Jump to content
×
×
  • Create New...

Demmon

Membro Dedicado
  • Content Count

    327
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    8
  • Points

    0 [ Donate ]

Demmon last won the day on July 7

Demmon had the most liked content!

Community Reputation

230 Excelente

3 Followers

About Demmon

  • Rank
    :3

Contato

Informações de Perfil

  • Gênero
    Masculino

Recent Profile Visitors

2,077 profile views
  1. Sem demora a trupe chegava a uma construção diferente as demais. Observava sua estrutura, segurança e ornamentos. Nisso pontos luminosos se aproximavam, logo os outros dois marinheiros se atiçaram. Soichiro/Bunny estava com um ar de despreocupação, pois, até essas possíveis pessoas chegarem ao garoto, o gato e o tubarão já teriam devorado os mesmos a muito tempo. Mas felizmente não foram atacados, ou infelizmente dada a fome do tubarão. Foram levados para dentro do lugar, acompanhados e apresentados pelo prefeito. Todos os marinheiros seguiam o fluxo dos acontecimentos, como teles
  2. Parecia que sua estratégia era um completo desperdício de tempo. Já estava para desistir dela, quando uma voz chamava o grupo. Um senhor recolhia o estranho trio, contando sua Historia e experiência no local. Antes mesmo de ter qualquer chance de fazer mais perguntas, ou investigar um pouco mais a fundo, o senhor da casa expulsa o trio. Meio sem ação com as mudanças de ambientes, o garoto só aceitava passivamente esses acontecimentos. Que não se enganem foram de grande ajuda... iram fazer bom uso disso? Provavelmente não... Mas ao menos tinham um objetivo traçado. – Bom, prefeitura
  3. Finalmente chegavam ao seu destino. Antes mesmo que o garoto pudesse prepara suas coisas para o desembarque, o peculiar capitão começava a falar, descrevendo todos os tramites que levavam a eles chegarem em Vaehaven. O pequeno coelho rosa simplesmente deixava o que ia fazer para prestar atenção. Estava com um ar de quem tinha esquecido completamente de investigar o porque de ter sido colocado nessa peculiar divisão. Claro que sempre tinha o motivo mais obvio, o fato de seu ex-capitão ter pago eles como um tributo ao um navio fantasma. Mas ficava claro agora que não era isso. Com to
  4. Assim que chegava ao novo veiculo, um tubarão deficiente pulava no convés atacando o capitão cachorro. Ambos travavam uma ferrenha batalha, na qual o pequeno coelho só observava. Por um momento pensou em realizar algumas apostas para descolar um dinheiro (bunny). Mas achou que seria repreendido por seu ex-capitão. Logo mais a luta acabava com interferência dos outros tripulantes, isso seria algo comum de se ver no decorrer da viagem. Ficava claro a Soichiro que o capitão Zeco precisava demais tripulantes para alguma missão, porem, se sentido um estranho no ninho o garoto preferiu
  5. Soichiro e bunny estavam na cozinha do navio, como a maior parte do seu tempo. Apesar de ser um trabalho designado a eles, não o encaravam como tal. Era mais como um maravilhoso hobbi, que ambos estavam amando fazer. E por mais incrível que possa parecer as personalidades haviam melhorado em muito desde sua chegada ao navio. Ao contrario de antes, agora todos os marinheiros aguardavam ansiosos para verem o que a dupla dinâmica iria preparar de novo. Porem no meio do seu preparo, um bafafá começou no convés. – Escutou isso Bunny?- Por estarem sozinhos na cozinha, Soichiro fica compl
  6. Link para a ficha: Pedido: add 25 pontos em Força *add 25 pontos em Kenbunshoku add 17.500.000 berries. Link para a avaliação do GM: Obrigado :3 --- @Demmon Feito.
  7. -Nosso jeito? Paraaa, seu jeito tá legal, vamos continuar nessa pegada ai!- Falava olhando para o senhor. – Mas a duvida que fica é... Qual é nosso jeito ?- Comentava olhando para o completo nada. Logo mais Aaron comenta, ou melhor ordena como sereia as coisas dali para frente. – Aparentemente do nosso jeito ...- Soichiro para a fala, pois, sabia que se terminasse Bunny não iria resistir a uma boa oportunidade de luta, e uma briga nessa situação poderia trazer grandes riscos. Por isso achou melhor evitar... – Do nosso jeito é como Soichiro?- - O jeito chato
  8. -Hoho!- O ato de defesa de Aaron surpreendia as personalidades. – Há! Soichiro você estava mais que certo! Hahahha, ele realmente não iria deixar a criatura destruir nada- Bunny falava animado. – Sim... Mas parece que ofendemos a criatura... Desculpe por isso Chicó...- Soichiro se desculpava em tom de depressão. – Tsc! Não se desculpe, não iriamos fazer nada se não fosse a vara pau ali!- Bunny se indignava. – Parece... que ele não gostou muito de nossa ajuda...- Soichiro continuava com sua oratória depressiva. – Bom, da próxima deixamos ele por conta própria ! u.u- Falava olhando para o nada.
  9. - Quem é henry??- Risada estremecendo o barco - Sei não, tem coisa que acho melhor nem contestar viu...- Ficavam cochichando. – É impressão minha ou esse velho ta falando mal das suas roupas?- Soichiro falava- Isso não é roupa, é a minha pele... Soichiro apenas esta dentro de mim! U.u- Bunny retrucava. -Essa história está ficando estranha cara...- No meio da conversa um rei dos mares acaba por vim para cima do barco. – Ele chamou o bichim?- Olhava para o nada a sua esquerda. – Ixe, o velho está transtornado...- Respondia olhando para a direita. – Bom, nem precisamos fazer nada você
  10. -Iiiiti, narrador considera nos como dois Soichiro!- (4º parede) – Fico meio tímido quando ele fala assim de nos...- Falavam coisas completamente desconexas para o completo nada. – Bunny você reparou que ele esta praticamente nos sequestrando e levantando para um tal de tridente ? – A voz do garoto era baixa e tímida novamente. Aparentemente Soichiro havia ficado mais calmo com relação ao seu companheiro mental, e por isso volta a ficar introvertido. - OOOH FILHO DE UMA CABAÇA VELHA!- Gritava bunny. - Não chama ele assim...- retrucava soichiro - ah, blz... O
  11. -Bom dia flor do dia!- Bunny espreguiçava enquanto falava. – Parece que finalmente estamos em algum lugar Bunny.. Da próxima vez nada de ficar duas semanas fingindo ser um fantasma, e aterrorizando a tripulação do navio com os tentáculos.- Olhava para o nada enquanto falava. Nisso começava a sair do barril. – Eu acho que nos fazer de bala de canhão foi um pouco de exagero por parte deles viu...- Começava a observar as pessoas que haviam resgatado. - Desculpe... mas eu te conheço de algum lugar?- Falava em direção de Aaron - Deve ter colocado um lençol branco nos tentácu
  12. Link para a ficha: Pedido: Link para a avaliação do GM: -------------------------- @Demmon Feito.
  13. Ainda ao lado de Orich falava com o companheiro: - Definitivamente eu acho que ela ta falando de mim ali em...- A bruxa claramente conseguia se desvencilhar dos encantos musicais de Augustus. – Ih rapz... agora fedeu...- Observava tudo de uma certa distância. – Acho que ele devia tentar com um ukulele...- Falava em tom mais baixo Soichiro, meio tímido e depressivo. Bunny confirmava com a cabeça em tom confiante. Ambas as personalidades agiam (do seu jeito) de forma descontraída da eminente desgraça que poderia acontecer com o amigo. Logo mais a bruxa desaparece e ressurge nas costa
  14. Viam aquela figura nada sutil entrar no barco. - Viu...- olhando para o nada – Coisa de pacto aparecendo...- Olhando para outro lado – Exatamente... Odeio quando esse pessoal do mochila de criança aparece.- Olhando para a esquerda. – Uhum... Sempre dão trabalho- Olha com uma expressão de descrença para o outro lado. – Sem contar a sujeira que fazem.. Sempre desenhando com sangue para fazer macumba nos lugares. - Fazia cara de nojinho. – desenham muito mal por falar nisso.- Levanta o dedo indicador, para dar ênfase em que lembrou desse fato.- Sempre escandalosos e fora de moda também...- Olhan
  15. Soichiro se distrai com o ambiente, toda aquela festa temática que estava rolando na ilha. - Sei não caolho, parece que eles estão se divertindo até que bastante lá.- Olhava para o colega deficiente de visão quando falava com o mesmo. - Bunny você olhou bem para aquelas mulheres ali ?- por alguns segundo o coelho rosa para e observa aquilo. - ÉÉÉÉ... tem toda cara de capirotagem isso ai..- - sim.. sim... certeza...- - Vamos vazar daqui.. isso é coisa de pacto, de pepeos, demônios... to é fora desse pessoal viu!- - Partiu lutar com o mo