Jump to content
×
×
  • Create New...

[Hollow] Pride


Keel Lorenz
 Share
Followers 0

Recommended Posts

KSZY2M7.jpg

Hésperus

 

 

Nome: Hésperus Luciferum

Estagio de evolução: Adjuchas.

Inspiração: Dragões Ocidentais e Orientais.

Gênero: Masculino

Idade: 358 anos.

Afiliação e Posto: Sete Pecados Capitais - Orgulho

 

 

Aparência:

Spoiler

 

Hésperus é uma criatura singular, cuja aparência claramente faz jus ao título de Orgulho. Não só por sua capacidade de flutuação e vôo como modo de locomoção, mas também por tratar-se de um ser magnânimo que quase aparenta ser uma entidade cósmica. Como um reflexo do céu noturno, sua característica mais chamativa são as resistentes escamas de tom azul profundo que emitem uma misteriosa aura estelar. De tom azul claro, a aura emana de todas as suas reentrâncias escamosas, caminhando por seu corpo lentamente e afirmando ainda mais a sua auto-proclamada estirpe de ser superior. Completando sua presença magnífica, além da existência de presas e garras afiadas, Hésperus também é dotado de um musculoso corpo humanoide com características dracônicas, como uma cauda e duas placas douradas em seus antebraços, cujo material é idêntico ao dos seus chifres. Ademais, sua máscara possui um tom branco-azulado, sendo principalmente demarcada pela presença de um belo par de chifres de aspecto áureo ao topo, que quase aparentam ser uma coroa. Envoltos por este suposto diadema dourado ósseo, inclusive, existem longos cabelos flutuantes de tom arroxeado, que claramente se assemelham às nébulas espalhadas pelo cosmo. Por fim, tanto seus olhos quanto a sua boca emitem uma transcendente aura luminosa, que é fruto direto do seu sopro de puro fogo estelar.

 

Dk1Gzwl.png

 

 

 

Personalidade: 

Spoiler

 

Matar e comer, matar e comer. Definitivamente, Hésperus não é do tipo de hollow que apenas existe por prazeres tão risíveis. Na realidade, é mais preciso dizer que ele é um hollow orgulhoso demais para que simplesmente se coloque no mesmo patamar que outros hollows inferiores. Astuto, engenhoso e egocêntrico, um de seus maiores prazeres, além de depreciar inimigos de várias formas, é vencê-los em seus próprios jogos. Naturalmente, encara a vitória como algo importante, todavia engana-se quem acha que Hésperus se satisfaz apenas com acabar devorando o inimigo no final. Não, não é tão simples assim. Como já dito, o dragão se auto-proclama como um ser de estirpe muito superior, e por isso não apenas contenta-se com um mero final favorável. Não, os meios utilizados para alcançá-lo também devem ser tão dignos quanto um ser à sua altura. Por isso, pensar que o importante é vencer no fim das contas é simplesmente inconcebível. O inimigo, primeiramente, deve ser superado em variados aspectos, principalmente aqueles que considera de cacife superior, como o intelectual, o estratégico ou a habilidade individual, para que só então seja sobrepujado e, por fim, devorado. Ainda que por vezes prefira agir sozinho, Hésperus tem a plena noção de que nem mesmo os corpos celestes mais deslumbrantes vagam sozinhos pelo vazio. Por isso, sabendo que poder e influência nunca são demais, ele procura sempre ter aliados em sua órbita.

 

 

 

Biografia:

  Ocultar conteúdo

 

Nascido em berço de ouro, Hésperus sempre teve tudo que pode desejar. Passou por uma infância tranquila, sendo devidamente instruído por tutores vindos de todos os cantos do mundo. Todavia, com o passar dos anos pode perceber que não eram só essas as suas bençãos. Não bastando a riqueza, Luciferum pode perceber que além de bonito, também era dotado dos mais diversos talentos e inteligências. Não é preciso dizer que boa parte de sua vida se passou de forma perfeita. Nunca passou por necessidades ou dificuldades, atingindo a idade adulta com grandes promessas para o futuro. Com todos aqueles atributos seria fácil assumir a família, multiplicar ainda mais a fortuna que possuía, criar herdeiros para passar seu legado adiante e, como se não bastasse, também praticar filantropia do mais alto nível. No entanto, só isso não parecia bastar. Era como se houvesse um buraco em seu peito: alguma coisa faltava. Ainda que sua vida fosse sempre repleta de louros, passou pelos anos seguintes entediado e quase melancólico. Foi então que algo, talvez maligno, acordou em seu interior. Foi olhando melancolicamente para o mesmo céu que sempre observava todas as noites que pode perceber que só aquilo não bastava. Queria ser mais, muito mais.

 

Àquela altura, naturalmente, não possuía quaisquer poderes espirituais. Todavia, conhecia muitas pessoas por todos os lados que, inclusive, muitas vezes lhe deviam favores. Sendo assim, depois de muito tempo procurando à esmo, encontrou algo que, quiçá, podia lhe ser útil. Fora convidado para uma estranha seita de objetivos ocultos. Eles, em sua ingenuidade, acreditavam poder se comunicar com seres de outros mundos, como demônios ou espíritos interdimensionais. Entretanto, o que lhes pareciam ser criaturas míticas nada mais eram do que alguns hollows - de inteligência um pouco acima da média - que buscavam tirar vantagem da tolice alheia. Em troca de alimentos, na forma de sacrifícios humanos, os hollows simplesmente contavam segredos ou forneciam favores que estavam muito além das capacidades humanas. Na realidade, não passavam de balelas ou completas mentiras, todavia suas manifestações físicas fascinavam a qualquer um que entrasse nos cultos, por mais céticos que fossem.

 

Então, com o passar do tempo, foi óbvio que Hésperus - ainda mais com seus meios e recursos quase ilimitados - avançou rapidamente dentro da hierarquia da seita ocultista. Foi quando finalmente atingiu o alto conselho, que decidiu organizar o maior sacrifício da história da seita. O que pediria em troca, claro, também seria o maior e melhor pedido possível. Luciferum queria ascender, ainda mais alto do que já estava. Por isso, se sacrificasse algumas dezenas ou, talvez, algumas centenas de humanos de uma vez, quem sabe não conseguisse um pedido que realmente valesse alguma coisa? Ledo engano. Os hollows, que se passavam por entidades demoníacas de vastos poderes, obviamente aceitaram a troca. Uma quantidade significativa de almas em troca de transformar o conselho em um deles? Isso era fácil. Muito fácil.

 

Aparentemente, aqueles hollows já estavam fartos daquele grupinho de humanos tolos. E não era por menos, afinal meras almas humanas sem poderes espirituais já não lhes satisfaziam mais. Precisavam de alimento de melhor qualidade. Por isso, tinham decidido dar um ponto final naquilo. A princípio, pretendiam devorar à todos. Porém, no dia da grande cerimônia, o Hésperus tinha conseguido reunir bem mais humanos do que esperavam. Eram humanos normais, claro, porém ainda assim superavam em várias vezes os números da própria seita. Se devorassem tudo aquilo, certamente faria alguma diferença. Foi então que, eventualmente, o grande massacre começou. Diante do caos, impotentes, aos indivíduos do alto conselho somente restava assistir a chacina dentro do salão selado até que chegasse sua vez. Contudo, quando tiveram certeza de que estavam prestes a morrer, suas almas foram separadas de seus corpos. Com uma perspectiva diferente do mundo, depararam-se com os hollows que se deleitavam e riam em êxtase naquele banquete de humanos tolos. Eles não queriam ser um deles? Pois bem, que assim seja.

 

O covil de hollows manteve o alto conselho inteiro como mascotes, separados de seus corpos. Até que, eventualmente, seus desejos foram concedidos. Depois de uma metamorfose de dor excruciante, Luciferum estava completamente transformado em sua nova e gloriosa forma. No entanto, ainda estava em berserk e, por isso, acabou devorando à todos. Um por um. Quando finalmente recobrou a consciência, já não se lembrava de mais nada além de alguns flashes. Dessa forma, vagaria pelo deserto até que eventualmente encontrasse aliados.

 

 

 

Relacionamentos:

Spoiler

 

- Lust [Player | Viva]: uma criatura curiosa pela qual Hésperus não é tão indiferente assim. Acredita que ela, pelo menos, sabe se portar diante de seres inferiores como as demais raças e hollows menores.

- Gluttony [Player | Vivo]: uma criatura um tanto repulsiva aos olhos do dragão estelar. Tende a reagir com um ar de indiferença, mas não gosta muito de encarar o comportamento majoritariamente bestial do hollow. Provavelmente porque isso o lembra muito das origens simplórias que os seus quase-semelhantes em raça tendem a ter.

- Jacques [NPC | Vivo]: um adjuchas que conheceu em meio ao deserto do Hueco Mundo. A princípio, tratava-se de um trato igualitário: Hésperus deveria atrair o covil, incluso seus líderes, e Jacques usaria de sua pressão espiritual para esmagar todos. Assim, ele poderia devorar os outros adjuchas para evitar a regressão e Hésperus poderia devorar quantos quisesse. No fim, Jacques se viu dançando na palma de Luciferum. O dragão, apesar de achar o adjuchas muito manipulável, acredita que ele seja um ser minimamente digno de estar em sua órbita.

- Vênus [NPC | Viva]: uma arrancar irritante ao ver do dragão. Parte sempre da presunção de que hollows naturalmente devem obedecer arrancares e isso, naturalmente, enfurece o dragão. Desde que a conheceu, maquina formas de poder devorá-la. Isso, claro, depois de "brincar" com o ego dela e colocá-la em seu devido lugar de ser inferior.

- Quarto Espada [NPC | Vivo]: sabe que é o líder do departamento de pesquisa de Las Noches. Ele parece ter a ideia tola de que necessariamente esta hierarquicamente acima daqueles que fecham contratos com ele, mesmo que as clausulas não contemplem nenhuma informação do tipo. Ao ver de Hésperus não passa de um tolo psicótico que sofre de alucinações as quais acredita serem ideias ou pensamentos frutos de seu intelecto assumidamente superior. Um completo lunático sem noção da realidade. Entretanto, fora isso, não poderia desprezar mais a existência de alguém.

 

 

 

 

Reiryoku: 397  

 

Capacidade Física: 175

 

Força: 20 | Resistência: 60 | Velocidade: 95

 

Manipulação de Energia: 222

 

Potencia: 122 | Maestria: 100

 

 

Habilidades

Habilidades: 6/7 | Aprimoramentos: 1/1

  Ocultar conteúdo

 

Origin-guiding Light: Sparagmos [70% Potência]

A partir de sua boca, membros ou cauda Hésperus é capaz de disparar colunas de plasma. Como o nome sugere, o jato de chamas estelares é extremamente brilhante e quente, visando destruir o que entrar em contato com ele.

 

Raging Celestial Body

Com um mero pensamento, Hésperus subitamente origina uma ou mais centelhas em forma de anel, acendendo uma quantidade significativa de plasma ao seu redor. Depois de criados, os turbilhões podem manter-se rotacionando ao redor do usuário, agindo como um tipo de anel de ataque ou barreira defensiva, que visa destruir ou bloquear tudo aquilo que invadir sua área de efeito. Luciferum, por sua vez, é capaz de manipular livremente as dimensões dessas auréolas rotativas. Dessa forma, abre-se a possibilidade de comprimir os turbilhões em finos anéis, criando algo semelhante a serras rotativas de plasma. Hésperus também pode arremessar essas lâminas circulares que, ao serem brandidas, fundirão o seu caminho através dos alvos, comportando-se semelhantemente a uma máquina de corte por plasma.

 

Stellar Winds

A partir de pontos específicos ou de seu corpo todo, Luciferum consegue emitir fluxos de chama estelar. Carregadas de energia cinética, essas partículas em estado de plasma podem repelir, destruir e até mesmo iluminar intensamente o ambiente ao seu redor. Em suma, como a corona de uma estrela, essa habilidade cria uma aura luminosa de plasma, que serve tanto para o ataque, quanto para a defesa. Em um fluxo contínuo, além da proteção conferida, as altas temperaturas tenderão a repelir, queimar ou até mesmo destruir os arredores, dependendo da resistência dos alvos. Por fim, também por conta desta habilidade, Luciferum é dotado de uma completa resistência aos seus próprios poderes. Quanto maior for a maestria, maior o grau de customização e a precisão das localidades por onde serão projetados os jatos de plasma. Além disso, o raio da esfera será dado pela Maestria/8, podendo ter seu alcance aumentado caso a área de atuação diminua ou vice-versa.

Stellar Prominence

Criando um fluxo súbito de plasma, o dragão consegue criar uma explosão corporal de chama estelar, que pode tanto repelir, quanto destruir seus alvos. Assim como a habilidade principal, essa explosão súbita pode originar-se do corpo todo ou de diversos pontos à sua vontade. Além disso, o raio da explosão será dado pela Maestria/8, podendo ter seu alcance aumentado caso a área de atuação diminua ou vice-versa.

 

Comet of Legend [70% Velocidade]

A partir de todos os pontos em seu corpo, semelhantemente a Stellar Winds, Hésperus pode expelir fluxos de plasma que, apesar de também garantirem certo nível de proteção, têm como função principal propelir seu corpo em velocidades maiores que o normal. Diretamente conectada ao seu cérebro e à sua propriocepção, a pele de Luciferum é capaz de reagir e liberar focos de propulsão nos tempos e faces do corpo corretos de acordo com a movimentação que o dragão pensa em tomar. Graças a esses fatores, nos turnos em que esta habilidade for ativada, os movimentos do dragão ficarão significativamente mais velozes em todos os quesitos. Devido ao rastro deixado para trás enquanto Luciferum se movimenta, essa habilidade dá a impressão de que ele possui uma ou mais caudas de cometa surgindo de seu corpo.

 

Starsurge

Hésperus cria núcleos condensados de plasma que orbitam ao seu redor ou pairam no campo de batalha, assemelhando-se a estrelas de verdade. Devido ao fato de mimetizarem estrelas reais, essas orbes possuem as mesmas capacidades de Stellar Winds e Stellar Prominence que Luciferum. Ou seja, de acordo com a vontade do dragão, as esferas constantemente emitem seus próprios ventos, calores e luzes, podendo ainda projetarem suas próprias rajadas de plasma em direções especificas. Devido ao seu alto grau de condensação, os núcleos são sólidos e podem ser projetados adiante como balas de canhão incandescentes, que fundirão seus caminhos através dos alvos. Como é de se esperar, essas estrelas em miniatura possuem uma quantidade limitada de material em seus corpos. Por isso, ao emitirem constantemente seus próprios Stellar Winds, tendem a diminuir gradativamente até o desaparecimento. O seu tempo de vida médio tende a ser no máximo o equivalente à Maestria/10. Entretanto, os seus desaparecimentos podem ser drasticamente acelerados de acordo com a quantia de poder gasto em eventuais Stellar Prominences ordenadas por Luciferum. 

 

Ascending to the Morning Star: Stairway of Light

A partir de sua boca, membros ou cauda, Hésperus é capaz de emitir difusamente uma série de feixes de energia achatados. Devido às suas propriedades, os lasers mostram-se inócuos para aquilo em que o usuário não está se concentrando. Entretanto, graças à isso - e por ser constituído de um tipo de plasma especial - os feixes se comportam de maneira caótica, ricocheteando por todos os lados (mesmo em pleno ar) até atingirem ou se concentrarem em seu(s) alvo(s).

 

 

 

Técnicas

  Ocultar conteúdo

 

Devour

Um Hollow precisa se alimentar de outras almas para tentar saciar sua eterna fome e evoluir. Ao fazer isso, seu poder aumenta, de forma diretamente proporcional ao nível da vítima.

- NPC humano comum: 1 ponto de atributo.

- NPC raças jogáveis: 20% dos pontos da vítima.

- PvP: 50% dos pontos da vítima.

O personagem pode devorar quantas vítimas forem precisos, porém apenas uma vai contar na pontuação extra do devour. Essa vítima, precisa ser mais forte que o personagem e ter no máximo 30 pontos a mais.

Livre desde o início, indisponível a Vasto Lordes.

 

Garganta

Um portal dimensional que liga o Mundo Humano, a Soul Society e o Hueco Mundo. É utilizado pelos Hollows para ir até o Mundo Humano e para a Soul Society para caçar ou para se locomover pelo Hueco Mundo.

Livre desde o início.

 

Partículas Espirituais

Com essa técnica o hollow pode andar, correr e pular sobre as partículas espirituais presentes no ar o que dá a impressão de voo. Apenas possível no Mundo Humano.

Livre desde o início

 

Regeneração em Alta Velocidade

Ao sofrer algum ferimento, o Hollow pode curá-lo rapidamente. É possível até mesmo regenerar membros decepados e ossos, porém, alguns órgãos internos como o cérebro não podem ser curados.

Mínimo de 75 pontos totais para utilização.

 

Separação de corpo e alma

Essa técnica permite que o Hollow remova a alma de um humano de seu corpo forçadamente. É possível inseri-la em um corpo morto (de humano ou animal), evitando assim o processo de transformação em Hollow da alma, mesmo que a corrente do destino tenha sido quebrada.

Livre desde o início.

 

Cero

Principal técnica dos Hollows mais evoluídos e dos Arrancars. O Cero consiste em concentrar uma grande quantidade de energia em um único ponto (podendo ser a boca, testa, dedos, etc), disparando-o em seguida na forma de um raio. A cor do Cero é vermelha e seu dano e distância são ligados diretamente a potência do usuário, e caso o Cero seja carregado previamente, seu dano é maior.

Disponível a partir da classe Gillian e Arrancars.

 

 

Edited by Keel Lorenz
Atualização de ficha
Link to post
Share on other sites
  • Replies 1
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

REGISTRO DE EVOLUÇÃO

 

Pontos Ganhos: 347 pontos

Aventuras [92]: Aventura1; Aventura2;

Eventos [255]: Evento1; Evento2;

Vales [0]: Troca1; Troca2;

Reset [0]: Ficha1; Ficha2;

 

Mestragem

Aventuras mestradas: Link1; Link2;

Total de vales ganhos: 8 Vales

Vales atuais: 8 Vales

 

Regalias: Bônus de +20; Slot de Habilidade ExtraArrancar;

 

Edited by Keel Lorenz
Atualização de registro

QzZDJgI.png

 

 

Link to post
Share on other sites
  • Dracon locked this topic
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.