Jump to content
×
×
  • Create New...

[Aventura Marítima] Perdidos no Blue


Azrael
 Share
Followers 2

Recommended Posts

Posted (edited)

O garoto já estava há vários dias dentro daquele navio da Marinha , tanto que não sabia mais quanto tempo e nem quando tinha embarcado. No final, só adentrou ali, pois era farrista de coração, ou seja, estava arranjando confusão em uma das cidades do blue, quando incrivelmente fora abordado por alguns marinheiros. Como viajante que era acabou não sendo preso, mas "convidado" a adentrar a pequena embarcação, por fim aceitou o convite, entrando então naquela  pequena caravela.  

 

- JioJiojiojiojio estamos muitos dias nesses mares... - O sujeito com penteado todo arrumado e aprumado, além de uniforme padrão argumentava, enquanto esfregava o convés com grande afinco por sinal, parecia que ia furar a madeira e criar um buraco para o outro lado. - Bem, já estou cansado do sacolejar dessas águas!

 

-Pufff, você continue a trabalhar, por sinal esta reclamado muito ainda, entretanto, logo estaremos na próxima ilha, que seria... - Ele verificava a bússola com muita dificuldade e tentava calcular as coordenadas para a próxima ilha.

 

Mas como não entendia nada, ele ficava indeciso e acabava não continuando a falar. Afinal, todos ali eram meio amadores, e por incrível que pareça aquela pequena embarcação da Marinha não possuía Capitão. Contudo, era somente uma travessia rápida entre ilhas. Todavia, aquilo não era muito comum, ninguém nunca tinha visto isso, três recrutas sozinhos, e um prisioneiro. Entretanto...

 

-Bem, esses mares não são muito difíceis de navegar... - O garoto com uma enorme espada do lado do corpo dizia, ele também vestia o uniforme da Marinha, e agora usava uma luneta pra tentar achar alguma terra firme, ou lugar aonde pudessem aportar, o mais certo porém era cumprirem sua missão, que era levar suprimentos até a próxima ilha. - Não vejo nada ainda... - Desolado balançava a cabeça, o sujeito que carregava o mapa também estava frustrado, pois o Capitão dissera que seria fácil encontrar o caminho. Ele no entanto, era habilidoso, mas em literatura, em história, portanto, aquilo para ele parecia mais um hieróglifo. 

 

De todos o sujeito que levava o mapa era o que mais destacava, pois tinha monóculo, e era todo engomadinho, certinho e por vezes até perfeccionistas na limpeza da embarcação. Ele carregava uma pequeno porrete nas costas, e apesar da aparência pouco usual, mostrava ter músculos fortes e peito troncudo. Entretanto, isso contrastava com seu linguajar avançado e rebuscado. Além de ser responsável por achar o caminho. No entanto, o que mais contrastava ali, era o viajante que encontraram na ilha anterior aprontando, e que "convidaram" para vir junto na viagem. Ele demonstrava ser bagunceiro e atrapalhado, e por muitas vezes irritava o de monóculos, que energeticamente o dava uma repreenda. 

 

-Bem, temos que avistar algo parecido com essa ave, ai estaremos próximo da tão famigerada ilha. - Esse era o único indicativo que tinha, a ave estranha de peito azul e olhar de gelo.

 

O outro garoto que parecia ser o mais novo continuava a esfregar o chão, ele, por sinal também tinha o espírito rebelde, por isso mesmo estava naquela função, como punição. Já o viajante como não era da Marinha, desfrutava de uma certa "liberdade" no navio de suprimentos.

 

@Kiryu792

Edited by Azrael
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • Azrael changed the title to [Aventura Marítima] Perdidos no Blue
  • Replies 13
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Os marinheiros eram interrompidos subitamente pelo som do den den mushi, e pelo argumento da Saxori, eles confusos olhavam um para o outro. Sendo que  o primeiro a falar fora sem dúvida nenhum o espadachim, que ficava surpreso junto com os outros.   - Nós temos um den den mushi? - Ele olhava o cozinheiro do barco, e o outro ficava embasbacado, quase cque aboca chegava a bater no chão, de tão perplexo.  O monóculo coçava a cabeça meio sem graça, e logo dizia:   - Vá aten

O garoto já estava há vários dias dentro daquele navio da Marinha , tanto que não sabia mais quanto tempo e nem quando tinha embarcado. No final, só adentrou ali, pois era farrista de coração, ou seja, estava arranjando confusão em uma das cidades do blue, quando incrivelmente fora abordado por alguns marinheiros. Como viajante que era acabou não sendo preso, mas "convidado" a adentrar a pequena embarcação, por fim aceitou o convite, entrando então naquela  pequena caravela.     - JioJ

O monóculo, ao contrário de muitos outros, simplesmente responde de forma calma e tranquila para o viajante. Afinal, Sakoxi já tinha demonstrado ser apenas meio imperativo,  não de todo mal, e não obstante o marinheiro estava meio embaraçado com toda a situação, até um pouco desesperado, pois realmente seu entendimento de navios era precário. Entretanto, as águas dos blues eram calmas, e só de vez em quando tinham que desviar de redemoinhos, o que era tranquilo, pois como dito ele já havia lido

Posted (edited)

O viajante então pergunta a o sujeito de monóculos - ei, você sabe se estamos perto da ilha, ou se vai demorar muito?

Edited by Kiryu792
Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

O monóculo, ao contrário de muitos outros, simplesmente responde de forma calma e tranquila para o viajante. Afinal, Sakoxi já tinha demonstrado ser apenas meio imperativo,  não de todo mal, e não obstante o marinheiro estava meio embaraçado com toda a situação, até um pouco desesperado, pois realmente seu entendimento de navios era precário. Entretanto, as águas dos blues eram calmas, e só de vez em quando tinham que desviar de redemoinhos, o que era tranquilo, pois como dito ele já havia lido quase todas as histórias sobre aqueles lugares, e se não era perito em navegação, compensava isso lendo várias histórias de pescadores e todo tipo de relato de navegadores. O que faltava era habilidade dinâmica, em prever as mudanças do vento e alterações nas correntes oceânicas. Portanto,

 

- No momento estamos um pouco enrascado amiguinho!- Ele não sabia o impacto que isso teria no outro, mas, ele continuaria a tentar resolver o problema. Do outro lado, o espadachim já não era tão paciente e simplesmente dava um "bufo" alto, queria logo sair dali. A melhor forma seria cair na água e simplesmente nadar, o mesmo sempre falava pra os seus colegas. Ou apenas sentir o ar frio, e seguir em frente, o que era contestado pelo monóculo.

 

- Vocês ficam perdendo tempo, com esse tal de pássaro? - Ele logo largava a luneta em um canto, e ia em direção ao leme, por incrível que pareça ele era o responsável por guia-lo. Todavia só respondia aos comandos do sabereta da tripulação. Enquanto isso, o outro marinheiro só trabalhava, de vez em quando aprumava o navio, mexendo nas cordas das velas. Todavia após limpar o chão, acabou encaminhando para outros afazeres. Afinal, ele era também o cozinheiro, enquanto isso, o monóculos corria para as velas.

 

- Bem, li em um livro... - Enquanto ele ajeitava as cordas e mudava a direção das velas de forma abrupta, Escutava o grito do espadachim, que estava furioso.

 

- Leu em um livro seu trouxa, os livros não vão te salvar dessa.. - Ele muito impacientemente mudava a direção do leme e começava a bufar cada vez mais, quando via o viajante, que por sinal estava tranquilo na amurada. - Ei, ei, você, pegue essa luneta, e tente achar essa porra desse pássaro, ou você tem ideia melhor? Eu, por exemplo, diria para simplesmente nadarmos até a ilha, procurando sempre as correntes frias, é claro? Muito mais fácil...  -Ele dava de ombros, então, continuava a observar o mar, havia um redemoinho não muito distante, mas isso a tripulação era "craque" em desviar, o problema era chegar na tão adorada ilha.

 

@Kiryu792

Edited by Azrael
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

ô da espada! vê se fica calmo, estresse demais faz mal á saúde! -diz Sakoxi provocando o espadachim, e então pega a luneta e olha calmamente aos arredores procurando por algo- veja só, está meio difícil ver por causa dessa bagunça e eu posso estar errado, mas me parece que estamos chegando perto... -diz tranquilamente Sakoxi, porem, Sakoxi parecia estar meio debochado com a situação, pois nunca imaginou que tal coisa podia ser aprendida simplesmente lendo um livro - Bem... eu acho que estamos perto, agora é com vocês, se o barco afundar ou algo assim nos vamos precisar ir nadando -debocha Sakoxi, que no momento estava cansado demais para fazer algo muito produtivo, pois não tinha conseguido dormir no dia anterior.

Edited by Kiryu792
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Após conseguirem desviar com êxito do redemoinho no caminho, eles voltavam a rota muito rápido, por sinal, Sakoxi perceberia que os movimentos do monóculo eram aparentemente automáticos e que ele simplesmente mudava a direção das velas. Além disso, ele era bem veloz e tinham grande habilidade em fazer aquilo. Em seguida, o viajante começava a cutucar o espadachim que parecia ignorar sua fala, entretanto, o outro marinheiro tinha algo a dizer:

 

-Bem, ele é assim mesmo... - O monóculo ficava um pouco constrangido em falar aquilo, mas pelo visto ele não queria confusão dentro do barco naquele momento.- Por enquanto passamos por nosso terceiro redemoinho, portanto devemos estar perto da ilha. Aponte a luneta para bombordo e vamos continuar a observar o pássaro...

 

O outro marinheiro continuava trabalhando na cozinha e já havia acabado de fazer o jantar, os tripulantes faziam a refeição e depois voltavam a seus lugares. Após várias horas de observação o viajante conseguia observar alguns pássaros no horizonte, entretanto, não saberia distinguir se eram os que estavam desenhados no caderno, ou algo diferente, portanto, continuava a vigiar o local e talvez.... 

 

@Kiryu792

Edited by Azrael
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

ei! aquilo ali na frente são pássaros..? -diz Sakoxi em voz alta enquanto observava pela luneta, olha ao redor para conferir se não havia mais nada visível e força mais a vista para tentar ver mais claramente- tenho quase certeza de que aquela é a tal ilha! algum de vocês quer ver para conferir? -pergunta Sakoxi para ter certeza de que era a ilha mesmo, ele estava animado para chegar a ilha com esperança de encontrar um usuário de akuma nomi e fazer algumas perguntas a ele.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

O falso "9" no futebol, agora poderia ser centroavante, caso marca-se aquele "gol", e fosse mesmo os pássaros. O primeiro a correr foi o monóculo que logo chegou na luneta e educadamente a retirou, olhando bem para o horizonte, percebeu que aquilo era realmente a formação dos pássaros de gelo, característico de Freezing Island, o segundo a chegar foi o espadachim que abraçava os dois e o terceiro , e último o garoto que ainda estava limpando as panelas da janta.

 

- Yeeeeessssssss, yesssssssssssssssssssss, conssseeegggguiiimooosssssss....- Por ser um navio de suprimentos ninguém estava passando fome, mas quiçá o que poderia  acontecer no próximo redemoinho, caso ele fosse gigante e engolisse o barco. 

 

Os marinheiros comemoravam ignorando completamente o sonoro barulho de um den den mushi, no escritório da embarcação, o barulho ia ficando mais alto, cada vez mais estridente e repetitivo, até que...

 

@Kiryu792

 

Obs: Últimos posts. Então, já está encaminhado para o evento. Agora, é só aguardar que ele comece.

Edited by Azrael
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Hmm? estou ouvindo o som de um den den mushi...parem de fazer escândalo e ousam! -diz Sakoxi, com agonia por causa do som repetitivo do caracol comunicador- não sei de quem pode ser a ligação então não posso atender, mas alguém atende logo, por favor? esse barulho está me dando nos nervos... -pede Sakoxi, que não queria atender a ligação porque poderia ser algo importante para os marinheiros e potencialmente causará algum problema se ele atendesse.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Os marinheiros eram interrompidos subitamente pelo som do den den mushi, e pelo argumento da Saxori, eles confusos olhavam um para o outro. Sendo que  o primeiro a falar fora sem dúvida nenhum o espadachim, que ficava surpreso junto com os outros.

 

- Nós temos um den den mushi? - Ele olhava o cozinheiro do barco, e o outro ficava embasbacado, quase cque aboca chegava a bater no chão, de tão perplexo. 


O monóculo coçava a cabeça meio sem graça, e logo dizia:

 

- Vá atender o telefone, Jehard! - No entanto, o historiador do grupo chamava a atenção do outro, que dava um pulo e corria no escritório. De lá por sinal, era possível ver alguns barulhos, alguém remexendo o cômodo. Em seguida, ele gritava de surpresa, e começava a conversar com a pessoa do outro lado. Aparentemente, ela estava agoniada com tudo que ocorria e com os marinheiros.

 

- Vocês, vocês estavam perdidos? -O comandante de voz feminina estavam incrédulo com toda a fala do garoto. Entretanto, mostrava ser bastante resoluta e concordava com tudo. Além de estar bastante aliviada por ter encontrado o caminho, entretanto:

 

- Fico feliz por terem encontrado o caminho para Freeezing Island! - A Capitã Áine demonstrava que estava alegre com a fala do garoto, mas continuava a falar de maneira rápida e ligeira.

 

- Porém gostaria de saber sobre a disponibilidade dos tripulantes em participarem de uma missão, como suporte é claro?-A voz dela mostrava astúcia e um certo grau de charme, além de possuir alguma magia. O garoto parecia ficar até mesmo sem fala nesta parte da conversa.

 

O espadachim sobretudo devido as circunstâncias acabou concordando e incluindo até mesmo o viajante. Afinal, eles já haviam cometido dois erros ali, e ele não queria falhar outra vez. Portanto, o seu sonoro "sim" foi interpretado com ainda mais entusiasmo pela superior, que logo deu ordens para aprontarem rápido e ligeiro, pois outro barco os buscariam em aproximadamente três dias.

 

 

@Kiryu792

Edited by Azrael
  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Quem é essa ai que esta falando pelo den den muchi? e que missão é essa ai que ela ta falando? -questiona Sakoxi, sem saber ao certo oque esta havendo, Sakoxi observa as pessoas presentes no navio, até que cai a ficha- Espere um segundo...porque diabos você está me envolvendo nessa historia ai? eu tenho coisa melhor para fazer, seu degenerado. -resmunga Sakoxi para o espadachim, visivelmente um pouco irritado, Sakoxi tinha pressa pois tinha planos para quando chegar na ilha, mas nem sempre as coisas correm como desejado.

Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

O espadachim ficava sem graça com a reação do garoto, mas não dizia nada pelo fato de ele ser somente um viajante e não ter jurisdição sobre o que devia ou não deveria fazer. Ele acabava deixando tudo para o monóculo que simplesmente tentava argumentar com o garoto, de forma convincente a ir na missão. No entanto, as missões eram na maioria das vezes de suporte, ou seja, de levar suprimentos como aquela, em resumo, nem assistência médica eles forneciam aos que estavam lutando.

 

 

- Bom, você pode simplesmente não querer ir, mas saiba que nessas missões podemos encontrar itens valiosos... -O monóculo bem sabia disso, que apesar de arriscadas, as aventuras passadas pela Marinha, na maior parte das vezes davam ganhos para os que estavam envolvidos. - Além disso, podemos também criar contatos dentro da Marinha , ou conhecendo pessoas influentes de vários tipos, ainda podemos ser promovidos. Além de melhorarmos nossas habilidades de luta.


O outro garoto ficava só escutando as palavras do marinheiro, que ao contrário do viajante, ele não tinha muitas opções. Apesar de que, as missões até agora dadas foram só pra abasteceram as linhas aliadas com suprimentos, e muito poucas vezes tiveram que engalfinhar com os adversários, no processo de evasão. Na maioria dos casos, era abastecer a dispensa, cozinhar e posicionar o barco de forma furtiva. Afinal, a Marinha separava as embarcações, e os feridos iam para outros barcos. Em suma, o seu trabalho era trabalhar na cozinha e cuidar para que o navio não fosse capturado pelos adversários.

 

 

@Kiryu792
 

Edited by Azrael
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Hmmmmm...se não for nada demais, está bem, eu vou. -aceita Sakoxi depois de refletir um pouco, pois ficou interessado em aumentar sua força ou ter alguns contatos.- Mas já devo ir avisando, se não tiver nada de útil para me ajudar no meu objetivo, eu vou reclamar o tempo inteiro -avisa Sakoxi com um tom de ironia apenas pensando em si mesmo, daquele jeito levemente babaca que ele é.

Link to post
Share on other sites

O monóculo simplesmente concordava com o garoto, entretanto, já se podia ver Freezing Island ali mesmo do convés. Lá eles avistavam as imensas montanhas de gelo, e os blocos de neve formados ao redor da ilha.  O frio tomava conta também da embarcação, congelando os presentes dentro do mesmo. em detrimento a tudo isso, logo viam outro navio da Marinha, este bem maior aportado a poucos metros do local.

 

- O que farão com este navio? - A indagação logo vinha a mente de todos os tripulantes. Afinal, o outro meio de transporte naval da Marinha era bem maior e mais robusto. Todavia eles não sabiam os reais interesses da organização na missão. Por isso, desconheciam como seria feito ou do que tratava-se o objetivo final, da tarefa misteriosa.

 

Portanto, a embarcação atracava no ponto já designado e escoava todos os suprimentos necessários. Afinal aquela ilha estava com escassez de recursos. E apesar de ser esquecida pela própria Marinha, um pedido de socorro nunca era negado, além do mais com os recentes acontecimentos no mundo. A organização resolvera fazer uma pequena excursão no lugar, ou poderia ser somente um subterfúgio para a missão secreta, isso ninguém saberia informar ou explanar.

 

 

@Kiryu792

 

 

Obs: Finish, e bom evento....

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

CONCLUSÃO

  • Satoxi recebe 20 pontos e 12.500.000 berries pela aventura
  • O mestre recebe 5 pentagramas.

O personagem está liberado para participar de uma nova ilha/evento/campanha e atualizar a sua ficha com os ganhos.

Słodki Flirt, gra, w której podrywasz chłopaków i umawiasz się na ...

Link to post
Share on other sites
  • Nie locked this topic
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.