Jump to content
×
×
  • Create New...

[Yamakakushi] Total Eclipse Of The Heart


Harper
 Share
Followers 2

Recommended Posts

e0ObWOI.png

 

 

1° Turno

 

Após a folga merecida que tiveram em Dow Hill, a dupla liberatore... e Hime... e Malaquias, estavam em alto mar a bordo do navio Wild Hunt, que todos tiveram tempo suficiente para conhecer totalmente e escolherem a cama de cima da beliche e outras coisas aleatórias. O importante era que já podiam sentir que o navio era a nova casa deles, pelo menos nas águas. Além do navio, também puderam se familiarizar com suas novas armas, inclusive as modificadas de Angus, adequando as mesmas para seus estilos de combate. O que não tiveram durante esse tempo foi problema, o clima foi o mais agradável possível e mal avistaram navios, sejam aliados ou inimigos, bom pra Hime que passou boa parte da viagem apenas escrevendo. Talvez ruim para uma ruiva que gosta de ação. E quiçá pro Angus foi neutro.

 

Contudo no meio da viagem eles haviam recebido uma ligação do seu mestre, esse foi o mais breve possível nas suas instruções que se resumiam a: Me encontrem em Yamakakushi para a próxima missão. Fato era que eles teriam a companhia do seu mestre, que apesar de clichê é legal, e a ilha que precisam estar estava próxima. Após uma viagem mais curta e objetivada eles poderiam ver ao longe, próximo do meio dia, as famosas montanhas vestidas de branco de Yamakakushi.

 

No comando da embarcação, Angus notaria dois caminhos quase que naturais entre as montanhas, um deles era a entrada de um porto construído num misto de madeira e gelo maciço e um outro mais externo que levava para uma abordagem clássica de filme pirata em ilhas: uma praia deserta e escondida. Após a escolha e ancoragem do navio, o cubo mágico humano perceberia a presença mais do que conhecida do seu mestre, o mesmo se mantinha oculto da visão alheia mas o navegador sabia sua posição através do seu HdO.  

 

Evidentemente ao passo que se aproximavam da ilha, sentiriam o grande frio característico dela, então se não se agasalhassem, mal durariam. Hime vestiu um longo casaco avermelhado que combinava com seus cabelos e luvas pretas, em sua mão manteve seu caderno e meio de comunicação. 

 

--

 

Eu jurava que a Hime era uma lolli, eu li o tópico da AV que ela apareceu quando vocês estavam jogando kkk foi mal, vou corrigir o comportamento da mesma. 

Enfim, ilha iniciada. 

 

@Dracon@Aglow

 

 

  • Like 1
  • Thanks 1

6dc.gif

Link to post
Share on other sites
  • Replies 5
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

1° Turno   Após a folga merecida que tiveram em Dow Hill, a dupla liberatore... e Hime... e Malaquias, estavam em alto mar a bordo do navio Wild Hunt, que todos tiveram tempo suficiente para conhecer totalmente e escolherem a cama de cima da beliche e outras coisas aleatórias. O importante era que já podiam sentir que o navio era a nova casa deles, pelo menos nas águas. Além do navio, também puderam se familiarizar com suas novas armas, inclusive as modificadas de Angus, adequando as m

2° Turno   Angus conduzia o quarteto bem agasalhado pelas areias esbranquiçadas enquanto deixava a embarcação bem escondida para trás, por que o local era clichê e pedia por isso. Aos passos que saiam da areia, começavam a encontrar o chão branco advindo da neve, tal solo era todo irregular com diversas pedras e não continha um caminho "marcado" a ser seguido. Seja como for, o navegador sabia onde estava indo e avisará sua dupla. Estavam a uma meia distância do pé de um das montanhas e

O tempo sossegado da viagem, por mais contraditório que possa parecer, estressou bastante Pandora. A mulher já demonstrava sinais de irritação no segundo dia e mesmo um navio novo bem mais estruturado e com uma sala especial para treino pareceu entretê-la. Sabendo muito bem disso e com alguns planos em mente, Elizabeth assumiu todo o tempo o qual Pandora não estava treinando com suas armas novas, passava horas e horas fechada em seu próprio quarto, escrevendo a mão sem descanso algum. Mesmo Malaquias havia abandonado a menina, passando tempo com Angus e Hime e também aproveitando o fato de não gostar da personalidade sem expressão.

 

O resultado foi expressivo. Elizabeth, com a mão direita um pouco inchada, praticamente escreveu um livro inteiro cheio de conteúdo e com poucos desenhos, mas não comentou o conteúdo com ninguém - mesmo as outras não prestariam atenção nisso. O fato dela estar tão empenhada em tal tarefa não era segredo para ninguém em Wild Hunt, mas as motivações sim traziam algum mistério. No fim da viagem, ela escreveu uma carta, colocou o nome para a pessoa a qual devia ser direcionada, encaixou na primeira página do livro e o guardou em baixo de sua própria cama. Depois disso não aceitou mais voltar para luz.*

 

Os treinos de Pandora foram decentes. Como era esperado, ela não havia pegado tanta proficiência assim se fosse comparado com o uso dos facões, as espadas eram mais longas e pesadas e por isso o manejo era diferente, vários efeitos e técnicas Pandora falhou em executar com as novas espadas, contudo julgou o suficiente por hora. Nos últimos dias ela se concentrou em ficar com Hime, Malaquias e Angus, jogou cartas, tentou ensinar Hime lutar e brincou de voar com o papagaio. A ligação do mestre deles havia renovado os ânimos certamente, mas ela não se sentia tão disposta assim em realizar missões para a Liberatores.

 

hG52l2h.png

 

- Espero que não seja uma perda de tempo. - comentou ao lado de Angus, na sala de controle - Estou mal acostumada, fizemos tanto pelos Spades nos últimos tempos que... trabalhar em uma causa como essa me parece anti climático.... Sem ofensa. - como uma spade, era natural sua opinião e sua sinceridade um traço evidente de sua personalidade. - Wow, esse lugar é beem bonito. - observou olhando para as montanhas de gelo.

 

Aos dois caminhos possíveis, Pandora deu seu voto, não que ligasse tanto assim. - Não estamos fazendo nada de errado, ainda. Que tal pararmos no porto direitinho. Aquele lugar é pra foras da lei como piratinhas escrotos. - finalizou Pandora que não tinha uma, mas duas recompensas diferentes para sua cabeça, naturalmente sem saber da informação da localização do seu mestre. Para se proteger do frio, vestiu uma blusa de couro azul, boa para manter temperatura sem precisar de muito volume, além de calças mais grossas e luva nas mãos. Para completar, um cachecol de lã vermelho, da mesma tonalidade de seus cabelos.

 

 

 

* referência a estar no controle do corpo

Edited by Dracon

QzZDJgI.png

 

 

Link to post
Share on other sites

Após o pequeno período de descanso que tiveram em  Dow Hill, a hora de partir novamente chegou, mas diferente do normal a viajem se mostrou tranquila e favorável, clima agradável e que facilitava a navegação. Após saírem da ilha, Angus pode conhecer detalhadamente o navio que haviam comprado, o primeiro lugar a ir foi a sala de comando de onde navegaria, rapidamente tratou de deixar tudo de acordo com seus gostos. Seu quarto foi o segundo destino, o que fez não podia ser chamado de decoração já que apenas levou suas coisas para o quarto e alterou um pouco ali e outro aqui para ficar mais do seu jeito.

 

Os dias passavam tranquilos em alto mar, tão tranquilo que parecia estranho, por isso o habitante do céu se manteve atento para qualquer problema, ainda sim nada de inesperado aconteceu, a viagem seguia tranquila.

 

Angus passava seu tempo entre a sala de comando navegando e a sala de treinamento aperfeiçoando seu estilo e com as meninas jogando cartas ou conversando. No início por um tempo ficou mais com Hime já que Eliza decidiu se isolar para alguma coisa. O contato de seu mestre deu novo ânimo a Angus, tratou de aumentar a velocidade para chegar o quanto antes em Yamakakushi, o habitante do céu sempre se sentiu melhor como um Libertador do que como mercenário da Spades.

 

As montanhas de gelo surgiam no horizonte, Hime e Pandora acompanhavam Angus na sala de comando, era um dos lugares mais bonitos que já tinha visto. Conforme se aproximou viu o porto da ilha, assim como uma segunda opção um pouco mais escondida. Ouviu Pandora ao seu lado, porém seguiu para a praia deserta para ancoragem, seus rostos eram conhecidos sem máscaras também

 

- Somos Libertadores acima de Spades, estamos nessa organização de mercenários como infiltrados e se descobrirem isso eles nos matam imediatamente como já tentaram fazer antes, não esqueça isso, Pandora. Após aporta na pequena ilha, se preparou para o clima procurando roupas mais quentes, optou por um sobre tudo e o fechou. - Também temos recompensa por nossas cabeças sem as máscaras. Melhor evitar problemas. 

 

Antes de pisar na areia já sentiu a presença dele, olhou para a direção de sua aura e começou a andar - Por aqui, ele já chegou. 

 

X787trZ_d.webp?maxwidth=760&fidelity=gra

There was nothing to fear and nothing to doubt.

Link to post
Share on other sites

2° Turno

 

Angus conduzia o quarteto bem agasalhado pelas areias esbranquiçadas enquanto deixava a embarcação bem escondida para trás, por que o local era clichê e pedia por isso. Aos passos que saiam da areia, começavam a encontrar o chão branco advindo da neve, tal solo era todo irregular com diversas pedras e não continha um caminho "marcado" a ser seguido. Seja como for, o navegador sabia onde estava indo e avisará sua dupla. Estavam a uma meia distância do pé de um das montanhas enormes da ilha e a visão mal mudava entre pedras cinzas e neve branca, dentro dessa visão monótona uma figura saia de trás de uma rocha e encarava os protagonistas. 

 

- Chegaram antes do que eu imaginava. - A figura que pronunciava de modo sério, se aproximava lentamente até que toda sua fisionomia ficasse aparente. Era o mestre de ambos que diferente da imagem estava apenas com o kimono fechado e um tecido felpudo por cima. - Vejo que suas habilidades como navegador continuam afiadas. Já você... Pandora, notei as espadas diferentes, finalmente pronta pra aprender um estilo mais harmônico? HAHA - Falava enquanto mostrava um sorriso sincero antes de desviar os olhos para Hime. - Mas quem é a companhia adorável de vocês? - A dupla mal teve tempo para responder já que a própria Hime folheava seu caderno e apontava para o samurai. "Me chamo Clarice Hime, Princesa de Shell Of Eernity, Prazer em conhece-lo(a)" - Fazia uma pequena pausa enquanto voltava a folhear o caderno. "Sophie e Angus me salvaram, por assim dizer, e estou viajando com eles até poder voltar pra casa." 

 

Talvez a personalidade amena de Albert havia feito a guria tomar frente e se apresentar ou estava mais decisiva em deixar de ser tímida e por isso tinha escrito frases que pudesse usar de maneira rápida, seja como fosse a reação que teve do homem não foi das melhores, nitidamente o homem resguardou seu sorriso seguido de um breve silêncio, apenas indicando com o dedo para ser seguido e começando a andar pela neve. Após a rocha, o começo da montanha se iniciava mas de forma diferente, diversos caminhos começavam a aparecer como se fossem um labirinto de jardim, só que maior e feito de gelo e rocha. O caminho era estreito e fazia os mesmos andarem numa fila indiana, com Albert e Angus um pouco mais a frente e as duas garotas para trás. O momento era perfeito para uma cabisbaixa Hime chamar a atenção de pandora mostrando seu caderno de comunicação. "Fiz alguma coisa errada em me apresentar? Não tinha a intenção de causar problemas..." De fato ela estava falando a verdade mas não ponderou pra quem estava se apresentando, acabou deixando se levar por uma primeira impressão boa. Já os dois mais a frente andavam em silêncio até que o samurai começava a falar ainda olhando para frente. 

 

- Podem me dizer o que fazem com uma princesa de um reino inimigo? Trabalho da Spades? Estamos chegando no nosso esconderijo e preciso saber até onde ela é confiável para saber sobre a missão. - De modo sério esperava pelas respostas. 

 

Pouco tempo depois de entrar no labirinto gélido, Albert parou seus passos, fazendo com que todos parassem próximos da entrada de uma caverna, que estranhamente emitia uma fraca luz rosa. Na entrada o homem esperava as respostas para adentrar a caverna mas sem formar nenhum clima tenso. Antes mesmo de entrar, Angus notaria uma aura tão forte quanto a do seu mestre dentro da mesma. 

  • Like 2

6dc.gif

Link to post
Share on other sites

hG52l2h.png

 

- Hahahahaha - riu gostosamente, com sinceridade - Não me inclua nessa, quem se infiltrou foi você, Eliza, Sophie e Aurora e por isso não espere cooperação se for algo para prejudicar MINHA Spades. Mas não se preocupe meu caro, estamos subindo na organização e ganhando respeito, no momento em que formos uteis demais para sermos descartados, será quando faremos um acordo, deixamos isso para o futuro contudo. - Pandora não se importava realmente com o caminho que iriam tomar, portanto deu de ombros a escolha de Angus, logo seus pés estavam pisando na areia fofa e esbranquiçada de Yamakakushi.

 

Mesmo entendendo a situação, não se sentia muito bem em participar tão ativamente de uma missão da Liberatores, então conforme iam andando com o amigo liderando-as, sua motivação baixava cada vez mais. A única possibilidade de resgate seria Elizabeth, mas ela não aceitaria vir se não fosse realmente necessário, portanto acabava por encarar toda a excursão como um treino... uma prática que batia cada vez mais em sua cabeça, e as ideias começaram a surgir. Quando mal notou haviam chegado no pé de uma das montanhas e uma voz nostálgica soou para os viajantes.

 

- SENSEI! - gritou, dando um belo sorriso, estava diante das únicas pessoas capazes de identificá-la só com um olhar. Era família. Mas não o respondeu de bate e pronto, afinal ele acabou interagindo com Hime, com uns olhos meio curiosos, Pandora se curvou um pouco para ler o caderno da amiga e depois que o clima pesou, tentou consertar - Tá difícil encontrar facões bons no mercado, ai acabei de trocar por espadas, mas estava pensando em algo a mais... Bom depois detalho isso he he... - o tom era um pouco tenso e a falta de carisma claríssima, com Aurora a situação seria muito menos pior. Aos poucos Pandora começava a ficar com raiva de Eliza por fazer merda.

 

O cenário era diferente e interessante, mas a tensão fazia com que não pensasse muito nisso e se concentrasse para reverter o quadro - Não se preocupe com o mestre - sorriu confiante para tentar confortar a menina - Deve ter alguma parada política, mas logo ele vai saber que você é confiável, relaxa - ela já falava em tom baixo para os outros não ouvirem, mas se aproximou ainda mais falando quase sem voz, afinal Hime lia os lábios - Assim como Angus, ele também é família - faria van diesel ficar orgulhoso,

 

A indagação do homem era esperada, afinal assim como ele conhecia a dupla muito bem, a dupla o conhecia igualmente. Mas mesmo assim ia falar com intensidade, portanto deixou que Angus cuidasse disso num primeiro instante, antes de começar a debochar do modus operanti dos rebeldes. De todo modo, em algum local do labirinto, pararam em frente a uma caverna tampada, não sentia mais o clima tenso - uma das razões a qual havia passado a bola para Angus - portanto apenas aguardou enquanto pegava na mão de Hime. Não iria avançar sem ela.

 

Paralelamente a tudo isso, Malaquias estava visivelmente incomodado com o frio, e a prova foi a falta de vontade em interagir com o homem novo. Pandora também não reparou no comportamento do papagaio, afinal muita coisa estava em sua mente. Talvez dentro do recinto encontraria mais calor.

QzZDJgI.png

 

 

Link to post
Share on other sites

A resposta de Pandora ficou em sua cabeça, mesmo não dando continuidade no assunto pois sabia que não levaria a nada além de uma discussão, não pode deixar de sentir um gosto amargo na boca juntamente com um mal pressentimento no peito. A fria caminhada continuou com Angus liderando em direção ao mestre da dupla, já estavam consideravelmente distantes da praia e mais próximos das montanhas em meio ao branco e cinza quando ele surgiu.

 

Aos olhos do habitante do céu, Albert não parecia sequer ter envelhecido um pouco, tampouco sua aparência havia mudado, estava apenas um pouco mais protegido para o clima da ilha assim como a dupla e Hime também.  - Sensei - Comprimentou o mestre com um breve sorriso que logo se foi, as boas vindas calorosas de Albert também se foi após Hime se apresentar com seu caderninho, Angus conseguiu ler o que Hime havia escrito e ao menos entendeu que seu professor conhecia a garota. Olhou para Pandora antes de seguir atrás de seu mestre. Seguiram pelo lugar do qual ele surgiu e logo o caminho se alterou, observou o novo cenário porém sem dar muita atenção, sua cabeça estava pensando na reação de Albert após a apresentação de Hime e o que aconteceria dali para frente.

 

Angus não confiava em quase ninguém,  isso era quase patológico, tanto que as únicas duas pessoas nas quais confiava sua vida estavam ali com ele e havia Hime também, Angus gostava da princesa e sua companhia era bem vinda, e após o tempo que passaram juntos se tornou natural para ele te-lá por perto, para ele a garota era uma boa menina, gentil e inofensiva, não sentia qualquer má intenção vinda dela, antes que percebesse seu círculo de confiança havia crescido.

 

- Nos encontramos em alto mar de um jeito inusitado e muito bagunçado e estamos viajando juntos desde então. Hime é de confiança, independente de onde ela seja, sensei. Posso garantir isso. 

 

Continuaram avançando por meio do labirinto branco gelo até chegarem a frente de uma caverna, seu Haki já o informando da presença tão forte quanto seu mestre dentro da caverna, enfim o motivo para serem chamados até ali seria explicado.

 

 

 

 

 

 

 

X787trZ_d.webp?maxwidth=760&fidelity=gra

There was nothing to fear and nothing to doubt.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.