Jump to content
×
×
  • Create New...

[Aventura Marítima] Alone Again


Nie
 Share
Followers 0

Recommended Posts

Não demorou muito para que Higashikata, Kumanee e um bando de desconhecidos zarpasse rumo à ilha de Maggiore, levando consigo suas bagagens e claro, os seus mais distantes sonhos. O capitão da embarcação em questão não era lá muito agradável, era um velho ranzinza, bêbado e mal humorado que dirigia da mesma forma que defecava : sim, literalmente com a bunda. Seus movimentos, apesar de esquisitos no comando do timão, eram relativamente precisos e estavam garantindo uma travesía segura no mar até então calmo da terceira rota da Grand Line, pelo menos por enquanto.

 

Na popa do navio, um pouco isolado do resto dos outros tripulantes, Higashikata, usando de sua espada, cortava as unhas das mãos e dos pés enquanto admirava o sublime céu azul que estava especialmente limpo naquele dia.

 

- Ei, o que você está esperando ? Vá logo tratar de arrumar um ferreiro no meio dessa multidão. Você é a capitã, e é isso que capitãs fazem. Ajudam seus subordinados indefesos e incapacitados, não concorda ? - Ele sugeriu, acidentalmente arrancando um pedaço de carne do seu dedão por engano enquanto se distraia observando um homem de cabelos longos e roupas peculiares jogando e vencendo diversas apostas num jogo de cartas com um bando de bêbados. - Fruta que partiu ! 

 

Dada a quantidade de gente presente ali, provavelmente demoraria um pouco para que Kumanee encontrasse a pessoa sugerida por seu subordinado. A grande maioria dos tripulantes do navio estava no andar inferior da embarcação, logo, ela teria mais chances de achar o tal ferreiro por lá.

 


 

@Zaza Wallenstein

 

 

  • Like 1

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites
  • Replies 8
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Não demorou muito para que Higashikata, Kumanee e um bando de desconhecidos zarpasse rumo à ilha de Maggiore, levando consigo suas bagagens e claro, os seus mais distantes sonhos. O capitão da embarcação em questão não era lá muito agradável, era um velho ranzinza, bêbado e mal humorado que dirigia da mesma forma que defecava : sim, literalmente com a bunda. Seus movimentos, apesar de esquisitos no comando do timão, eram relativamente precisos e estavam garantindo uma travesía segura no mar até

 -- Relaxe Higa-kun, vamos achar um ferreiro. Eu só não quero achar qualquer um, quero um bom, e acho que aquele cara interessante ali pode nos ajudar. - falou ela já interessada no cara das cartas.

 

Ela estava de fato interessada no ferreiro? Não. Com certeza preferiria fazer um pedido pra um de seus amigos ferreiros nas ilhas dos céus e eles mandariam uma prótese sem problema, talvez até fosse feita de nuvem de aço, seria legal. Então por que ela estava indo até o cara das cartas? Mas não é óbvio? Ela logo o quis em seu bando. 

 

Se aproximando da mesa em que eles jogavam, ela deu um tapa leve (com sua pata) em um dos bêbados e o jogou por cima dos outros, retirando todos da mesa e os jogando para o lado. Ela então sentaria de frente para ele e, olhando com seus olhos nos dele e com seu Haki em sua alma, diria confiante:

 

 -- O que acha de um jogo apostando sua vida? - ela perguntou com aquele típico olhar que misturava confiança, cinismo e muita sociopatia de quem está prestes a ganhar a aliança dele. 

 

@Nie

 2mwdDXj.gif

Link to post
Share on other sites

Higashikata não estava nada satisfeito com a atitude de sua capitã em não procurar o profissional que havia requisitado para resolver seu problema, mas ele nada podia fazer quanto ao assunto, já que né, pernetas não tem opinião, pelo menos dentro do pequeno universo daquela embarcação. O espadachim apenas continuou observando sua capitã e o jogador de cartas enquanto terminava de realizar a higiene de suas unhas.

 

Já o homem de chapéu, ao escutar a proposta da pequena sociopata que estava diante de seus olhos, inicialmente ficou surpreso, pelo menos aparentemente.

 

- A minha vida ? Tudo bem. Não que eu realmente esteja interessado na morte de uma garotinha, mas não costumo recusar apostas. Afinal, a sorte sempre me sorri, hehehehehe. - Aceitou o desafio enquanto deixava escapar uma discreta risada, retomando o sorriso debochado e confiante que estava portando alguns segundos atrás. - Escolha uma carta. Se você conseguir adivinhar qual delas é o coringa, então eu lhe darei minha vida de bom grado. Caso contrário, a senhorita já sabe o que vai acontecer. Bem, vamos ao que interessa ? - Pronunciou enquanto distribuía três cartas diferentes na velha mesa de madeira em que os dois estavam. Assim, ao mesmo tempo que tocava uma flauta peculiar, o homem aguardava a decisão de Kumanee, que tinha como opções ou uma carta vermelha, ou uma amarela ou outra azul.

 

Os bêbados ao seu redor, apesar de terem razões para estarem irritados com a pirata, aparentemente estavam bastante calmos, e até mesmo um pouco sonolentos enquanto observavam ansiosamente o resultado do "duelo', provavelmente esperando que o homem de chapéu saísse vitorioso.

 


@Zaza Wallenstein

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites

 -- Eu nunca disse que pretendia tirar a sua vida, só tê-la para mim. - Kumanee respondeu com um sorriso no rosto. 

 

Olhando para as cartas, ela logo começou a focar em seu Haki da Observação, tentando utilizá-lo para discernir qual seria a carta certa. Também o usaria em seu "adversário", tentando extrair alguma informação de seu espírito. Se fosse incapaz até de prever o que ocorreria, ela iria usar um PAW bastante fraco pela lateral das cartas, criando uma corrente de ar que erguesse as três. Vendo então qual era o coringa, ela apontaria para ele. 

 

 -- Você deveria especificar melhor suas regras antes de apostar sua vida. - ela diria caso tudo ocorresse bem. 

 

@Nie

 2mwdDXj.gif

Link to post
Share on other sites

- É mesmo ? Achei que cercear a liberdade das pessoas fosse a função da organização que paga o meu salário, mas parece que alguém também gosta de cuidar da vida dos outros como se fosse sua, não é mesmo ? - Pronunciou enquanto ironicamente, não prestava atenção nos movimentos de Kumanee com as suas cartas, já que seus olhos pareciam estar fixados em algo ou alguém que estava na popa do navio. 

 

Ao utilizar seu Haki da Observação, a garota, ao invés de conseguir adivinhar qual era a carta correta, acabou conseguindo notar algo completamente diferente das suas intenções iniciais. Perto dali, ela notou que um quinteto de pessoas estava se dirigindo até onde ela estava. Ao utilizar de sua corrente de ar para selecionar a carta correta, a pirata notou que a figura do coringa estava estampada no pedaço de papel retangular amarelo, e quase que simultaneamente, ela virou a carta ao mesmo tempo que pronunciou suas convencidas palavras.

 

- Sabe qual a melhor forma de tomar a vida de alguém sem dar um fim à sua miserável vida ? É tomando suas memórias. - Afinando ainda mais os sons produzidos por sua flauta, o homem de chapéu apontou para a carta selecionada por Kumanee, que surpreendentemente, era um valete ao invés de um coringa. No exato momento em que a garota percebeu o seu engano, ela também foi atingida por uma intensa sensação de sono que não pôde resistir, assim como os outros tripulantes da embarcação que juntamente com ela haviam adormecido misteriosamente. - Esse resultado foi pura sorte, eu juro. - O homem comemorou debochadamente sua vitoria enquanto realizava uma longa gargalhada. Nos últimos instantes de consciência da menina, ela avistou o jogador de cartas indo na direção que Higashikata estava.

 

...

 

Retomando a consciência por fim, não tendo, é claro, uma noção exata de quanto tempo passou desacordada, Kumanee acabou sendo recebida pelo anormal choro estridente proveniente dos inúmeros tripulantes do navio. Observando com atenção os seus arredores, no entanto, ela notou também que seu parceiro, Kiyotaka, também havia sumido, juntamente com o apostador. Com seu HdO, ela sentiu a presença de Higashikata se distanciando dali, juntamente com outras quatro pessoas que havia pressentido momentos atrás.

 

Todavia, abusando mais uma vez de seu excelente Haki, a sociopata percebeu que um ser de aspectos humanoides estava se aproximando lentamente dela com intenções claramente hostis.

 


@Zaza Wallenstein

 

 

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites

 -- Tsc. Espero que tenham sequestrado ele, porque se ele estiver envolvido nisso uma família vai morrer. - Kumanee sussurrou para o chão enquanto ainda se levantava propriamente. 

 

Assim que ficou de pé, ela logo começou a buscar, com seu Haki e seus olhos, a figura hostil que se aproximava. Assim que encontrasse, saltaria para detrás dela com Paw Walk, dispararia um PAW fraco com cada mão simultaneamente nas costas de seus joelhos para derrubá-lx e então, segurando-x pelo ombro, apontaria sua mão para sua cabeça preparando um PAW normal (ou seja, perfura pedra e talz) direcionado a ela. 

 

 -- Pode me explicar o que está acontecendo aqui? Rápido, por favor. 

 

Permaneceria atenta com seu Haki e lançaria um PAW em qualquer outra figura hostil que aparecesse sem nem pensar duas vezes, tendo somente aquela como refém e informante por alguns instantes. Tentaria também obter a localização mais precisa de Higashikata, talvez fosse tentar segui-lo depois de compreender a confusão. 

 

@Nie

 2mwdDXj.gif

Link to post
Share on other sites

Kumanee, muito puta por ter tido seu parceiro sequestrado por NPC's travessos e espertos demais para não perderem tempo com uma garotinha sociopata, decidiu enfrentar diretamente a origem daquela aura hostil que tanto lhe incomodava. Ao avistar a figura de um homem portando um par de luvas negras se aproximando com passos largos, a pirata logo tratou de emitir dois golpes contra os joelhos do homem após chegar nas suas costas. Contudo, quando a garota se aproximou, o mesmo acabou se transformando em um inseto de três metros, como se já estivesse prevendo aquela abordagem por parte da menina.

 

Dessa forma, os ataques foram pouco efetivos contra as "armaduras" dispostas por todo o corpo do usuário de Zoan. Aproveitando-se da brecha, no entanto, o bicho logo tratou de pegar o pé da garota com um de seus quatro braços e a jogou contra o convés, fazendo com que a mesma fizesse um buraco no chão de madeira e caísse no andar inferior do navio, que estava repleto de pessoas chorando, assim como no andar superior. O golpe havia sido suficiente para gerar alguns hematomas em suas costas, assim como havia quebrado uma ou duas costelas que incomodavam em função da dor, apesar de não limitarem nenhum movimento em específico. Estranhamente, a menina, ao ser tocada pela mão portando uma luva do monstro, sentiu-se fraca, como se estivesse afetada pela água do mar, o que incapacitou alguma reação de sua parte.

 

- Não tenho explicação alguma para dar. Você só precisa morrer, junto com essas pessoas, só isso. Não costumamos dar explicações sobre o meu trabalho para as minhas vítimas. - Antes de começar a emitir um gás verde esquisito proveniente de suas asas que começava a impregnar o andar inferior daquela embarcação, o adversário de Kumanee respondeu rispidamente. Deitada em uma estrutura que não parecia muito resistente e que dava direto pro mar, a cozinheira se via diante de um inimigo aparentemente bastante resistente com um objetivo bastante claro : a morte da menina.

 

Spoiler

Resultado de imagem para homem mangá artYuuki Morita

 

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites

Dando um berro de dor, Kumanee não deu tempo de repouso para si mesma. Ela rapidamente se pôs em pé e, pondo a mão na direção do buraco à cima, saltou com Paw Walk para fora do buraco, para algum lugar do convés que não fosse tão imediatamente próximo do inseto. A mão à frente serviria para repelir uma parte do gás. De qualquer forma, não respiraria durante esse salto quase instantâneo. 

 

Chegando em seu destino planejado, ela imediatamente retiraria de si toda dor e cansaço causados pelo golpe com Paw Treatment e os mandaria para o inseto. Tentaria aproveitar o momento de distração pela dor - mesmo que fosse somente um instante - para saltar até ele e, com Paw Trivago, mandá-lo para debaixo d'água a algumas dezenas de metros de distância dali. 

 

Sempre que se aproximar dele - ou ele se aproximar dela - ela ficará atenta com seu Haki, pronta para saltar para longe em qualquer oportunidade, já tendo percebido que suas mãos, de alguma forma, desabilitam seus poderes e a deixam fraca. 

 

@Nie

 

Spoiler

 

Nome da Técnica: Paw Walk
Tipo de técnica:  Akuma no Mi
Descrição: 
 Utilizando suas patas - normalmente as nos pés - Kumanee repele uma superfície, impulsionando-se para frente por consequência. Somando o poder de sua Akuma no Mi e sua agilidade enorme, ela consegue alcançar velocidades estrondosas, fazendo o avanço parecer um teletransporte para olhos destreinados. Quando chega em seu destino ela pode repelir outra superfície, eliminando qualquer impacto da parada.

 

 

Nome da Técnica: Paw Treatment
Tipo de técnica:  Akuma no Mi 
Descrição: Paw Treatment é uma habilidade em que Kumanee usa suas patas para mover coisas mais abstratas como dor, cansaço, ânimo, etc.. Utilizando ou não seu Haki da Observação para encontrar algumas sensações e sentimentos em alguém, ela localiza isso e expulsa essa sensação com suas patas. Normalmente o resultado é uma esfera em formato de pata que sai do ser vivo e flutua como as outras. Se essa esfera for lançada em alguém a pessoa sentirá a sensação que deixou o outro. 

 

 

Nome da Técnica: Paw Trivago
Tipo de técnica:  Akuma no Mi 
Descrição: Com um forte "tapa" de sua pata em alguém, Kumanee manda qualquer algo ou alguém para o lugar que ela quiser, que deve ser determinado no momento do "lançamento". O tempo de viagem, o alcance e a velocidade máximos são definidos pela Akuma no Mi, mas podem ser alterados abaixo desse máximo de acordo com a vontade de Kuma. Quem viaja desse modo fica num Paw Copy, dormindo até que chegue a seu destino. Quando aterrissa, a pata de ar deixa uma grande marca no chão. 

 

 2mwdDXj.gif

Link to post
Share on other sites

Percebendo que a garota era capaz de se movimentar agilmente, e dessa forma, havia optado por atacá-lo diretamente com as técnicas de sua Akuma no Mi, o inseto, como quem muito provavelmente já tinha um certo conhecimento sobre as habilidades de Kumanee, acabou se agachando e formou uma espécie de "concha" com as armaduras de suas costas, deixando de fora apenas o seu chifre. Dessa forma, os ataques da pirata, tanto aquele que jogou toda a energia negativa contra o usuário de Zoan, assim como o seu Paw Trivago, não haviam sido capazes de quebrar a armadura do monstro.

 

O homem, notando que os ataques haviam cessado, retornou à sua forma original, onde novamente começou a emitir o seu gás, dessa vez direcionado contra os tripulantes. As pessoas, ao respirarem aquele "odor" esverdeado, acabaram ficando agressivas, e começaram à atacar tanto o besouro, que facilmente conseguia lidar com aquilo em função da sua força e resistência, tanto Kumanee, que agora estava cercada por duas dezenas de homens enfurecidos. Um deles, inclusive, parecia ser o navegador do navio em função das suas roupas características. Ao mesmo tempo que isso acontecia, a fumaça verde também se aproximava da menina aos poucos enquanto ela recuperava o folego que perdeu ao conter sua respiração.

 

O inimigo, aproveitando-se que Kumanee estava ocupada, pulou no andar inferior utilizando da abertura que fora criada anteriormente, onde começou também a "infectar" os outros tripulantes com a sua técnica característica.

 

- Piratas não tem honra, eu e você sabemos muito bem disso. Por que não só joga toda essas pessoas na água de uma vez ? Suponho que seja bem fácil para você fazer isso. - O homem falou enquanto continuava alterando a estrutura cognitiva daquelas pessoas. Em poucos segundos, se nada fosse feito, todos acabariam loucos em função dos atos daquele peculiar inseto.

 


 

@Zaza Wallenstein

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.