na proa, a silhueta do almirante que irá substitui-lo no posto em terra. Ambos os almirantes passam a se encarar mesmo sem ainda poderem realmente se ver e continuam sem desviar o olhar até que o navio aportasse. Do alto da proa Marajhon e a baixo no Porto, Martin. As vezes na corrida para se obter o posto de almirante rivalidades e contendas surgiam e poderiam durar pelo restante da vida. Existe apenas cinco vagas para almirantes e cada uma se destina a cuidar de uma base em algum território. Base marinha no norte, sul, na ilha das brumas, ao oeste da ilha e uma no continente. Ao ancorar e ser amarrado no cais, os marinheiros vão descendo as escadarias em fila e se posicionam fazendo um caminho para despedir o almirante a quem estavam conduzindo e recepção do novo, colocando as mãos na testa em continência. A capitã do navio, Irene, se aproxima da escadaria e olhando para Marajhon levanta a mão até a testa e diz: -Senhor, até breve! Foi um prazer lhe conduzir! -Não, Eu que agradeço! –É ótimo ter a companhia de uma bela mulher. Irene ignora o comentário inconveniente e retirando a sua mão da testa a estende em direção a saída . Marajhon vai descendo os degraus e passando pelos marinheiros, olha para Martin e ambos fazem sinal de respeito. - Olá Martin - brincou muito cos seus joguinhos? - Olá Jhon, - Sendo sempre chato? Ambos trocam apertos de mão. Enquanto trocam sorrisos, cada um está apertando com tanta força, que ambas as veias dos braços estão saltando e se recusam a soltar primeiro. - Bem Jhon, tenho algo importante a dizer, primeiro tente não chamar atenção de forma negativa diante do povo! O que você pensa que está fala... - Escute! Sinto um vento frio vindo do Oeste e junto com o ar quente do norte pode significar uma tempestade de ventania se aproximando, talvez os trovões façam incêndios. Marajhon solta a mão primeiro e deseja uma boa viagem, se vira abruptamente fazendo sua capa levantar vai em direção ao cavalo que está sendo preparado para ele. Tenta pensar o que significaria aquele enigma. Com a mão esquerda segura a corda do cavalo branco e salta em cima dele, ao tomar a corda com a mão direita, sente uma pequena dor aguda na musculatura. Martin sobe os degraus enquanto sorri para os marinheiros, os dois jovens marinheiros vão logo atrás animados e sorrindo e carregando suas malas enquanto cumprimentam todos, alguns sussurram baixinho “carne nova” e dão tapinhas em suas costas. -Olá! Capitã Irene! Diz Martin prestando continência. - É um prazer tê-lo aqui almirante senhor Almirante, desejo uma boa viagem e estadia! - Sem tantas formalidades! Me sinto mais velho do que sou! - Por favor me acompanhe, vou te levar a sua acomodação. Irene estende a mão Enquanto andavam, uma garota com um capuz roxo sem chamar tenção da Capitã e do Almirante vai descendo a escada. -hump... vejo que pelo revestimento do seu navio vocês vieram do sul, foi uma grande jornada. Não é? - Bem observado! Irene assente com a cabeça. - É bom ir para casa depois de um longo tempo no frio, não acha? - Ah senhor, seria bom mesmo, mas decidi que após conduzi-lo para a ilha vou trocar parte da tripulação e seguir direto para o norte! - Inclusive, devido a isso os marinheiros demorarão algum tempo para nos abastecer de suprimentos. Irene vai na frente o guiando para o levar para a cabine que ele ficaria. Martin, intrigado, comenta que somando oito meses de patrulha no sul e mais oito meses no norte fariam com que ela ficasse mais ano separada de seus familiares em terra. - Sem problemas, todos sabem que dou duro – Até porque quero ser uma almirante um dia! - Uau, Lembro de você quando era uma marinheira há uns cinco anos, você cresceu hein, e a última vez que tive notícias suas foi quando estávamos votando sobre quais seriam os próximos capitães. Votei em você, devo admitir que fiquei impressionado com a descrição da sua DM (digitais magia), fiquei empolgado para ver na pratica. - hahaha. Irene sorri sem mostrar os dentes – E tomara que eu não precise. - Sabe, parece que foi ontem que participei da votação, você já é capitã há quanto tempo mesmo? - Pouco mais de um ano e meio. - Parabéns, parabéns, realmente notável. Capitã Irene pede para levar os dois jovens marinheiros novatos para ajudarem com organização no porão e pergunta onde estava Ludovic, um jovem da nobreza que deveria embarcar. Recebe a resposta de que ainda não havia nenhum sinal dele. Ela deixa a ordem de que quando eles finalizassem, poderiam partir sem o aguardar. -Sim senhora! Martin ficou admirado com a determinação, pois ele mesmo amava suas férias mais que tudo. Ele espira fundo e vira para o centro do navio e fala a toda a tripulação: - Ei marinheiros! Prestem atenção no o exemplo da capitã de vocês! Se vocês trabalharem muito duro, se não desistirem em meio aos problemas e serem leais a vida os recompensará, podem um dia serem capitães também! Irene ajeita discretamente sua franja e seu chapéu enquanto olha para Martin atenta, tentando segurar o sorriso, pois momentos assim validavam sua dedicação. Ele agradece pela atenção e passa pela capitã para ir até sua cabine. Passando pela capitã fala baixo para apenas ela ouvir: - É bom motivar o pessoal, mas pra ser capitão não é só servir por dez anos, tem que ter o poder de cinquenta marinheiros juntos. Ambos gargalham. *** Marajhon faz uma careta ao lembrar de Martin falando que alguém como ele poderia fazer algo que as pessoas pudessem reprova-lo. Ele puxa a corda de seu cavalo o fazendo relinchar ficar nas patas traseiras, em seguida, o faz trotar apressadamente. Atrás dele o condutor da carroça levava suas malas e também quatro passageiros, entre eles três marinheiros e uma Jovem. Eles estavam conversando sobre as férias que um deles havia recebido e os outros dois seriam transferido para a base terrestre. A garota não conversou com ninguém. Enquanto se dirigia a capital algumas mulheres mandaram beijos e sorriram para ele. O almirante deixa sua coluna ainda mais ereta e sorri discretamente. Havia apenas duas coisas que Marajhon gostava no continente, andar a cavalos e arranjar alguma ficante. Chegando na capital a jovem pede que parem o carro. Ela salta, agradece a todos e desaparece entre a multidão. - Pessoal, quem era aquela garota para ter embarcou com a gente? - Realmente, também me perguntei porque só militares poderiam embarcar. A menos que ela seja uma nobre. - Provavelmente ela é! Não há nuvens e o sol chega a fazer a rua brilhar. Marajhon sente sua farda esquentando demasiadamente e começa a soar. Ao longe eles avistam as muralhas do quartel e por cima dela, dois andares do prédio central. Ele viu a silhueta de duas pessoas no parapeito da cobertura, mas não os conhecia. Chegando perto da muralha levanta a mão para que abrissem as portas, nesse mesmo momento seu cavalo pisa em uma lama que respinga em um homem que estava sentado na calçada. Cumprimenta com poucas palavras os oficiais. Desce do cavalo e o entrega para alguém enquanto apressa o passo para o bebedouro. Ao longe dava para se ouvir dezenas de cadetes marchando debaixo do sol arrodeando o quartel, ele ri enquanto entra na sombra do edifício. Chegando ao grande filtro, gira uma pequena válvula que faz jorrar agua para cima. Abrindo a boca e a enchendo com agua, sente que ela infelizmente estava morna. Faz uma expressão triste e fala aos corredores em tom de brincadeira: -Estou contratando feiticeiros de gelo! Um soldado se aproxima por trás dele segurando uma garrafa de agua e fala sorrindo: -Ah senhor, é tão raro achar pessoas que consigam utilizar feitiços de gelo, mas seria muito bem-vindo. Terminando de beber Marajhon enxuga a boca completa: -Por isso que a família Alaska continua forte mesmo com poucos se filiando a eles. Adentrando na praça central do quartel se dirige ao elevador, enquanto outros soldados e cidadãos subiam pelas escadas. Ele puxa uma corda que estava dentro do elevador fazendo com que no topo do prédio balança-se um sino grande. Os soldos prontamente puxam o elevador até o segundo piso. Descendo em seu piso, vai passando por alguns escritórios e vendo alguns generais conhecidos de vista, pessoas diferentes e um companheiro de campo de batalha que estava provavelmente conversando com sua esposa. Chegando na sala para ele não vê o secretario nem mais ninguém. Deixa alguns pertences e com as mãos livres vai até o auditório. Não estava havendo reunião de assembleia, o ambiente estava praticamente vazio apenas por três grupos separados conversando, alguém virado de costas se servindo com um café. Uns poucos olham para ele e balançam a cabeça ou levantam o polegar, um grupo com quatro mulheres olham para ele, cochicham entre si e não dão nenhuma atenção. Pela porta do auditório aparece um homem alto e pergunta: A minha irmã está aqui? Uma das mulheres que estava conversando olha para ele e diz: Ela saiu junto do Marechal Baion -Eu subi só para chamar ela, mas obrigado! O homem olha para Marajhon, se aproxima dele e estendendo a mão para diz: -Bem vindo, vamos almoçar? -Obrigado, vamos! Os dois se dirigem ao elevador e puxam a corda que balança um sino pequeno. -Me tornei tenente há alguns meses por isso talvez você não me conheça. -hum... Você é o príncipe? -Não, não haha, só primo. Havia alguns soldados na fila, mas dão prioridade para os dois e eles vão se servindo. Sentados Lionel comenta que naquela tarde haveria duas exibições, no campo do exército de jovens que estavam se alistando e o chama para assistir se ele não tiver algum compromisso. Marajhon ainda não sabia que haveria disponibilidade mas que se conseguisse iria. -De manhã três jovens se apresentaram, pena que Martin só assistiu a duas apresentações e teve que partir, ambos os primeiros eram dois garotos sem nenhum talento. E ele tem aquele lance das cartas, não é? -hahaha - E qual casa eles escolheram? - Vatiari e Grace. - Mas quando ele saiu apareceu uma jovem loira do interior. Eu até pensei que ela era cega, porque os olhos dela eram bem diferentes. - Como assim? Pergunta com a boca um pouco cheia. -Já chego nessa parte, ela estava fazendo o teste escrito e pensei, cega ela não é. Quando ela foi levada para fazer um exame de tiro ao alvo ela perguntou se poderia usar uma habilidade secreta, todos balançamos nossas cabeças que sim. Ela ficou encarando alvos, seus olhos começaram a brilhar e de repente os alvos estavam queimam. Não entendi de primeira, mas prestando mais atenção, enquanto ela mirava nos outros alvos, saia fachos de luz. -O curioso é que já vi uma D.M. bem parecida, a o do general Garrik, não sei se você o conhece, eu diria que são iguais. -Não conheço, mas já naveguei pelo mundo todo e nunca vi duas D.M iguais. -Aquela habilidade era perfeita para o esquadrão de fogo da minha família e eu tive praticamente a obrigação de convidar ela para os Solari hehehe - Que injusto, isso deveria ser contra as leis! -Protesta Marajhon. -Seria bem decente ter alguém assim na minha equipe. Marya está saindo pelas portas do quartel e vê seu tio que a aguardava enquanto escrevia em seu caderno. -Oi vamos nessa? - Já voltou? É uma pena não poder deixar você ai. – Estava bem ansioso para ficar em casa sem me preocupar com incêndios. - Fala enquanto sorri. -Ahahahah Dédé, ainda vou te dar muito trabalho até chegar o próximo ano. - Puts... realmente vai demorar um bocadinho como ainda estamos no outono. – Mas e ai como foi? -Foi tão legal, é realmente como diziam, você pode escolher o que quiser. Na verdade a gente meio que apenas pré avisa o que irá escolher, pois só serei registrada quando for servir. E olha que legal, quando terminei a apresentação um general veio até pertinho de mim. Ele era bem alto e usava uma armadura com o símbolo solari no meio do peito. Ele perguntou se poderia conversar comigo por um momento. O tio coloca a mão dentro da bolsa tateando entre suas anotações e materiais os tickets do trem e ao ouvir isso levantando uma sobrancelha e a encara com a boca levemente aberta. -Tio Décio, Vamos parar ali naquela bar, você me prometeu e nem venha me negar que quando eu fizesse dezoito poderia beber! -Falei que você poderia, mas nunca disse que pagaria. -hahaha vou pagar, agora eu ganheiro dindin. -Que história é essa que recebeu dinheiro? -Vou te contar quando a gente sentar, a gente pode pegar o próximo trem também, e porque você está com a camisa suja de lama? -Foi um desgraçado, miserável que passou ainda agora com um cavalo cretino numa lama. E isso porque você demorou demais ai nessas suas aventuras. Sentando nas cadeiras de madeira do bar mas a frente, onde havia mais iluminação, pois a única luz vinha das paredes de tijolo vazado por fachos de luz. Havia um leve cheiro no ar de álcool, carne frita e essência de Eucalipto. Um homem batia em um tambor enquanto uma mulher cantava. Ela vira o rosto de um lado para outro procurando por alguém para a atender, vê um garoto um garoto no final do bar onde já era bem mais escuro a olhando com a cara fechada, na mesa dele havia três copos vazios. Olá pessoal! Como posso servir vocês! Fala um homem baixo, com um avental e um chapéu. -Gostaria de beber uma cerveja numa dessas canecas grandes. -O quê? Você nunca bebeu e vai tomar tudo isso? –Décio protesta. -Mais alguma coisa? -Amendoins! Décio pede enquanto olhava para uma pilha de amendoins descascados em outra mesa. -Tá, continuando, ai ele veio na minha direção e eu já fiquei nervosa, o que será que ele poderia dizer, e ele parecia importante. Lionel Solari elogia as técnicas da garota, sobre como a sua D.M parecia estar refinada e que ela era extremamente talentosa. Agora próximos, olhando olho no olho ele vê que ela não tem íris e que sua pupila é prateada como um espelho, até consegue se ver. Quase hipnotizado não percebe que estava já a poucos segundos calado apenas a encarando. A jovem começa a ficar envergonhada pois percebe que ele fazia seu tipo, principalmente porque na sua cidade não havia nenhum homem alto. Interrompendo o silencio constrangedor o general a convida a escolher fazer parte dos Solari e que no futuro certamente ela iria participar do grupo de elite do fogo e teria grande relevância. Tentando ganhar mais tempo com o General, a garota faz charme, começa a dizer que estava muito interessada em se filiar a Grace. Vendo que o impactou, continuou nessa estratégia. Disse que por ser moradora da cidade de Bitronio, onde há pouco avanço, Grace ela teria muito conhecimento e também dinheiro. Lionel calado, tentava pensar em algo para a convencer. Sem mais ideias, coloca a mão no bolso e tira algumas moedas de ouro e de prata, e diz para ela pensar com calma, e que lhe daria um incentivo para que ela pudesse pensar mais a respeito. A jovem tenta negar aquele dinheiro, mesmo com os olhos brilhando. Por fim lionel a convence de que era apenas uma cortesia para que ela pudesse apenas colocar solari na balança de sua decisão. -Que? Quanto ele te deu? Não vou dizer... -Mas isso é um absurdo! Ele te subornou! -Claro que não! Eu já tinha escolhido eles há muitos anos, você sabe que só assim vou poder achar meu pai. - Realmente, aquele miserável! -Eu acho que ele gostou de mim viu, quando disse que ia pensar com carinho e ele colocou a mão em mim e... -Assédio!! Grita o tio -No meu ombro, foi tipo um tapinha só, mas sei lá. -Marya você por acaso quer cometer o mesmo erro da sua mãe, só queira se envolver com pessoas da sua idade, não se deixe iludir. -Afs, que nada haver, e eu sou bem mais inteligente do que ela quando tinha minha idade. O garçom aparece e traz uma caneca de vidro que estava embaçada de gelada com a espuma quase transbordando. -Poxa, fiquei até com vontade! – Décio confessa encarando a bebida. -Mas tive que prometer a sua mãe que cuidaria perfeitamente. Todos subestimam o caçula, mas tenho que mostrar que posso pelo menos cuidar de você. Marya pega a caneca e sorri a encarando, ela cheira e sente o cheiro da cerveja. Segurando com as duas mãos ela dá um grande gole, afinal estava um dia quente. A sensação de amargo, espuma e álcool, a fez fazer uma grande careta e ao engolir o liquido desceu como se estivesse rasgando passagem até o estomago aumentando sua expressão. Seu tio ri alto de sua cara. -Que gosto horrível, burrp! Arrota, logo tampando a boca. -Esta vendo que isso não presta menina! -Comecei agora vou beber tudo! Marya levanta a xicara novamente e começa a dar goles até parar na metade. Sentindo seu estomago quente e revirando. Enquanto Décio está a fazer vários discursos Marya não consegue mais prestar atenção e sentindo-se um pouco tonta levanta para ir ao banheiro. O garoto que a havia encarado estava andando em direção a saída e percebendo que ela ia passar do seu lado esbarra com força no ombro dela a fazendo tropeçar. O tio não percebe distraído com os amendoins. Ela se pergunta que mera aquele maluco, mas avança em direção ao vaso. O jovem saindo furioso vai em direção a uma das hospedarias da cidade. Resmungando pega a chave de seu bolso e vai abrindo a fechadura. Quando destranca a porta, do quarto vizinho sai uma garota com um casaco roxo amarrado na cintura. E reconhece seu rosto. -Oi, tá fazendo o que aqui? Pergunta ainda com muita surpresa. Espantada a garota arregala os olhos e fala lentamente. -Oi Ludo! *** Harlequim recebe a informação da guarita do quartel que só poderia entrar assim que o sino do segundo horário soasse. Ele volta para uma calçada que tinha sombra, do lado de uma poça de lama. Põe seu bumerangue por trás das costas e pega em sua bolsa a marmita que estava dentro de uma folha larga. Ao desenrolar ele vê uma porção de arroz colorido com diversas ervas e uma coxa de frango. Embora o almoço estivesse frio e não fosse um ambiente confortável o tempero de sua mãe o arrebatava para um momento sublime de sabor, a mistura de sementes de pimenta esquentava lhe a boca e o estomago. Lambe os dedos que segurava o osso e lamenta por não ter trazido material de higiene bucal. Ele escuta um sino tocando em algum lugar dentro do exército e vai rapidamente até a entrada. Passam alguns minutos e os portões abrem, um soldado de baixa estatura sai de dentro dela e o olhando gesticula com a mão para que entrasse. Antes de entrar ele vê chegando naquela rua uma carruagem taxi. O soldado apontou para um corredor e o manda seguir direto até chegar em uma porta que desse de frente para o refeitório. Ele observa vários militares e cadetes comendo, e estranho o fato de que poucos ali tinham o cabelo raspado, percebe que sua irmã havia feito uma pegadinha com ele ao se despedir de seus cabelos pela manhã, afagando-os alegando que ele teria que raspar. Havia um ruído de várias pessoas conversando entre si, cheiro de várias comidas. Enquanto assistindo todas aquelas pessoas ouve o som de passos com botas, e ao foco das pessoas se voltarem para quem estava chegando ele vira para ver quem era. Estava vindo em sua direção uma garota negra. Seus cabelos eram trançados e algumas tranças caindo pelo ombro chamaram a atenção do garoto por serem trançadas com crochê branco. O jovem volta a sua posição e olha para suas roupas desgastadas, sentindo um pouco de vergonha da senhorita elegante. Ele se sujava com tanta facilidade que seria impossível se vestir-se com roupas brancas, assim como a garota que estava toda de branco. Uma regata, calça apertada e um casaco amarrado na cintura. Ela se posiciona atrás do rapaz. Ela deve ter vindo daquele taxi, pensou. Seu arrependimento era grande por não ter se arrumado melhor ou não ter escovado os dentes. - Com licença! -É aqui para aguardar teste? A voz da garota é doce. Virando para ela, percebe que a garota estava um palmo maior que ele, quase gaguejando a responde e: -É! Revoltou-se consigo mesmo por não ter conseguido aproveitar para continuar uma conversa. Enquanto aguardavam, seus pensamentos se focam em alguma frase para poder iniciar uma conversa. Nada inteligente lhe vinha a mente. Ouve cochichos vindo do refeitório sobre a garota provavelmente ser uma princesa e isso o deixou mais relutante. -Snif, Snif. – O aroma do perfume da garota chega até ele. O cheiro doce faz fazendo seu coração palpitar. Um militar magro usando óculos se aproxima com algumas folhas de papel, canetas e uma chave. -Olá eu sou o Cabo Diogo! -Vou dar uma avaliação para conhecermos melhor vocês. Abrindo a porta, Harlequim se anda lentamente para a garota passar na sua frente. Olha suas tranças balançando graciosamente, observa que o salto dela era alto, o permitindo imaginar que poderiam ter o mesmo tamanho, tenta olhar para a bunda mas o casaco não estava ali totalmente por acaso. -Ô garoto, coloca essa sua arma ali na parede. Eles sentam em cadeiras paralelas, uma olhada para o lado percebe um brinco com formato de pinheiro nela. Depois de uma hora, Diogo os avisa que eles poderiam conversar entre si para resolver as questões que estivessem com dúvida. Sorrindo por dentro ele se alegra mais por ter algum pretexto para conversar do que responder suas questões. -Oi, eu sou o Harlequim! -Oie, Taiane! -Eu tô com dificuldade na dezessete – diz Harlequim enquanto alisa seus cabelos. 17.Em uma base militar há 8 soldados e você deve formar 2 grupos com quatro soldados. Quantas possibilidades há de grupos? E também não consigo resolver a vinte três. 23.Você acaba de descobrir que a pessoa que você mais ama é um espião contra Shaddarea ou uma das grandes famílias o que fará? (a)Fingir que não sabe de nada; (B)Virar cumplice e o seguir; (C)O denunciar discretamente; (D)Avisar que vai denunciá-la, dando tempo para essa pessoa fugir; (E)Capturará essa pessoa. Diogo o repreende dizendo que das questões vinte a vinte cinto eram pessoais e não poderiam receber influencia, pedindo desculpas por não ter avisado antes. -Comigo é só a quatorze! 14.Um ladrão fugiu de uma loja em uma velocidade média de 18 a 22km/h, e seu objetivo era pegar o trem. A ferrovia fica há três quilômetros a partir de onde fugiu, em quanto tempo ele deve chegará lá? -Ah essa é fácil, - Estudo física desde criança hehe Tayane permanece seria. Após os dois terminarem a prova, o soldado recolhe e manda os dois seguirem até o pátio para uma avaliação física. Diogo pega os testes e vai logo grifando as questões que ambos se ajudaram. Caminha até o gabinete do sargento e entrega as provas. Folheando brevemente as provas, comenta: -Hm... Esse grupo vespertino se saiu melhor que o primeiro pois quiseram trabalhar em equipe. Tayane está correndo para medirem sua velocidade, enquanto que Harlequim já estava com o rosto submerso para calcularem o tempo que conseguia ficar sem respirar. Enxugando os cabelos, abaixa-se puxando uma corda com toda sua força para registrar o peso que conseguia levantar. Após isso foram conduzidos a o campo de treinamento. Havia um setor com alvos espalhados. Ambos poderiam entre arco e flecha, bestas ou balas de pólvora para acerta-los. -Olá, candidatos, sou acabo Luzia! –Vocês devem tentar abater alguns desses alvos do jeito que quiserem, dispomos de algumas armas aqui, mas se por acaso vocês conseguirem usar algum ataque especial, deverão faze-lo. Entenderam? -Sim senhora – Tayane diz primeiro e o garoto repete. -Alguma dúvida? Harlequim levanta a mão e pergunta se os três militares que estavam sentados iriam avalia-los. A cabo informa que aqueles apenas estavam ali porque queriam e apenas ela iria fazer as anotações e pede que o garoto seja o primeiro. O jovem observa com brilho nos olhos aquelas armas pois gostaria experimenta-las, mas pegando o seu bumerangue se dirige para a área de disparo. Assim que faz seu giro e remessa sua arma, parte um alvo ao meio. Querendo impressionar todos os que estavam ali ele arremessa mais uma vez e vai movimentando suas mãos emitindo correntes de ar, essas correntes vão fazendo com que o bumerangue vá atacando os alvos e seguindo adiante. Destruiu três alvos e voltou para sua mão. Nesse momento Lionel se levanta e dirige-se até o jovem, Marajhon levanta em seguida, temendo que o primeiro tentasse o comprar o garoto e caminha junto. -Harlequim certo? – Estou impressionado como você controlou o vento. Já vi algumas pessoas mandarem grandes rajadas de vento, mas nunca que controlassem a trajetória de algo. -obrigado! Lionel, na verdade, estava ansioso para perguntar como ele conseguia fazer aquelas correntes. Atualmente estava treinando como fazer o fogo se movimentar tridimensionalmente. Mas olhando para o almirante sem querer parecer mais fraco. Olha para trás e Zaphira estava sentada distraída com um cristal e Tayane estava de braços cruzados esperando sua vez, além da cabo com uma caderneta. Decide ficar calado e continuar tentando aprender sozinho. Tentando chamar a atenção do garoto o almirante decide lhe dar uma sugestão. -Ei, garoto! Já que você é um usuário de bumerangue tenho uma dica para você criar uma técnica decente misturando essa tua arma com vento. – Mas antes, você sabe fazer isso? Marajhon estava com as duas mãos dentro de seus bolsos e tira uma mão e a estende próximo ao rosto do rapaz. Uma pequena corrente de vento vai oscilando e forma um mini redemoinho na palma de sua mão, ventilando a face do jovem. -Uau, que legal esse furação! – Eu não consigo fazer algo tão certinho assim! Já tentei fazer algo mais concentrado, mas nunca consegui, acabo fazendo estardalhaço. -Escuta, moleque, você já lavou um prato? –Já! Senhor! -Ótimo, porque aqui você vai lavar um bocado! Imagine que você está lavando uma louça com um grude que não sai, então fica girando sua mão, sem parar? – O objetivo é você ficar girando até ver que há uma estabilidade, se você cansar faça mais devagar, é como misturando uma massa de bolo que tem que demorar um tempo fazendo o mesmo movimento, só não pode parar de fazer o mesmo movimento. Se não conseguir modelar só com a mente pode usar uma mão para ajudar, aposto que você está acostumado a fazer movimentos com sua mão. -Se eu conseguir fazer um redemoinho assim como isso vai me ajudar? -Você vai fazer um furacão mais forte que esse é claro, mas isso para fazer o bumerangue girar antes de jogar ele, dai ele ficará bem mais forte e você também vai poder mirar objetos em movimento. –Vamos, faça o teste! -Sei não, eu entendi a teoria mas acho que ele poderia voar de um jeito imprevisível e vai que ele avance na direção de alguém, melhor eu testar onde eu moro! - Tudo bem, eu não deixaria que nada saísse do controle. Haha pode confiar! Harlequim finca o bumerangue no chão. Respira e estende as mãos uma de frente para a outra imaginando em sua mente o que foi dito. O ar se atrai para suas mãos e começam a contorna-la. O seus cabelos começam a voar e após um instante uma ventania se forma ao seu redor. Estava levantando muita poeira e então ambos almirante e tenente se afastam do rapaz. Cobrindo os olhos e cuspindo areia dos lábios. O vento continua soprando em várias direções entretanto próximo a mão dele vai lentamente ganhando uma forma arredondada. Em sua concentração, Harlequim não percebe que estava mandando areia para tudo que era canto. Após o ar estar girando aleatoriamente me várias direções ele vai girando sua mão para tentar facilitar. Finamente cria um furacão, embora bem disforme já dava para fazer o teste. Ele vai administrando com uma mão o furacão e com a outra mão retira o bumerangue no chão e o coloca sobre o furacão. A arma vai girando lentamente, pendendo para cair, mas vai ganhando estabilidade enquanto vai girando mais rápido. Totalmente apoiada sobre o vórtex ela gira vigorosamente formando um som diferente do habitual. Dessa vez a arma não estava cortando o vento e sim sendo girada por ele. - Ei, Jhon, é melhor manda ele parar, parece que ele vai tentar jogar! -Ele não é burro, falei que era só para fazer girar! Imprudentemente o garoto invés de diminuir a rotação como o esperado, entendeu que deveria tentar arremessa-lo e mira na direção a um último alvo em pé e o joga. O Bumerangue voa depressa e erra o alvo, passando por cima, ganhando muita altura começa a ameaçar transpor as muralhas do quartel. Imediatamente os dois homens começam a correr. Lionel se afasta para um lado e dispara poderosas chamas de seus braços ao chão o propulsionando como um foguete em direção ao bumerangue. Marajhon tenta criar uma corrente para tentar aquela perigosa guilhotina ambulante. Lionel começa a se aproximar percebe que não irá conseguir o parar. O bumerangue voa através das muralhas em direção há uma aera com casas. Ele voa por cima do muro e começa a gritar para as pessoas irem se afastando. Mas crianças brincavam naquela direção. Marajhon balança seu braço fazendo com que o bumerangue volte a ganhar altura enquanto vai se aproximando de uma garotinha, conseguindo que ele subisse e não a acertasse. Mas o bumerangue vai fazendo uma curva. Harlequim ouvindo os gritos coloca as mãos na cabeça temendo o pior acontecesse, mas um vulto passa por ele. Zaphira salta e caindo no chão um pilar de terra a ergue a altura maior que as muralhas, lhe dando visão do que estava acontecendo. Ela coloca suas duas mãos no chão e faz com que do outro lado das muralhas uma mão de terra subitamente surgisse do chão fazendo com que o bumerangue se fincasse nele. Zaphira sorri de longe olhando para o tenente e almirante. -Se quiserem me agradecer é melhor arrumarem alguém para desfazer essa sujeira. O almirante vem na direção do rapaz com fúria nos olhos. -Que merda hein! Não era para você jogar aquilo! -Desculpa, eu realmente sinto muito! Entendi que era para fazer aquilo mas eu assumo a culpa toda! -Fique tranquilo, deixe pra lá eu falei que cuidava de tudo mesmo! -Mas fui eu que resolvi - Grita Zaphira ao longe sentada em sua cadeira. A tenente olhando para a cabo diz: -Aiai essas entrevistas são sempre tão animadas! O garoto vai saindo devagar para poder ver um pouco mais Tayane que o da um olhar pouco amistoso. Alguns soldados repõe os alvos, enquanto outros vão aplanando a elevação de terra. Tayane Tira de seu bolso uma pequena vara e aponta e em direção a um alvo. Ela recua a mão e repedindo o movimento o congelando. Harlequim abre a boce admirado enquanto vai em direção a última sala para fazer uma última entrevista. Entrando na sala do sargento. -Já li a sua provinha, e seus documentos. Para finalizar me diga qual partido você pretende fazer parte? Harlequim não entende porque essa pergunta fez seu coração acelerar, ele deveria responder sem nem pensar. Olhando para os olhos do sargento, com uma voz desanimada, responde, Kamakura. Abrindo a porta Tayane esta encostada na parede mordiscando uma das unhas e recolhe a mão rapidamente ao ser flagrada. Ambos cruzam seus caminhos passando paralelamente. Antes da garota entrar na porta Harlequim diz: -Próximo ano acho que vamos fazer parte da mesma turma! A jovem olha para ele. -Até o próximo ano! Abrindo um sorriso! -Até mais garoto do bumerangue! Expõe seus dentes brancos em um sorriso pequeno e fecha a porta. O jovem sai muito feliz, em direção a saída até que percebe que não descolou dinheiro algum.
  14. [Shounen] Black Clover

    Status: Semanal/Ativo Autor: Tabata Yuuki Gêneros: Battle Shounen, Magia Lançamento: 2015 Serialização: Weekly Shōnen Jump [Leitura Online] Sinopse: Em um mundo em que a magia reina, alguém sem poder mágico não é absolutamente nada! Este é Asta Sutaria, um jovem que sonha em se tornar o Mago Imperador, o maior de todos os magos. Com esforço e trabalho duro, será Asta capaz de alcançar seu sonho e corresponder às expectativas de seu amigo de infância, Yuno.
  15. [Literatura no Cinema] Eragon

    Título do filme: Eragon Título do livro: Eragon Nota do filme: 6,0 Nota como adaptação: 3,0 Melhor cena adaptada: Voo de Eragon e Saphira. Eu adoro essa cena tanto no livro quanto no filme, pra min ela é bem marcante no filme porque acaba passando bem a sensação do que é ser um dragão realmente, aquela foi a primeira vez que Eragon realmente "Entrou" no corpo da Saphira, chegando ao ponto de ate enxergar as coisas como ela mesma vê e a sua felicidade em mostrar pro seu cavaleiro de dragão como é voar de verdade, além da sensação de liberdade que isso dá, eu acho essa cena incrível. Os efeitos que botaram pra mostrar a visão da Saphira só deixaram tudo melhor, ali representa bem como foi o primeiro voo de verdade dos dois juntos. Pior cena adaptada: Eragon salvando Arya da prisão. Meu deus como essa cena ficou péssima, no livro Eragon passou por um monte de perrengue e acabou achando a Arya por acaso no meio da prisão e por acaso decidiu salvar ela, bem diferente daquilo mostrado no filme, ficou muito ruim, no filme deu a entender que ele sabia onde ela tava presa e chegou lá ate que de boa, a cidade é uma das principais de todo o império, cheia de soldados e religiosos malucos e um garoto de 14 anos consegue chegar na prisão onde umas das personagens mais importantes ta lá presa, tudo bem que aquilo era pra ser uma armadilha do espectro, mas podia sair coisa melhor. Melhor personagem adaptado: Brom, o contador de histórias. Eu curto muito o Brom do filme, ele é um dos que se salvam. No livro ele passa a sensação de mentor de Eragon, que é quase um pai, mas, além disso, ele tem aquela aura de mistério ao seu redor que passa que ninguém sabe muito sobre ele e seu passado e que ao mesmo tempo é uma pessoa que tem bastante conhecimento sobre tudo e eu acho que ator do filme conseguiu passar essa mesma energia pro personagem. Ate o treinamento do Eragon com o Brom ficou muito bom, só que a parte que eu mais gosto entre os dois é quando o Brom começa a contar sobre os cavaleiros de dragão quando estavam no seu auge. Pior personagem adaptado: Arya. Tem muitos que podiam ser colocados aqui, mas sem duvida nenhuma a pior adaptação é a da Arya. No filme eles mudaram toda a essência da personagem deixaram ela como a "princesa que precisa ser salva pelo personagem principal", coisa que no livro, é bem diferente. A Arya no livro é uma das guerreiras e magas mais fortes que tem, no primeiro contato dela com o Eragon ela quase o mata, me parece que tiraram esse poder e ate ferocidade da Arya do filme e deixaram só a parte que ela é uma princesa, que ate sabe lutar, mas depende dos outros, sem falar na aparência da Arya do filme que está totalmente diferente da do livro. Crítica: O filme foi muito mal adaptado e mudaram muita coisa dos livros, em questão de enredo e ate dos personagens mesmo, foi uma péssima adaptação. O pior de tudo é que mesmo se for ver o filme, esquecendo que existe o livro, ele ainda é um filme ruim, muitas partes são confusas e mal explicadas. Contudo, muita gente (Incluindo eu) só conheceu os livros por causa do filme, então mesmo o filme não sendo bom, ele serviu pra que muita gente fosse introduzida no universo dos livros. Um ponto positivo do filme é que a sua ambientação é bem bonita, as suas gravações foram nos EUA e em parte do leste europeu e nessa sentido, o diretor e a produção mandaram bem. Uma coisa boa para os fãs é que com a compra da Fox, os direitos de Eragon e do resto da saga foram para a Disney, o que sempre traz aquela esperança de um reboot, quase do mesmo jeito que Percy Jackson que tão ate fazendo campanha pra um reboot. Christopher Paolini, o autor do livro chegou a comentar no seu twitter sobre a compra da Fox, ele disse que ia conversar com seu editor sobre isso, então esperança há, só nos resta aguardar agora e ver se Eragon vai ter uma adaptação que ele merece.
  16. [Shounen] Nanatsu no Taizai

    Status: Semanal/Ativo Título Alternativo: The Seven Deadly Sins Autor: Nakaba Suzuki Gêneros: Ação, aventura, ecchi, fantasia, shounen, sobrenatural, magia Lançamento: 2012 Serialização: Weekly Shōnen Magazine [Leitura Online] [Download] Sinopse: Os "Sete Pecados Capitais", um grupo maligno de cavaleiros que conspiraram para derrubar o reino de Britânia, supostamente foram erradicados pelos Cavaleiros Divinos*, embora ainda existam rumores de que eles estão vivos. Dez anos depois, os Cavaleiros Divinos realizaram um golpe de estado e assassinaram o rei, se tornando os novos e tiranos governantes do reino. Elizabeth, a única filha do rei, sai em uma jornada para encontrar os "Sete Pecados Capitais", e recrutá-los para que possam ajudar a tomar o reino de volta.
  17. Lutas Imaginárias [Experimental]

    Olá, gente. Esse tópico sempre foi polêmico e causador de discórdias. Entretanto, com intuito de aumentar o fórum, vou abrir uma exceção em caráter experimental a pedido do usuário @Rebirth. Regras: 1 - Todas as regras do fórum são válidas aqui. Descumpra-as e estarás passivo a warning e banimento; e 2 - Esse é o tópico oficial para Lutas Imaginárias. Qualquer outro com mesmo conteúdo será mesclado a este ou deletado.
  18. Episódios: 1 Exibição: Dec 31, 2016 Produtoras: None found, add some Estúdios: Lay-duce Origem: Game Gêneros: Action, Supernatural, Magic, Fantasy Duração: 1 hr. 14 min. Classificação: None Trailer: Aqui Sinopse: A historia acompanha um agente da organização Grand Order, junto a seu servo, tentando impedir a destruição da humanidade. Characters & Voice Actors Staff
  19. [Fall 2019] Assassins Pride

    Episódios: 24 episódiosExibição: 10 de Outubro de 2019 a ? Temporada: Fall 2019 Produtora: Não especificado ainda Estúdio: EMT Squared Origem: Light Novel Gêneros: Fantasia, Ação, Romance Duração: 24 minutos Classificação: Nenhuma Sinopse: No mundo onde apenas os aristocratas têm o poder de lutar contra monstros usando o poder chamado “Mana”. Um jovem chamado Kufa é enviado como um tutor para descobrir o talento de Mareida, uma garota incômoda nascida na família de um duque. Se ela não for talentosa, ele deve assassiná-la, esse é o lado escuro de sua tarefa… Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  20. [Fall 2019] Granblue Fantasy The Animation 2

    Episódios: 12 Exibição: Apr 2, 2017 to ? Temporada: Spring 2017 Produtoras: Aniplex, Tohokushinsha Film Corporation, Cygames Estúdio: A-1 Pictures Origem: Game Gênero: Fantasy Duração: 23 min. per ep. Classificação: PG-13 - Teens 13 or older Trailer: Aqui Characters & Voice Actors Staff
  21. [Primavera 2019] Fruits Basket

    Episódios: 25 episódiosExibição: 6 de Abril de 2019 a ? Temporada: Spring 2019 Produtora: Não especificada Estúdio: TMS Entertainment Origem: Manga Gêneros: Romance, Drama, Fantasia, comédia Duração: 24 minutos Classificação: Nenhuma Sinopse: Após ter sua vida virada de cabeça para baixo por causa de uma tragédia familiar, a animada colegial Honda Tohru decide tomar a dianteira das coisas e se muda... para uma tenda! Infelizmente, ela acaba escolhendo como lar a terra privada pertencente à misteriosa família Souma, e não demora muito até eles descobrirem seu segredo. Mas, pouco após receber um convite para ficar em sua casa, é a vez dela de descobrir seu segredo: eles se transformam nos animais do Zodíaco Chinês quando são abraçados por alguém do sexo oposto! Trailers: Personagens e Dubladores: Staff:
  22. [Fall 2019] Radiant 2

    Episódios: 21 episódiosExibição: 2 de Outubro de 2019 a ? Temporada: Fall 2019 Produtora: Studio Hibari Estúdio: Lerche Origem: Manga Gêneros: Comédia, Ação, Aventura, Fantasia, Magia Duração: 24 minutos Classificação: Nenhuma Sinopse: O protagonista principal de Radiant é o personagem Seth, um garoto que partiu numa jornada com um grupo de bruxas em busca da Radiant, um objeto mítico capaz de trazer monstros para o mundo real. Enquanto segue em sua jornada, Seth e seu grupo também são perseguidos de perto pela Inquisição. Trailer: Personagens e Dubladores: Staff:
  23. [Shounen] Jujutsu Kaisen

    Status: Semanal/Ativo Autor: Gege Akutami Gêneros: Ação, Fantasia, Sobrenatural, Shounen Lançamento: 2018 Serialização: Weekly Shonen Jump [Leitura Online] Sinopse: Yuji é um gênio do atletismo, mas não tem interesse algum em ficar correndo em círculos. Ele é feliz como membro no Clube de Estudo de Fenômenos Psíquicos. Apesar de estar no clube apenas por diversão, tudo fica sério quando um espírito de verdade aparece na escola! A vida está prestes a se tornar muito interessante na Escola Sugisawa.
  24. [Discussão] O Rei Leão

    Título Original: The Lion King Gêneros: Aventura, Fantasia, comedia Elenco: Donald Glover, Florence Kasumba, Seth Rogen, Beyoncé Knowles Diretor: Jon Favreau Ano produção: 2019 Estreia: 18 de Julho de 2019 Sinopse: (Donald Glover) é um jovem leão cujo destino é se tornar o rei da selva. Entretanto, uma armadilha elaborada por seu tio Scar (Chiwetel Ejiofor) faz com que Mufasa (James Earl Jones), o atual rei, morra ao tentar salvar o filhote. Consumido pela culpa, Simba deixa o reino rumo a um local distante, onde encontra amigos que o ensinam a mais uma vez ter prazer pela vida. Classificação indicativa 10 anos, contém violência. Trailer:
  25. [Discussão] Swamp Thing

    Título Original: Swamp Thing Gêneros: Terror, Fantasia, Ficção Científica Elenco: Henderson Wade, Jennifer Beals, Andy Bean, Virginia Madsen Criador: Len Wiseman Status: Encerrada ( 1º temporada) Ano produção: 2019 Estreia: 31 de Maio de 2019 Distribuidora: DC Universe Sinopse: Abby Arcane (Crystal Reed) é uma pesquisadora da Coordenadoria de Controle de Doenças que precisa investigar um vírus originado de um pântano em Marais, Louisiana, com a ajuda do cientista Alec Holland (Andy Bean). Quando Holland some misteriosamente, a cidade é então tomada por forças poderosas com o objetivo de explorar as peculiaridades do pântano, o que faz Arcane perceber que talvez seu colega não tenha desaparecido - e sim se tornado um protetor monstruoso Trailer: