Jump to content
×
×
  • Create New...

Harper

GM One Piece
  • Content Count

    1,618
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    17
  • Points

    0 [ Donate ]

Other groups

Membro Mestre

Harper last won the day on October 1

Harper had the most liked content!

Community Reputation

628 Suprema

About Harper

  • Rank
    Arakawatard&Urasawatard
  • Birthday 12/16/1994

Informações de Perfil

  • Gênero
    Masculino
  • Local
    Indaiatuba-sp
  • Interesses
    Musica e mangas... um pouco de series, filmes e jogos.

Recent Profile Visitors

6,020 profile views
  1. 5º Turno O clima entre o trio era pura harmonia, os presentes ali se entendiam muito bem e a sensação que passavam para qualquer telespectador era de carinho mutuo. Albert se levantava enquanto ouvia Pandora falar sobre um novo estilo de luta, procurava o suco de uva e também um pequeno pote para colocar água para o papagaio falante. Quando ouviu sobre as espadas serem um complemente, não pode deixar de fazer uma careta, aquilo afetava seu coraçãozinho samurai, mas manteve a postura enquanto voltava para a mesa com as bebidas. Ofereceu o suco a ruiva e colocou a água ao seu
  2. Seth continuava fumando tranquilamente enquanto esperava suas visitas chegarem, mas quem apareceu foi uma única figura, uma diferenciada pela presença imponente e pela suas vestes. Não se surpreendeu muito por ser da marinha, corruptos tem em todo lugar, graças a deus, mas ficou imaginando se o mesmo correu até a mansão após o ataque ou já estava na espera. Se fosse a segunda opção, eles tinham informações e pra isso precisava de um traidor. Mentalmente anotaria a informação para averiguar mais tarde. Voltou sua atenção ao homem que se apresentava em meio as graças sobre a aparência do hibrido
  3. Queen é definitivamente o melhor personagem dos piratas das feras. Bulshitt lindo de ler.
  4. Seth andava tranquilamente pelo corredor se poupando de qualquer agitação para recuperar-se o quanto antes. O luxo ao seu redor era bacana mas era totalmente ineficaz na sua busca. Não achar ninguém era mais que plausível por que não estava se escondendo nem um pouco, não era sua missão, mas acreditou que o safado de antes iria aparecer, pelo jeito além de safado era cagão. Assim que ouviu o den den mushi tocar, não hesitou em atende-lo, ouviu em silêncio e acabou ponderando mentalmente. "Se eles não sabem da minha localização, no mínimo a comunicação é falha com quem está atrás dessas câmeras
  5. 5º Turno O sensei ouvia as lamurias de seus alunos sem demonstrar qualquer julgamento em seus olhos, apenas ficava escutando e bebendo seu saque de tempo em tempo. No final prestou atenção em Angus e no pouco que falou e agregou, seus olhos percorreram seu aluno até chegar na ave, por um momento teve certeza que o bichano também iria desabafar, alias o pássaro era novo para ele e ficou a imaginar quem era o "dono", mas o silêncio imperou e por fim apenas voltou seus olhos aos dois presentes. - Imaginei que estavam envolvidos em algum dos eventos marcantes pela recompen
  6. Após depender do acaso, e se dar bem, Seth agora havia entrado dentro da mansão na posse de um den den mushi, ao qual havia segurado em sua mão, e agora que tinha visão plena daria uma olhada nele ao mesmo tempo que fechava a porta ao qual entrou como uma boa visita. Notou todo o luxo daquela sala e instintivamente lembrou da base dos Takaken e a diferença entre os mafiosos ao qual imaginava ter. Após observar apenas a fadiga como maior empecilho, esticou seu corpo rosa-alvo afim de espreguiçar, pouco se importou em estar sem a parte de cima da roupa, suas orgulhosas tatuagens o acompanhavam e
  7. 4º Turno A dupla procurava conhecer a caverna e perceberam que podiam usar os cômodos que se dividiam em quartos equipados com camas e banheiros, mais ao fundo a luz rosa diminuía para deixar o brilho para as garrafas e latas de bebidas que tinham no bar feito de madeira rustica, já sendo a uma moderada distância da "sala" da caverna, talvez o ponto ideal era uma mesa de bar para tal conversa. Ao voltarem para a mesa redonda puxaram para si uma cadeira e sentaram ao lado de hime, ficando do outro lado a okama que apoiava os cotovelos na mesa e o queixo nas mãos e o mestre que estav
  8. Assim que visse a névoa tomar todo o cenário em que estava, Pink voltaria a sua forma base ao passo que sentia dois pesares: Os tiros que o acometeram, o que fazia avaliar seu corpo e seu primeiro e antigo inimigo. "Que frio!" Como culpado de aumentar esse desconforto ele não pode deixar de se auto julgar, mas ai se tocou que estava na base inimiga e não podia se dar ao luxo de fazer reflexões aleatórias. O híbrido havia conseguido suportar a primeira onda de randons até que sua habilidade fizesse efeito, assim imaginava que agora estava em vantagem, pois no um contra um ele não tinha medo des
  9. 3º Turno Parados em frente a caverna o pequeno grupo vivia um clima mais tenso, dando impressão até do frio ter ficado mais forte. O mestre após ouvir sobre a princesa não pode deixar de encara-la por mais algum tempo, no entanto seus olhos captaram a mão da Pandora e após as explicações ele não pode deixar de soltar um sorriso gentil. Sabia como aquele gesto era importante pois conhecia bem seus alunos, ainda manteve seu pensamento de liberatore, não faço ideia de como chamar os rev, mas sua confiança na dupla era enorme, e se eles confiavam na princesa, ela tinha sua confiança.
  10. 2° Turno Angus conduzia o quarteto bem agasalhado pelas areias esbranquiçadas enquanto deixava a embarcação bem escondida para trás, por que o local era clichê e pedia por isso. Aos passos que saiam da areia, começavam a encontrar o chão branco advindo da neve, tal solo era todo irregular com diversas pedras e não continha um caminho "marcado" a ser seguido. Seja como for, o navegador sabia onde estava indo e avisará sua dupla. Estavam a uma meia distância do pé de um das montanhas enormes da ilha e a visão mal mudava entre pedras cinzas e neve branca, dentro dessa visão monótona u
  11. Seth mantinha toda sua pose e presença ativa ao chegar no jardim, mas nem por isso sua demonstração de força colocou medo no coração dos seguranças, sentiu isso quando um das balas perfurou seu ombro esquerdo, fazendo dar um pequeno recuo ao mesmo tempo que seus dentes caninos apareciam em um rosnado. Porém não tinha tempo e outros tiros vinham, assim voltou a firmar seus dois joelhos e deu um pulo de alguns metros afim de esquivar dos tiros e se distanciar dos que vinham na sua direção. Nos poucos segundos no alto, o mink se envergava para trás e juntava suas duas mãos como se fosse uma marre
  12. 1° Turno Após a folga merecida que tiveram em Dow Hill, a dupla liberatore... e Hime... e Malaquias, estavam em alto mar a bordo do navio Wild Hunt, que todos tiveram tempo suficiente para conhecer totalmente e escolherem a cama de cima da beliche e outras coisas aleatórias. O importante era que já podiam sentir que o navio era a nova casa deles, pelo menos nas águas. Além do navio, também puderam se familiarizar com suas novas armas, inclusive as modificadas de Angus, adequando as mesmas para seus estilos de combate. O que não tiveram durante esse tempo foi problema, o clima foi o
  13. Seth havia trocado informações com seu parceiro e estava mais antenado sobre o assunto, o mesmo descansado e 100% para o que viria, observava uma cidade diferente do que havia visto na outra, a grande quantidade de pessoas incomodava mas sem surpresas, visto que sobre a corrida e que os nativos da ilha eram movidos pelo fanatismo. Felizmente conseguiu se desgrudar e vislumbrar a mansão do alvo que continha uma segurança forte e numerosa demais para uma simples família filantropa. O mink se mantinha sério e concentrado no que precisava e após receber dois frascos do Dr. apenas agradeceu enquant
  14. 6° Turno No seu segundo e último dia na ilha, a dupla já estava pronta para partir dali do estaleiro aonde se encontraram após se divertirem no time skip. Fresh e Tio Phill estavam próximos enquanto Musk havia passado mais cedo apenas para receber e dar os detalhes finais do funcionamento do novo navio. Geralmente os trabalhadores das docas e o chefe gostavam de acompanhar o navio zarpar, no entanto estavam focando na manutenção do galpão que parecia um pouco quebrado e estragado. Estragado também estava a cara da maioria deles, ontem provavelmente sobrou motivo até pros rob
  15. This post cannot be displayed because it is in a password protected forum. Enter Password