Jump to content
×
×
  • Create New...

[Aventura Marítima] Folga Merecida


Harper
 Share
Followers 2

Recommended Posts

e9cKOMq.png

 

1 ° Turno

 

Após os acontecimentos em Vertigo, a dupla de espiões dos revolucionários e a princesa Hime foram deixados na ilha pelo Javier, vulgo largatixa, provavelmente por não aguentarem mais a companhia do homem ou simplesmente para resolverem suas pendências. Fato era que após a missão bem sucedida eles tiveram um tempo de folga dado pelo próprio Georgius, e Dow hill parecia propício para tal.

 

Aportaram de manhã sem chamar muita atenção e pouco tempo depois já estavam no vilarejo Donville próximos de um cafeteria&doceria e que dava inicio a uma rua movimentada cheia de estabelecimentos. De imediatoo, a princesa corria até a vitrine de doces e ficava ali os admirando igual criança. 

 

Os spades por sua vez tinham as informações comuns que qualquer viajante tem sobre a ilha, como sua avançada medicina e mercado atraente para cientistas e construtores, no entanto também foram alertados sobre uma base secreta da Spades e para se manterem longe de lá, afinal estavam ali para uma folga, não? Além dos nativos vivendo seu dia a dia, os mesmos perceberiam diversas outras pessoas que, iguais a eles, eram viajantes, logo não teriam problema para se misturarem ou qualquer outro aborrecimento.

 

@Dracon @Aglow

 

Se vocês preferirem, podem seguir o tópico pra eu não ficar marcando vocês. 

  • Like 1

6dc.gif

Link to post
Share on other sites
  • Replies 3
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

1 ° Turno   Após os acontecimentos em Vertigo, a dupla de espiões dos revolucionários e a princesa Hime foram deixados na ilha pelo Javier, vulgo largatixa, provavelmente por não aguentarem mais a companhia do homem ou simplesmente para resolverem suas pendências. Fato era que após a missão bem sucedida eles tiveram um tempo de folga dado pelo próprio Georgius, e Dow hill parecia propício para tal.   Aportaram de manhã sem chamar muita atenção e pouco tempo depois já estavam

Apesar do cenário que se apresentaria para a mulher, aqueles eram tempos conturbados, e não seria Dow Hill per sí responsável por curá-las - sim, no plural. A ferida, que não era física, havia cravado fundo em sua alma, resultado de um comportamento, um ato hediondo capaz de quebrar o espírito de Aurora, e agravar as cicatrizes de Sophie. Isso explicava o motivo de Pandora e não a inocente estar sob a luz nesse momento, e isso perduraria por muito tempo. Mesmo sendo uma situação tensa, Pandora n

EitKd9T.png

 

 

Apesar do cenário que se apresentaria para a mulher, aqueles eram tempos conturbados, e não seria Dow Hill per sí responsável por curá-las - sim, no plural. A ferida, que não era física, havia cravado fundo em sua alma, resultado de um comportamento, um ato hediondo capaz de quebrar o espírito de Aurora, e agravar as cicatrizes de Sophie. Isso explicava o motivo de Pandora e não a inocente estar sob a luz nesse momento, e isso perduraria por muito tempo. Mesmo sendo uma situação tensa, Pandora não se sentia assim, muito longe disso.

 

De volta à Gardênia, no castelo da caída Yonko das flores, Leonard - o agora Ás de Ouros, Elizabeth e Angus, foram responsáveis em matar prisioneiros indefesos de um dos andares, e isso incluía criaturas pacíficas e inocentes como os pequenos tonttatas, ceifados também pelas mãos frias e isentas moralmente de Eliza, e isso acertou Aurora e Sophie em cheio, meio que traumatizando-as. Principalmente após terem passado pela vila dos tontattas, com a oportunidade de conhecê-los bem, mesmo que brevemente. A missão foi um sucesso, nenhum machucado físico sério foi recebido, mas o moral foi complicado.

 

Sem a máscara, a dupla era por regra Liberatores, e por isso provavelmente não seriam reconhecidos caso esbarassem em um Spade, seria a folga ideal e merecida, andar pelos estabelecimentos, olhando produtos de interesse, ou só por curiosidade. Mesmo sendo descanso, tinham objetivos ali - encontrar um navio novo, comprar armas novas, aprimorar as que tinham, vender coisas que por ventura não eram mais úteis... - Bora procurar uma loja de armas, Angus. Talvez tenha um inventor talentoso que aprimore a suas espadas. - comentou enquanto procurava com os olhos algo parecido, chamaria Hime se encontrasse. A ideia era trocar Daten-shi e Soul Tear por espadas novas, pagando a diferença.

 

Durante a viagem de Gardênia até ali, decidiu que mudaria um pouco seu estilo de luta, trocaria facões por espadas e tentaria usar socos e chutes independentemente ou não, ou seja, trocar suas lâminas era o primeiro passo. Ela tinha seus motivos pra uma atitude drástica dessa, o que deixava apenas uma das quatro sem conflito nenhum.

 

 

 


 

Na verdade a timeline é meio complicada, vertigo tá no passado do evento que foi em gardênia, então essa aventura maritima é pós evento, ai acabei adaptando nisso. Dá quase no mesmo, só não foi o lagartixa que deixou a gente e sim o char do keel

 

como expliquei no post, vou fixar na pandora por um bom tempo, a não ser que algo drástico aconteça  

  • Like 1

QzZDJgI.png

 

 

Link to post
Share on other sites

Deixados ali pelo agora As de Ouros Leonard, Angus e Sophie puderam enfim retirar as mascaras que vestiam sempre que atuavam como Spades, Angus achava um pouco incomodo usar, mas era mais seguro assim. Os últimos tempos foram conturbados, assalto a ilha da marinha e roubo a uma Yonkou, felizmente a última não estava mais viva então não poderia causar problemas futuros a eles, já era alguma coisa.

 

Sobrava a marinha como sempre, mas essa sempre foi um problema e Angus não se preocupava com isso, sua real preocupação andava ao seu lado, sentia que sua amiga não estava bem, talvez não Pandora ou Eliza, mas com certeza Sophie e Aurora não estavam passando por um momento difícil, a invasão a ilha da Yonkou exigiu deles uma ação cruel contra seres que não mereciam e isso mexeu até mesmo com Angus, logo para as duas que também presenciaram a cena foi muito pior.

 

Chegaram junto com o amanhecer na ilha, sem chamar atenção de ninguém, agora se encontravam em um ponto mais comercial cheio de lojas, Pandora de um lado e Hime do outro, a princesa logo correu para a vitrine de um  dos lugares, parecia uma lanchonete, mas Pandora tinha uma ideia diferente. - Elas precisam de melhorias mesmo. - Concordou com Pandora, passando por Hime a chamou para acompanha-los, mais tarde antes de irem embora poderiam comer. "Ir embora... não temos como ir embora, sem navio e sem carona..." Estavam sem meio de transporte também, as últimas viagens haviam sido por carona com a Spades, teriam que procurar um estaleiro por Dow Hill também. - Vamos precisar comprar um navio também - Disse para Pandora enquanto caminhavam.

 

X787trZ_d.webp?maxwidth=760&fidelity=gra

There was nothing to fear and nothing to doubt.

Link to post
Share on other sites

2° Turno

 

 

A dupla de revolucionários começou a caminhar pela rua já traçando suas prioridades. Hime que namorava os bolos da vitrine, apenas pôde se despedir deles com um bico enquanto corria para ficar ao lado de seus companheiros, apesar do bico, não sentiu que o clima estava bom para algum questionamento, achou melhor apenas acompanha-los e admirar as lojas. 

 

Apesar do horário, o comercio da vila estava ativo e lotado, os lojistas disputavam cada possível cliente que passava na rua. Alguns apostavam no bom astral que uma musica e criatividade proporcionavam, outros esperavam que seu renome fizesse todo o trabalho, as lojas maiores eram as mais lotadas enquanto as menores pareciam ter uma clientela mais exclusiva. De qualquer modo todas ali pareciam prosperar, cada loja deixava claro seu ramo: Se era medicina, armamento ou lojas genéricas, e o mais incrível era que todo aquele comercio ativo era feito em total harmonia com a natureza, sendo que se não prestasse atenção podia esbarrar em algum galho de árvore no meio da calçada.  

 

Além dos comerciantes, o trio poderia notar o movimento de um outro grupo nativo: os guias comerciantes. Basicamente eram guias independentes para os turistas com poucas informações, eles mostravam as melhores lojas com base no que a pessoa queria e podia pagar. Entre tantos que passaram pelo trio, uma mulher chamava a atenção com sua postura diferente, a mesma mantinha uma feição seria e olhos afiados, como se procurasse os clientes certos, o que com a aproximação dos liberatores foi concretizada. 

 

- Olha que casalzinho adorável, bem vindos a Dow hill! Vocês estão em busca de que? Se tiverem dinheiro suficiente posso indicar as melhores lojas que com certeza não ficam perto dessa ruazinha de merda. - A abordagem foi um pouco diferente do que normalmente é o normal, mas seu olhar confiante poderia transparecer competência. Já para a Hime, pousou um olhar analítico que até assustou a princesa. 

 

Se escolhessem os serviços da mulher, teriam uma guia para conhecer a ilha, caso contrário além das lojas já vistas na rua, haviam notado também ruas paralelas com mais lojas porém com uma movimentação menor. Perceberiam também um riacho que começava em um terreno mais elevado e um pouco mais distante da ilha, tal riacho era de larga escala que cortava parte da floresta e decaia no oceano, em volta do riacho, no terreno alto, perceberiam diversos galpões e um ou outro navio parado na bacia do rio, deixando claro que os estaleiros da ilha ficavam lá. 

 

-- 

 

Foi mal a demora e o começo errado sobre a aventura anterior, acabei me esquecendo do evento rs. 

 

@Aglow

6dc.gif

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.