Jump to content
×
×
  • Create New...

Lex Talionis


Keel Lorenz
 Share
Followers 1

Recommended Posts

Lex Talionis

 

Com o típico casaco contendo os kanjis 正義, que signifcam “Justiça”, uma silhueta aparentemente masculina caminhava quase batendo os pés de raiva pelos grandes corredores do luxuoso QG dos marinheiros. Com um terno preto de face interna avermelhada, não fosse pelos cabelos compridos e chapéu de pele destoantes do visual masculino, a maioria dos marinheiros que passavam pelos corredores não identificariam tratar-se da Almirante Mugen logo de cara. Atrás dela, 8 marinheiros de alta patente em formação escoltavam o ex-shichibukai, Thiaguinho, acorrentado por uma miríade das correntes e grilhões de uma liga de kairouseki das mais puras. 

 

Tamanha a aura ameaçadora emitida, que todos os oficiais que acabaram cruzando seu caminho simplesmente congelavam na postura de sentido, em respeito à superior. Com os dentes cerrados, em sua expressão nada contente, ela apenas prosseguia ignorando os marinheiros que a cumprimentavam respeitosamente pelo caminho. Os de alta patente que a seguiam eventualmente trocavam olhares e deixavam gotas de suor frio rolar. Extremamente tensos, sabiam mais do que qualquer um dos que tinham a sorte de apenas ter que cruzar seus caminhos com Mugen o quanto a Almirante estava irritada. Além do prisioneiro, cuidavam de cada milímetro de seus próprios movimentos. Afinal, qualquer mínimo detalhe poderia se tornar desculpa para que ela descontasse a fúria silenciosa, que aparentemente tinha subitamente a acometido após uma ligação sigilosa via den den mushi em seus aposentos.

 

Chegando a um cruzamento em “T”, diante de uma enorme porta trabalhada a ouro, também com os kanjis de justiça, Mugen e seu comboio subitamente pararam. Os oficiais que transitavam na transversal também congelaram em postura de sentido: ninguém em sã consciência arriscaria acabar entrando no caminho dela em direção à sala adiante.

 

Dois da escolta rapidamente avançaram empurrando os enormes portões. Mugen logo voltou a caminhar na direção da sala. Percebendo seus passos e aura subitamente suavizando, os homens novamente trocaram olhares discretos e voltaram às suas posições para escoltar o ex-shichibukai drenado pelo kairouseki para dentro da sala mal iluminada. 

 

Mugen, então, lançou-lhes um olhar fulminante. Como se sentissem-no perfurando seus corações, quase congelados pelo medo, os homens entraram em postura de sentido e rapidamente deixaram os três indivíduos a sós na sala. Ao fechar retumbante dos portões pétreos, Thiaguinho lançou um olhar cansado na direção da silhueta sentada em uma escrivaninha alguns metros adiante. 

 

- Aurelian Gensui - a mulher surgiu, ajoelhando a perna esquerda e apoiando o punho direito sob o carpete luxoso - Althea D. Neo Sharon, a Imperatriz das Rosas, está morta - prosseguiu, ainda de cabeça baixa e submissa ao Almirante de Frota sentado à mesa - Entrego pessoalmente o ex-corsário responsável por deixar o Road Poneglyph ser roubado - levantou-se, abrindo caminho para o homem rendido com um dos braços estendidos.

 

Dois olhos dourados imediatamente surgiram da silhueta sentada atrás da escrivaninha. Por alguns instantes, ele manteve-se observando a almirante e seu prisioneiro na mais absoluta frieza. Ainda que estivesse acabado, Thiaguinho podia nitidamente perceber que até mesmo a implacável almirante Mugen sentia-se pressionada por tamanha presença. 

 

- Mugen Taishou - o almirante de frota surgiu, em um tom nada entusiasmado - Lembre-se que resultados medíocres estão aquém das expectativas para um Almirante da marinha - o dono dos olhos finalizou, fitando a mulher de cima a baixo.

 

Com a cabeça abaixada e suas expressões ocultas em sobras, Mugen cerrou os dentes. Nem mesmo Yuuna, quando viva, sequer ousava responder àquele homem. Sabendo bem qual era seu lugar, a um grande custo manteve-se silenciosa.

 

- Aurelian Gensui - então, ela prosseguiu com uma despedida, entrando também na postura de sentido, já com expressões mais neutras.

 

O homem assentiu com a cabeça, voltando-se para um tabuleiro de xadrez exposto a uma luminária em sua mesa. Enquanto Mugen ordenava a abertura das grandes portas, ele manteve-se silenciosamente encarando as peças nem um pouco convencionais, que pareciam já estar dispostas em um jogo claramente avançado. Em específico, seus olhos dourados focavam-se na Dama Branca, caída aos pés do Rei, próximo da Dama Negra e de cinco Bispos Negros que não deveriam existir.

 

Com a abertura dos portões, após o devido cumprimento, os guardas adentraram, recolhendo Thiaguinho à força do chão. Olhando adiante no corredor, Mugen manteve-se silenciosa, segurando suas emoções diante do Deva. Assim que seus homens asseguraram o ex-shichibukai, ela voltou a seguir sem dar um pio: não tinha mais nada a dizer àquele homem irritante. Ao que as portas fecharam, andou junto da escolta por mais alguns cruzamentos de corredores. No entanto, antes que pudesse sequer chegar à metade do caminho para fora da base, uma presença familiar e extremamente discreta apareceu no canto de seu campo visual. 

 

- Homens, levem-no de volta aos navios e repassem minhas ordens - Mugen surgiu, subitamente parando e sendo ultrapassada pela escolta - O Vice-almirante Greyson deve se encarregar da escolta do prisioneiro. Eu tenho assuntos urgentes a tratar - finalizou, sem mais nem menos dobrando o corredor na direção da presença.

 

Seus homens olharam para ela um tanto confusos, mas sem perceber a figura misteriosa parada alguns metros dali, como se espreitasse a almirante, nada puderam fazer a não ser seguir as ordens. Longe da escolta e já numa sessão bem menos movimentada da base, um homem de terno branco esperava a almirante com um sorriso quase maquiavélico. A pouca luz do ambiente pouquíssimo frequentado e sua cartola deixavam sua identidade ainda um mistério.

 

- Mugen Taishou - o homem misterioso a cumprimentou, puxando levemente à frente sua cartola branca.

 

Ela não se dignou a responder e, em seguida, ele rapidamente puxou um envelope de dentro de seu paletó. Entregou à mulher, que estava com cara de poucos amigos pela bronca que havia recebido e ainda não tinha extravasado. Ainda sem nada dizer, seguiu seu caminho, abrindo a carta e arregalando os olhos. As informações pareciam chocantes o suficiente para lhe fazer esquecer até mesmo do mau humor. Já um pouco longe da área do encontro escuso, dobrou o envelope e guardou dentro do paletó, já sacando um den den mushi no processo. Tamanha tensão, quem atendeu do outro lado nem sequer pode saudá-la ou dizer qualquer outra coisa.

 

- Prepare a frota e os homens. Trace o curso para Vahlor Island - ela disse seca, com uma expressão bastante desfocada e perdida em pensamentos.

 

- V-Vahlor Island…? - o caracol respondeu, em tom confuso e temeroso, por aparentemente entender que a almirante não apresentava um comportamento muito típico.

 

- Apenas faça! - bradou, sozinha nos corredores, fazendo com que o caracol imediatamente dissesse “gacha” e voltasse a dormir.

 

***

 

Foi dado o primeiro passo para a primeira campanha Spades do RPG. Os acontecimentos se desenrolarão em Vahlor Island, na Grand Line, especificamente no Reino de Sôhmirs. Os mestres e players dos dois tópicos já estão definidos, por isso as vagas já estão esgotadas.

 

Tópico 1

Mestre: @Keel Lorenz

Players: @ryu-ryu e @Hemurin

 

Tópico 2

Mestre: @ryu-ryu

Players: @Ayami e @Sesshoumaru

 

As promoções e os tetos de bonificação de berries e pontos de experiência seguirão as regras normais: 110 pontos por tópico, já que temos duas duplas, e tetos de berries variados de acordo com a progressão do seu personagem na Grand Line. Dependendo se é sua, 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª ou 6ª ilha da Grand Line, você terá um teto de ganho de berries maior ou menor. Já a subida de patentes seguirá a tabela de promoção em Ilha. Todas essas informações constam no tutorial.

 

Além disso, conforme já discutido com os outros GMs em avaliação, as recompensas extras que são típicas das campanhas foram liberadas. Desde já, @ryu-ryu, @Hemurin, @Ayami e @Sesshoumaru, escolham apenas 1 dos 2 prêmios extras disponíveis e comuniquem seus mestres acerca de sua escolha. Lembrem-se que o Rank do item ao fim da aventura dependerá da sua nota, bem como o conteúdo da alcunha dependerá do caráter dos seus feitos.

 

Nota 8 ou maior:

  • Drop criado pelo mestre [Rank C]

  • Alcunha

 

Nota 9 ou maior:

  • Drop criado pelo mestre [Rank B];

  • Alcunha

 

Nota 10:

  • Drop criado pelo mestre [Rank A];

  • Alcunha

 

Informações Úteis: Personagens; Vahlor Island;

  • Like 4
Link to post
Share on other sites
  • Replies 0
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Popular Days

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Lex Talionis   Com o típico casaco contendo os kanjis 正義, que signifcam “Justiça”, uma silhueta aparentemente masculina caminhava quase batendo os pés de raiva pelos grandes corredores do luxuoso QG dos marinheiros. Com um terno preto de face interna avermelhada, não fosse pelos cabelos compridos e chapéu de pele destoantes do visual masculino, a maioria dos marinheiros que passavam pelos corredores não identificariam tratar-se da Almirante Mugen logo de cara. Atrás dela, 8 marinheiros

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.